Homicídio, tentativa de homicídio e arrombamento foram registrados neste último final de semana em Simões Filho


O fim de semana voltou a ser considerado violento na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS). Entre os casos, estão  homicídio, tentativa de homicídio e arrombamento que foram registrados pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) entre o último sábado (07) e domingo (08).

Conforme divulgado pela SSP-BA, um adolescente de 16 anos foi encontrado morto no município, na manhã de sábado (7) com marcas de tiros. De acordo com a Polícia Militar, o corpo do adolescente foi encontrado depois que policiais da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram chamados para verificar o caso.

Ainda no sábado, um homem identificado como Edson de Jesus Coelho, 42 anos, funcionário de uma empresa que faz recapeamento asfáltico foi, segundo relato, surpreendido por um indivíduo que desferiu vários disparos de arma de fogo, atingindo a vítima no abdômen (transfixou as costas) e braço direito no momento em que se preparava para uma partida de futebol, em um campo na Pitanguinha Nova.

Ele foi socorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro CIA 1 e transferido para o Hospital do Subúrbio onde ainda não se tem informação sobre o estado de saúde da vítima.

Para finalizar o sábado violento, uma agência do banco Bradesco que fica localizada na Avenida Elmo Serejo de Farias (CIA), foi alvo de arrombamento, segundo a 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Simões Filho) por volta das 22h30, prepostos da central de monitoramento do banco Bradesco fizeram contato diretamente com a Central desta 22ª CIPM, informando que estava acompanhando em tempo real uma invasão à agência 3645, do aludido banco, situado na rua Elmo Serejo de Farias, em Simões Filho.

De imediato, guarnições da 22ª CIPM, com o apoio da Rondesp-RMS, se deslocaram até o local a fim de adentrar e realizar a devida varredura. Com a chegada dos responsáveis, foi constatado um buraco na parede lateral, vizinha a um comércio de construção civil, por onde, provavelmente, ocorreu uma invasão. No interior da agência, não foi identificado nenhum tipo de subtração ou arrombamento do cofre.

Os policiais militares isolaram a área e fizeram buscas na região à procura de suspeitos, mas ninguém foi encontrado.

Todos os casos foram registrados na 22ª Delegacia Territorial e serão  investigados pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *