Simões Filho registra mais 1 óbito por coronavírus e número chega a 115; cidade confirma 34 novos casos em 24h


Simões Filho registra 6.728 casos da Covid-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (17). O poder público municipal segue alertando a população acerca da importância das medidas preventivas como lavar as mãos com água e sabão ou uso de álcool gel 70% e máscara de proteção individual.

Ainda de acordo com o Boletim Epidemiológico, 8.022 (oito mil e vinte e dois) casos suspeitos foram descartados, 219 (duzentos e dezenove) aguardam resultado do exame, 6.518 (seis mil, quinhentos e dezoito) casos já estão recuperados da doença e 115 (cento e quinze) vieram a óbito.

Os últimos casos confirmados foram:

CENTRO: 1 feminino e 3 masculinos (isolamento domiciliar);

CESAR BORGES: 2 masculinos (isolamento domiciliar);

CIA 1: 2 femininos e 3 masculinos (isolamento domiciliar);

CRISTO REI: 1 masculino (isolamento domiciliar);

EUCALIPTO: 1 feminino e 1 masculino (isolamento domiciliar);

ILHA DE SÃO JOÃO: 1 feminino (isolamento domiciliar);

KM 25: 2 femininos e 1 masculino (isolamento domiciliar);

KM 30: 2 femininos (isolamento domiciliar);

PITANGUINHA: 2 femininos e 1 masculino (isolamento domiciliar);

PONTO PARADA: 4 femininos (isolamento domiciliar) e 1 masculino (isolamento domiciliar);

LOTEAMENTO SÃO MIGUEL: 1 masculino (isolamento domiciliar);

SIMÕES FILHO 1: 2 femininos e 3 masculinos (isolamento domiciliar).

O óbito registrado neste boletim trata-se de caso já notificados anteriormente, caso 3547, paciente do sexo masculino (52 anos, morador do CIA 1 e possuía hipertensão e diabetes), estava hospitalizado em UTI da rede estadual.

CIA 1- 1.026; CIA 2 – 526; SIMÕES FILHO 1 – 378; KM 25 – 469; ILHA DE SÃO JOÃO – 142; MAPELE – 135; VIDA NOVA – 217; COTEGIPE – 29; EUCALIPTO – 235; ESTRADA DE CANDEIAS – 115; COVA DA GIA – 30; GOES CALMON – 102; SÃO MIGUEL – 18; QUILOMBO RIO DOS MACACOS – 10; GUERREIRO – 2; PITANGA DE PALMARES – 30; CENTRO – 683; PITANGUINHA – 675; CESAR BORGES – 134; KM 30 – 310; PARQUE CONTINENTAL – 162; PONTO PARADA – 576; ARATU – 96; SANTO ANTÔNIO DO RIO DAS PEDRAS – 174; JARDIM RENATÃO – 50; PALMARES – 91; CRISTO REI – 177; SANTA ROSA – 47; ENGENHO NOVO – 77; SÃO JOSÉ – 5; SANTA LUZIA – 5; DANDÁ – 2.

Prefeitura informa mudanças no trânsito a partir desta segunda (21)


A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria de Governo e Superintendência de Trânsito (Supertrans), com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), informa que para garantir a segurança da população, em meio a mais uma etapa das obras de reforma e ampliação do mercado municipal e do novo complexo viário, o trânsito da região será modificado temporariamente. As modificações passam a valer a partir desta segunda (21/06).
Confira as alterações:
1 – O ponto de ônibus que fica em frente ao mercado municipal será transferido para o lado da Escola Municipal de Simões Filho, próximo ao Hotel Malibu;
2 – A Avenida Rui Barbosa, trecho de ligação do Hotel Malibu até a Praça da Bíblia, passa a ser mão única.
As obras:
O novo Mercado terá espaços para cada segmento de atividade, proporcionando mais conforto, comodidade e fortalecendo a economia e em paralelo, a Prefeitura Municipal realiza a construção do Complexo Viário, no entorno do novo Mercado.
O novo complexo viário contempla as Avenidas: Eng. Walter Aragão de Souza, Washington Luiz, Luís Eduardo Magalhães, além da nova via que liga a Av. Engenheiro Walter Aragão ao Loteamento Sol Nascente (via marginal ao Atacadão).

Desligamento programado: Ponto Parada receberá manutenção da rede de eletricidade 


A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP), informa que no dia 22.06 (terça-feira), das 08h30 às 16h30, acontecerá o desligamento programado da energia elétrica no Ponto Parada.

A iniciativa, que visa promover a manutenção preventiva e corretiva da rede de eletricidade da localidade, acontecerá na rua Marechal Hermes de Fonseca e também na Travessa Marechal Hermes.

A medida faz parte de um conjunto de ações que visam a melhorias na oferta dos serviços, além de proporcionar mais conforto e segurança aos simõesfilhenses.

Simões Filho: Prefeitura alerta para importância da aplicação da segunda dose contra Covid-19


A Prefeitura de Simões Filho, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), orienta que idosos e demais públicos-alvo imunizados com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, devem ficar atentos à data para aplicação da segunda dose do imunizante para concluir o ciclo vacinal.

“Pedimos que as pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina fiquem atentas à data de conclusão do ciclo vacinal. A segunda dose é importante e a eficácia prometida foi determinada a partir de estudos, levando em consideração a aplicação das duas doses. Além de aumentar a proteção contra a Covid-19, a segunda dose ajuda a prolongá-la”, destaca a secretária da Saúde, Iridan Brasileiro.

Para aplicação da segunda dose, é necessário levar CPF, cartão SUS e o cartão de vacinação onde foi registrada a primeira dose. Aplicação da dose de reforço nesta semana continua sendo realizada no Centro Social (Sedesc – Centro), das 08h às 14h.

Em Simões Filho, a vacinação segue em conformidade com as orientações do Ministério da Saúde e os Planos Nacional e Municipal de Imunização, além de atender as recomendações da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Prefeito Dinha participa de ato que marca lançamento da 2ª edição da Campanha do Agasalho


Com a proximidade de um dos períodos mais frios do ano, a Prefeitura de Simões Filho, por iniciativa da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPM) e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher – Nilda Fiúza (CRAM), lançou nesta quarta-feira, 16, a 2ª edição da Campanha do Agasalho, ação que conta com o apoio da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (22ª CIPM) para promover a solidariedade e atender a mulheres e famílias em situação de violência e/ou vulnerabilidade social assistidas pelo município.

 Durante o ato que marcou o lançamento da 2ª edição da Campanha, o prefeito Diógenes Tolentino, ao lado do Major da PM, Alan Costa, do vice-prefeito, Sid Serra, e da secretária de Políticas para Mulheres, Andrea Almeida, destacou a parceria da 22ª CIPM, a importância da ação e reafirma, mais uma vez, o compromisso e demonstração de solidariedade do governo municipal em participar de iniciativas que visam dar assistência aos munícipes no sentido de minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19 que têm afetado, sobretudo, à população mais carente de Simões Filho que está passando por mais dificuldades, para garantir condições mínimas de vida nesse momento.

“Em ação conjunta, a Prefeitura e a 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) iniciaram a arrecadação de roupas, agasalhos e cobertores para realizarmos a doação aos que mais precisam. Mais uma ação que vem para fortalecer a política social do município. Vamos juntos dar as mãos e fazermos uma linda campanha”, mobilizou Dinha.

Solidariedade

Como acontece desde a 1ª edição, a ação visa arrecadar roupas, calçados e cobertores para doação às famílias e pessoas em situação de vulnerabilidade do município. Apesar do ato oficial, a Campanha do Agasalho arrecada e distribui durante o ano todo, porém as arrecadações se intensificam durante as épocas de mais frio.

As doações podem ser feitas por qualquer pessoa, empresa ou comunidade nas caixas de coleta específicas da ação já preparadas e instaladas na sede da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e no próprio CRAM (Centro Social), tudo para que os interessados em doar roupas e cobertores em bom estado de conservação tenham a facilidade de dirigir-se ao ponto de coleta indicado e, mais uma vez, a colaboração da população é de extrema importância para o sucesso da campanha.

Os itens não precisam ser novos, mas devem estar em boas condições de uso. Além de mantas e cobertores, também é possível doar calças, blusas de frio, meias, gorros e calçados. Tudo que possa amenizar o frio, é bem-vindo.

As peças arrecadadas, como roupas e cobertores, serão higienizadas, separadas por itens e armazenadas adequadamente até serem encaminhadas para às famílias em situação de vulnerabilidade social assistidas pelas equipes.

Bolsonaro anuncia novo Bolsa Família de R$ 300


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, 15, que o novo Bolsa Família pagará R$ 300 em média para os beneficiários do programa. Em entrevista à SIC TV, afiliada da TV Record em Rondônia, ele citou que a inflação de produtos que compõem a cesta básica ficou “em torno de 14%”, e alguns itens chegaram a subir 50%.
“O Bolsa Família, a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro, para sair de média de R$ 190, um pouco mais de 50% seria (o aumento), para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui”, disse o presidente.
O valor é maior, contudo, do que está sendo gestado dentro do próprio governo. Nesta segunda-feira, o Estadão apurou que o valor médio do benefício deve ser em torno de R$ 250.
Na entrevista, Bolsonaro afirmou que hoje “está na casa dos 18 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família” (na verdade, são 14,7 milhões, segundo dados de maio do Ministério da Cidadania) e ponderou que se trata de um número “bastante grande”.
“Pesa para a União, mas nós sabemos da dificuldade da nossa população. Então a equipe econômica já praticamente bateu o martelo nesse novo Bolsa Família a partir de dezembro, de R$ 300 em média”, reafirmou.
Bolsonaro disse ainda que o auxílio emergencial deve ter uma prorrogação de “mais duas ou três parcelas” de R$ 250 em média e que a medida precisa ser feita “com responsabilidade”.

Hospital Municipal de Simões Filho já realizou mais de 330 partos em 90 dias; diz Fabamed


Com mais de 330 partos realizados nos últimos três meses, o Hospital Municipal de Simões Filho, que é administrado pela Fundação Fabamed, tem sido para as gestantes residentes na Região Metropolitana em virtude do acolhimento e atendimento humanizado.

A diretora do hospital e da Fundação Fabamed, Cláudia Carvalho, explica que “o tratamento humanizado ocorre durante toda a jornada da gestante – da gestação ao pós-parto, sempre com o olhar nas necessidades da paciente e em ações concretas e coerentes baseadas em evidências científicas”, afirma a gestora.

O Hospital Municipal de Simões Filho segue os protocolos do Ministério da Saúde no que tange a assistência materno-infantil, privilegiando o bem-estar da mulher e de seu bebê. “Buscamos ser o menos invasivo possível, garantindo às mulheres e às crianças vivenciar a experiência da gravidez, do parto e do nascimento com segurança e dignidade”, ressalta Cláudia Carvalho.

Bolsonaro prevê novas parcelas de auxílio emergencial e aumento no Bolsa Família


O presidente Jair Bolsonaro confirmou na noite da última terça-feira, 15, que o Ministério da Economia está estudando o pagamento de “mais duas ou três parcelas” do auxílio emergencial após o fim da rodada atual, que termina em julho.

Em entrevista à SIC TV, afiliada da RecordTV em Rondônia, o presidente afirmou que o pagamento terá um valor médio de R$250 e que baterá o martelo após reunião com os ministérios da Saúde e da Cidadania, que gere o programa. Segundo a equipe econômica do Planalto, o custo estimado para a renovação do programa por 3 meses é de R$ 27 bilhões.

Ainda de acordo com Bolsonaro, a medida antecipará uma repaginação do Bolsa Família, que poderá ter um aumento de 50% em dezembro e passará de R$190 mensais para R$300, contemplando cerca de 18 milhões de famílias.

“No tocante ao Bolsa Família, tivemos uma inflação durante a pandemia no tocante aos produtos da cesta básica em torno de 14%, você teve item que subiu até 50%, sabemos disso daí. A a ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro. Passaria de, em média, R$ 190 para R$ 300. É isso que está praticamente acertado aqui”, afirmou.

A tarde

Simões Filho confirma mais um caso de morte por coronavírus; cidade contabiliza 30 novos casos


Simões Filho registra 6.669 casos da Covid-19, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta terça-feira (15). O poder público municipal segue alertando a população acerca da importância das medidas preventivas como lavar as mãos com água e sabão ou uso de álcool gel 70% e máscara de proteção individual.

Ainda de acordo com o Boletim Epidemiológico, 7.959 (sete mil, novecentos e cinquenta e nove) casos suspeitos foram descartados, 227 (duzentos e vinte e sete) aguardam resultado do exame, 6.443 (seis mil, quatrocentos e quarenta e três) casos já estão recuperados da doença e 113 (cento e treze) vieram a óbito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os últimos casos confirmados foram:       

CENTRO: 3 femininos e 1 masculino (isolamento domiciliar);

CESAR BORGES: 2 femininos (isolamento domiciliar);

CIA 1: 5 femininos e 2 masculinos (isolamento domiciliar);

CIA 2: 1 feminino e 1 masculino (isolamento domiciliar);

ESTRADA DE CANDEIAS: 1 masculino (isolamento domiciliar);

EUCALIPTO: 1 feminino e 1 masculino (isolamento domiciliar);

KM 25: 1 feminino e 1 masculino (isolamento domiciliar);

KM 30: 2 masculinos (isolamento domiciliar);

PONTO PARADA: 1 feminino e 1 masculino (isolamento domiciliar);

SANTO ANTÔNIO DO RIO DAS PEDRAS: 2 masculinos (isolamento domiciliar);

SIMÕES FILHO 1: 1 feminino (isolamento domiciliar);

VIDA NOVA: 1 feminino (isolamento domiciliar).

O óbito registrado neste boletim trata-se de caso já notificados anteriormente, caso 6667, paciente do sexo masculino (73 anos, morador do KM 30, possuía hipertensão e doença renal crônica), estava hospitalizado em UTI da rede estadual.

CIA 1- 1.018; CIA 2 – 524; SIMÕES FILHO 1 – 374; KM 25 – 465; ILHA DE SÃO JOÃO – 139; MAPELE – 134; VIDA NOVA – 217; COTEGIPE – 29; EUCALIPTO – 231; ESTRADA DE CANDEIAS – 114; COVA DA GIA – 30; GOES CALMON – 102; SÃO MIGUEL – 17; QUILOMBO RIO DOS MACACOS – 10; GUERREIRO – 2; PITANGA DE PALMARES – 30; CENTRO – 677; PITANGUINHA – 671; CESAR BORGES – 132; KM 30 – 308; PARQUE CONTINENTAL – 161; PONTO PARADA – 567; ARATU – 95; SANTO ANTÔNIO DO RIO DAS PEDRAS – 172; JARDIM RENATÃO – 49; PALMARES – 91; CRISTO REI – 176; SANTA ROSA – 47; ENGENHO NOVO – 77; SÃO JOSÉ – 5; SANTA LUZIA – 5; DANDÁ – 2.

Empresário do ramo alimentício, vereador Itus Ramos defende legalidade da Zona Azul em Simões Filho: “sofri na pele”


Alvo de diversas reclamações por parte dos motoristas e pedestres, o sistema de Mobilidade Urbana de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), deve ter a maioria das suas exigências de trânsito atendidas este ano, após a Câmara aprovar o Projeto de Lei n° 017/2021, oriundo do Executivo Municipal, que autoriza a instituição ao Sistema de Estacionamento Rotativo Controlado Pago para veículos nas vias e logradouros públicos do município em áreas especiais denominadas de “Zona Azul” e dá outras providências.

Tema de diversas opiniões no âmbito do parlamento municipal, os vereadores, em especial, Itus Ramos, ao votar favorável ao projeto, destacou a importância da pauta ao enfatizar que Simões Filho não é mais uma cidade de pequeno porte.

“O Projeto de Lei é extremamente importante para o nosso município, afinal de contas, não somos mais uma cidade pequena”, afirmou Itus ao defender a proposta de Lei que autoriza o Executivo cobrar taxa de estacionamento em locais públicos.

“Somos uma cidade que tem se desenvolvido e crescido e, portanto, exige uma organização com coragem. Já não cabe mais práticas políticas que não visam a organização do nosso município e, como empresário há mais de 23 anos, sofri na pele. Quantas vezes às 7h da manhã, quando abria meu comércio, chegando lá, não havia mais estacionamento para descarregar mercadorias”, contou Itus ao falar das dificuldades enfrentadas como comerciante com a perda de clientes que, segundo ele, não conseguiam estacionar seus veículos para almoçar em seu restaurante localizado no Centro da cidade.

Ramos ainda revelou que os carros que estacionam no município não são da cidade. “Os de fora estacionam seus veículos em nossa cidade e só voltam à tarde ou à noite. Eu chegava no Mercado Municipal e o pátio estava todo tomado de veículos e, por isso, as pessoas que iam almoçar não tinham como estacionar seus veículos”, relatou.

Assim como os demais vereadores, Itus não deixou de dar o seu ‘pitaco’ contra os críticos de plantão. “Continuem, pois nós não vamos deixar de exercer nosso papel de vereador”, revidou o edil.