Enem terá videoprova para candidatos com deficiência auditiva


Além de poder optar pelo auxílio de tradutores-intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de Leitura Labial, já disponibilizados em outras edições, os candidatos portadores de deficiência auditiva que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contarão com um novo recurso.

Neste ano, em caráter experimental, o exame trará uma novidade. Os participantes vão poder fazer a videoprova, que traduz, integralmente, para Libras o exame. É a primeira vez que o recurso é oferecido em 19 anos.

“O aluno vai fazer a prova na sua primeira língua”, diz Nanci Araújo Bento, professora de língua portuguesa como segunda língua para surdos na Associação Educacional Sons do Silêncio (Aesos).

Em uma sala separada, os participantes receberão um notebook e DVDs, nos quais estão gravados em vídeo um intérprete de Libras, dando as orientações da prova, os enunciados das questões e as alternativas. Ao final, o aluno marca as respostas, normalmente, no cartão-resposta.

O Enem 2017 será realizado em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro. No ano passado, a prova foi aplicada em um fim de semana (sábado e domingo, 5 e 6 de novembro). A modificação integra uma lista de novidades divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC) em março deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *