Prefeitura de Simões Filho lança plataforma digital de serviços para Contribuintes


O plenário da Câmara foi aberto na manhã desta sexta-feira (31), para o evento de apresentação do novo Sistema WEB para Contribuintes (SOLOS), intitulado de ‘Portal do Contribuinte’, lançado pela Prefeitura Municipal de Simões Filho, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz). Além da Sefaz, a nova plataforma digital integra um pacote de serviços públicos digitais de mais quatro secretarias, entre elas, Meio Ambiente (SEMMA), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Ordem Pública (Semop) e Vigilância Sanitária – ligada a Secretaria de Saúde.   “A gente via muitas pessoas, há anos atrás, reclamar da sua documentação que dava entrada e depois desaparecia, acabava a gestão e todos os processos da gestão desapareciam. Hoje, eu tenho certeza que esse sistema dará mais uma garantia a população de Simões Filho na sua documentação e nas solicitações que são feitas ao Poder Executivo e não vai ter ninguém vendendo dificuldade para encontrar facilidade”, comentou Orlando, que, inclusive, sugeriu para o sistema a disponibilização do carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em formato digital para impressão pelo contribuinte.

Representando o prefeito Diógenes Tolentino, o vice-prefeito Sid Serra, ressaltou que esta é nova ferramenta WEB que visa facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços ofertados pela Sefaz e diversas secretarias da gestão. “A Sefaz vem investindo em sistemas e equipamentos para que o município venha aumentar a sua arrecadação e, com esse direcionamento que vem sendo tomado mesmo no momento de pandemia, todo esse trabalho constante de responsabilidade fiscal e tributária são importantes para resultar em algo benéfico para a cidade. Esse sistema vai deixar a gestão muito mais eficiente no que diz respeito à arrecadação e ao controle e Simões Filho só tem a ganhar”, disse Sid, que também destacou os esforços do Executivo no combate e enfrentamento ao Coronavírus e na retomada da economia com a volta do funcionamento do comércio para superar a crise provocada pela pandemia da Covid-19.

De acordo com o que explicou o secretário Carlos Roberto de Carvalho, a plataforma administrada pela Sefaz integra os serviços de mais quatro secretarias municipais, entre elas, Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA), Desenvolvimento Urbano (Sedur), Ordem Pública (Semop) e Vigilância Sanitária, esta última ligada a Secretaria de Saúde. O novo sistema será disponibilizado aos contribuintes a partir do dia 3 de agosto.

“A Prefeitura dá o pontapé inicial para a digitalização dos seus processos. É uma nova era, é um atendimento de ponta que nós estamos ambiciosamente querendo implantar, pois a preocupação da Prefeitura é de se inserir no mundo digital, pois o mundo digital está ai e a gente não pode fugir dessa realidade. A Sefaz está a cada dia se equipando para proporcionar conforto aos contribuintes”, garantiu.  “Inclusive, esse programa vai facilitar a vida dos contadores, porque nós vamos ter visibilidade de todas as empresas e todos os contribuintes na cidade”, comentou Roberto.

Conforme o novo secretário de Meio Ambiente, Alberto Souza da Silva, a ferramenta tem como objetivo principal tornar mais célere as respostas, não só da secretaria da Fazenda, como das demais secretarias que irão trabalhar em conjunto com a Sefaz nas solicitações dos contribuintes, como por exemplo, licenciamentos e recadastramento de IPTU, que segundo o titular da pasta, serão mais rápidos através da ferramenta. “Essa ferramenta vai nos dar essa possibilidade e já está sendo usada em outros municípios onde já deu resultado e em Simões Filho esse sistema vai tornar mais céleres as respostas que serão de forma integrada para a melhoria da arrecadação do município”, acredita o secretário.

Durante o lançamento, os parlamentares e os demais presentes conferiram os principais detalhes apresentados pela equipe de Tecnologia da Informação (TI) que desenvolveu a plataforma WEB onde o cidadão poderá acessar a partir de qualquer dispositivo conectado à internet uma ferramenta simples, rápida e segura disponibilizada de forma gratuita que oferece um pacote de serviços digitais ofertados pela Sefaz e mais quatro secretarias, conforme  a necessidade do contribuinte, com melhor acesso, mais interação, facilidade, praticidade e agilidade nos processos administrativos, fiscais e tributários nesta era digital através de uma nova tecnologia que trabalha a serviço do município.

“O sistema é bom para o atendimento de empresas. O que eu espero do sistema é a agilidade do processo. Hoje, o processo de abertura de empresa facilitou muito com as ferramentas tecnológicas que nós temos, não só a nível federal, municipal, mas também as tecnologias de empresas privadas. O que a gente espera é agilidade no atendimento. A burocracia, apesar de ter melhorado, é ainda muito grande no sentido de você abrir uma empresa e baixar uma empresa. A gente espera que o sistema venha com essa facilidade de nos ajudar no processo de abertura, de operação e de extinção de empresas”, salientou Canjirana, que relatou o fechamento de mais de 700 mil empresas no Brasil em razão da pandemia.

Por: Rafael Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *