Com a desistência momentânea de Eduardo Alencar, Dinha X Jomar devem travar outra final em 2020


Há pouco mais de um ano para as eleições 2020, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), já acendem diversas discussões e circulam na cidade, possíveis nomes como pré-candidatos a prefeito para o próximo pleito municipal.

Atualmente, a cidade é administrada pelo prefeito Diógenes Tolentino que na eleição de 2016, cravou uma esmagadora votação à frente do seu adversário político com mais de 35 mil votos, tendo mais que o dobro, em número de votos em relação ao segundo colocado o empresário Jomar Paraki. No pleito, Paraki teve quase 17 mil votos.

Tudo indica que nas próximas eleições, a batalha poderá se repetir entre Dinha x Jomar, mas vale destacar que será uma verdadeira guerra política, já que o ex-prefeito, Eduardo Alencar perdeu forças e lideranças no município de Simões Filho e deve apoiar o empresário na tentativa do seu grupo político conquistar a prefeitura.

Diante da péssima repercussão e descontentamento de aliados e lideranças que “não querem nem mais ouvir o nome de Eduardo Alencar”, como é o caso de um dos ex-aliado, que disse que ‘teve seus sonhos roubados’.

Nos bastidores da política local, as informações a cada dia se reforçam no sentido de que Eduardo Alencar não vai disputar a prefeitura e junto com Edson Almeida, vai apoiar o empresário Jomar Paraki como cabo eleitoral.

Outra informação que circula nos bastidores dá conta que Eduardo, atual deputado estadual, tem a intenção de pleitear uma cadeira no Congresso Federal em 2022.

Nesse sentido ficam vários questionamentos. Será que a população simõesfilhense pode apostar em um novo ou permanece como está? – O atual prefeito (Dinha Tolentino), já está chegando ao final de seu mandato e tem uma avaliação positiva e, consideravelmente, poderá lograr êxito com sua reeleição.

O site “Mapele News”, atendendo a diversos pedidos de líderes políticos da cidade, pautou a reportagem citando os dois principais nomes que estão sendo divulgados como possíveis pré-candidatos na cidade nas eleições de 2020.

A equipe de reportagem tentou entrar em contato com o empresário Paraki para confirmar à sua pré-candidatura, mas até o fechamento da matéria, não tivemos êxito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *