Conheça o perfil do pré-candidato a prefeito em Simões Filho Jomar Paraki. ‘Empregabilidade’


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/conheca-o-perfil-doconheca-o-perfil-do-pre-candidato-a-prefeito” ][/soundcloud] Em 2016, os eleitores elegerão os novos representantes da política municipal. Visando dar oportunidade para que os simõesfilhenses conheçam o perfil e as propostas, a reportagem do ‘Mapele News’ entrevistou alguns pré-candidatos ao Executivo que revelaram sobre os setores que pretende concentrar investimentos caso seja candidato e eleito nas eleições de 2 de outubro. Com um perfil técnico, um dos que mantém sua pré-candidatura é o empresário Jomar Requião, conhecido como Paraki.

Jomar Paraki tem 62 anos de idade, é casado e tem duas filhas, uma médica e uma dentista. O pré-candidato é natural da cidade de Jacobina.

Trajetória

Há cerca de 25 anos no município de Simões Filho, de acordo com Jomar Paraki ao longo da sua história têm sido um homem de sucesso no que se refere à ampliação de emprego e deseja avançar com a geração de emprego e renda; buscando parcerias para o avanço da empregabilidade.

Após construir sua empresa no município de Dias D´Ávila, a Corbegal, o empresário um dia passando pela BA-093 vendo um terreno às margens da rodovia teve uma visão de implantar uma filial, hoje Posto Paraki.

Atualmente o complexo de empresas existentes no empreendimento gera cerca de 1.000 empregos diretos, distribuídas por mais de 100 empresas.

Contribuição

“Penso em trazer empresas e aumentar mais ainda a questão do emprego tão necessário, porque aumenta a geração de renda e a idéia é criar um pólo industrial, comercial e logístico para construir uma cidade melhor”, declarou.

O pré-candidato garante que está com ‘gás’ e o desejo aflorado na disputa ao cargo de prefeito, algo que o incentivo de pessoas e comunidades, segundo ele, vem lhe dando forças e faz questão de deixar claro. “Sou do grupo do prefeito e acredito que até o início do mês de abril a perspectiva é que tudo esteja definido”.

Pré-candidatura a prefeito 

O incentivo de funcionários e amigos foi analisado por ele, como ‘voz e vez’ para que tomasse a decisão de atuar na gestão pública, após sua parcela de contribuição e responsabilidade social em gerar emprego e renda no município de Simões Filho.

Outra satisfação é o título conquistado pela Câmara de Vereadores da cidade que tem muito orgulho.“Recebi o título de cidadão simõesfilhense e a partir daí o meu nome pegou força e em todos os bairros que visito percebo o carinho e o apoio das pessoas que aprovam o meu nome para ajudar Simões Filho a crescer cada vez mais”, garantiu o pré-candidato.

Eduardo Alencar 

“Sou pré-candidato a prefeito e caso for da vontade da população e do grupo do prefeito, estarei à disposição”, afirmou Jomar que garante que a sua linha é fazer uma política limpa e acredita que seu grupo político tem os melhores quadros para o município avançar.

Oposição 

O empresário confirmou que prefere não atacar o grupo opositor e ressalta que respeita a linha e o papel da oposição. Segundo ele, o país é democrático e quem julga é a população.

A prioridade é ouvir a população para trabalhar no sentido de melhorias e não criar situações polêmicas. “As soluções são nossas prioridades”, declarou.

Em entrevista, Jomar Paraki afirmou que respeita a linha do grupo da oposição, mas descartou qualquer possibilidade de marchar com o pré-candidato Diógenes Tolentino.

Sobre o pré-candidato César Diesel fez uma breve avaliação. “Ele pode vir para o grupo, mas até o momento não há uma formação de chapa com ele. Acredito que o César no final vai apoiar o grupo do prefeito Eduardo Alencar e caminhar junto conosco”, afirmou.

Crise no país e no município

Sobre a crise que o país enfrenta, o empresário considerou como uma das mais ‘graves crises do mundo’, mas novamente avaliou que sua contribuição e sucesso na iniciativa privada; são atributos para contribuir também com a gestão pública.

“Quero avançar com a empregabilidade, o social e melhorar a infraestrutura da cidade deixando um legado de exemplo que aqui passou um empresário voltado às preocupações com o trabalho e o social”, revelou o pré-candidato que tem tradição política na família.

“A experiência durante esses anos comprovam os desafios enfrentados e tenho certeza que com proatividade, equilíbrio e responsabilidade com a gestão pública nós vamos sair vencedores dessa crise. Eu volto a dizer é prioridade minha ampliar e buscar parcerias para o desenvolvimento econômico na geração de emprego e renda na nossa cidade”, disse.

Perspectiva

Setores como esporte e social serão maximizados caso seja candidato do grupo e eleito.

“Os jovens precisam de uma ocupação e por outro lado favorece a saúde com uma vida mais sadia”. Jomar Paraki também afirmou que buscará ampliar com sua equipe técnica a possibilidade de trazer empresas que por alguma necessidade fecharam as portas no município de Simões Filho.

Site ‘Mapele News’ apresenta a partir desta segunda (14) o perfil dos principais pré-candidatos ao Executivo de Simões Filho


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/default-title” ][/soundcloud] Uma série de reportagens produzidas pela equipe do site ‘Mepele News’ vai mostrar a partir desta semana o perfil dos principais pré-candidatos ao Executivo de Simões Filho.

Do lado da oposição tem o Dinha Tolentino, já do lado da base governista, cinco nomes disputam a preferência popular e a escolha do prefeito Eduardo Alencar, além de pré-candidatos que optam por outra via que não se caracteriza como situação ou oposição.

A cada dia da semana apresentaremos o perfil de um pré-candidato e você leitor; terá a oportunidade de conhecer a breve trajetória de cada um deles; bem como questionamentos sobre a vida pública, o pensamento de como criarão defesas para ultrapassar a crise que se manifesta nos municípios, principalmente com o corte de verbas federais, a queda do FPM e quais setores da gestão pública terão os investimentos concentrados por uma melhor Simões Filho.

Entre os pré-candidatos, a partir desta segunda-feira a cada dia acompanhe o perfil do empresário Jomar Paraki, o que pensa o Presidente da Câmara Joel Cerqueira, o posicionamento do vice-prefeito Neco Almeida, o visionário secretário de Trânsito Denyson Santana, o veterano em serviços de saúde Dr. Francisco, um dos melhores secretários de saúde da Bahia, Dr. Alfredo Assis, entre outros como o pré-candidato do grupo da oposição, Diógenes Tolentino e o pré-candidato que diz que é oposição, mas não bate na situação, César Diesel

Acompanhe e conheça as mentes pensantes que tem a intenção de governar Simões Filho.

Mostra itinerante divulga filmes e grupos de culturas populares selecionados


Samba de Roda Brilhante de Irará foi selecionado | Foto: Divulgação

Foi divulgada, nesta terça-feira (8), a lista dos filmes e grupos selecionados para integrar a Mostra Itinerante de Culturas Populares, que acontece em Salvador, nos dias 30 e 31 de março e 2 de abril; em Santo Amaro, de 14 a 17 de abril; e em Itabuna, entre 12 e 15 de maio. No total, foram escolhidos nove grupos da Bahia e 22 curtas-metragens nacionais, sendo quatro baianos. O evento contará ainda com duas oficinas gratuitas, uma de formação em audiovisual e outra sobre conhecimentos e técnicas culturais. A programação completa pode ser acessada no site oficial da mostra.

Grupos selecionados:
1. Barquinha de Bom Jesus dos Pobres, de Saubara
2. Canastra Real: contos Em cantos, de Salvador
3. Mestre Lourimbau, de Salvador
4. Orquestra de Reggae de Cachoeira, de Cachoeira
5. Raízes Kiriris, de Araci
6. Rancho do Papagaio, de Saubara
7. Samba de Roda Brilhante de Irará, de Irará
8. Samba de Roda Raízes de Acupe, de Santo Amaro
9. Unidos pela Periferia, de Santo Amaro

Filmes selecionados:
1. A mão que borda (Sergipe, 2014, 15 min.), de Caroline Mendonça
2. A noite mais curta (Distrito Federal, 2015, 19 min.), de Vinícius Fernandes e Bruno Goulart
3. A pedra que samba (Rio de Janeiro, 2015, 11 min.), de Camila Agustini e Roman Lechapelier
4. A Queima (Paraíba, 2013, 13 min.), de Diego Benevides
5. A última das Minas (Maranhão, 2015, 30 min.), de Larissa Figueiredo
6. As máscaras de Nilo (Bahia, 2015, 7 min.), de Murilo Deolino e Lorena Sales
7. Boi Na Linha (Bahia, 2015, 17 min.), de Arthur Dias
8. Bumba meu Jaraguá (Alagoas, 2015, 9 min.), de Ydá Pires, Roseane Monteiro, Lara Martiliano, Leonardo Jorge, Jéssica Patrícia da Conceição, Herbson Melo, Emerson Pereira, Amanda Madeiro e Amanda Duarte.
9. Caçadores de Assombração (São Paulo, 2015, 25 min.), de Gabriel de Paula e Jairo Neto
10. Carranca (Bahia, 2014, 11 min.), de Wallace Nogueira e Marcelo Matos de Oliveira
11. Caxias é lua (Maranhão, 2014, 22 min.), de Jesús Perez
12. Couro Tecido (Ceará, 2010, 19 min.), de Adriana Botelho
13. Dalva (Bahia, 2014, 29 min.), de Francisca Marques e Fabrício Jabar
14. Malha (Paraíba, 2013, 14 min.), de Paulo Roberto
15. Maria Macaca (Goiás, 2015, 15 min.), de Lázao Ribeiro
16. Megatron (Paraná, 2016, 15 min.), de Evandro D’Hipolito
17. O Pau da Bandeira (Ceará, 2012, 20 min.), de Augusto Pessoa
18. O Reinado Encantado de Caiana (Paraíba, 2012, 17min.), de Italo Jones Marinho
19. Samba é madeira (Rio de Janeiro, 2012, 1 min.), de Fernanda Vogas e Xabier Monreal
20. Temporal (São Paulo, 2014, 23 min.), de Caroline Neumann e Guilherme Agostini Cruz
21. Tiro, pólvora e canção: uma história contada (Sergipe, 2015, 30 min.), de Marla Galdino Silva
22. Xiri Meu “Eu Não Dou” (Maranhão, 2014, 19 min.), de Tairo Lisboa

Fonte: Bahia Notícias

‘Pré-candidato a prefeito Dinha Tolentino está cometendo crime eleitoral’, diz Presidente do PSDC de Simões Filho


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/pre-candidato-a-prefeito-dinha-tolentino-esta-cometendo” ][/soundcloud] O Presidente do Partido Social Democrata Cristão – PSDC, de Simões Filho, Paulo Pessoa procurou a equipe de reportagem na manhã desta segunda-feira (07), para fazer uma denúncia contra o pré-candidato a prefeito, Diógenes Tolentino e garantiu que o postulante está cometendo crime eleitoral ao divulgar pesquisa sem o registro, além de apresentar ‘fora do tempo’ um plano de governo nas comunidades com o ‘Pensa Simões Filho’. O líder do PSDC no município entrou com uma representação no Ministério Público e aguarda decisão da justiça.

Conforme declarações ouvidas pela reportagem, Paulo Pessoa revelou que o pré-candidato Dinha já foi notificado juntamente com sua equipe jurídica e PMDB, após ele protocolar a denúncia no Ministério Público Federal (MPF), que já entrou em contato para saber se o MP tem adotado providências sobre o caso.

“A oposição está cometendo crimes eleitorais que responderá perante a justiça e terá que pagar multa, porque a lei relata isso”, disse Pessoa.

Segundo o líder do PSDC, a princípio ele entrou com uma representação no MP contra pesquisas divulgadas sem registro pelo pré-candidato a prefeito e deixa claro que ‘para aqueles que infrigem a lei; cabem as sanções penais para que pague multa’.

“Ele [Dinha] terá que apresentar todos os documentos e se a pesquisa foi registrada, mas tenho certeza que não foi”, acrescentou Paulo Pessoa que ainda deixou claro. “Vou até o fim querendo o cumprimento da lei”.

Esclarecendo que recentemente protocolou aos altos da representação que está no MP, Paulo Pessoa disse que revelou na justiça que Diógenes Tolentino mesmo sendo notificado ‘continua cometendo deslizes infringindo a Lei Eleitoral’ e garantiu que os encontros realizados pelo pré-candidato a prefeito com o “Pensa Simões Filho” é uma apresentação de um Plano de Governo, que definem ações que serão realizadas caso ele seja eleito.

“Ainda não é o tempo determinado pela Lei para apresentar Plano de Governo e isso é a partir do mês de agosto”, afirmou Pessoa que ainda considerou como um ‘desrespeito a lei’. Dinha está fazendo ‘Campanha fora de época’ e isso fere a lei vigente. Eu vou exigir o cumprimento da lei e o respeito ao cidadão simõesfilhense”, disse o Presidente Municipal do PSDC.

Garantindo avançar com a denúncia, Paulo Pessoa repudiou as ações apresentadas nas comunidades pela equipe da oposição. “O momento agora é fiscalizar o Cartório Eleitoral, algo que Dinha não aceita mexer e não tem interesse, mas prefere andar pelos bairros da cidade enganando a sociedade local”, disse.

Ainda de acordo com ele, o candidato da oposição em Simões Filho poderá receber multa entre R$ 5 a 25 mil por antecipar a realização de pesquisas que não foram registradas e também por antecipar seu Plano de Governo antes do pleito eleitoral, cabendo assim sanções dentro da Justiça.

Comprovando sua denúncia, Pessoa fez sua avaliação. “É um ato falho e ele e os demais que estão acompanhando e querem agir à margem da Lei irão responder na Justiça”.

Ainda conforme o líder do PSDC, o MPF investiga também as ações do pré-candidato na sua página oficial no Facebook e revelou que o Dr. Francisco é o juiz eleitoral responsável para julgar o processo e dá as devidas punições dentro da lei.

“Tudo irá acontecer antes das eleições”, finalizou Paulo Pessoa.

Deputado Pastor Sargento Isidório avalia pré-candidatura a prefeito do Secretário de Transportes e Trânsito, Denyson Santana


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/nao-existe-oposicao-em-simoeslite” ][/soundcloud] O segundo Deputado mais votado da Bahia, Pastor Sargento Isidório, atualmente no Partido Republicano da Ordem Social (PROS), legenda da base do Governo do Estado; avaliou de forma positiva a pré-candidatura a prefeito do Secretário de Transportes e Trânsito, Denyson Santana, considerando como um ‘direito legítimo’, sobretudo, pela força de articulação política do pré-candidato. O parlamentar também esteve presente na Cerimônia de equipamentos no 10º Grupamento de Bombeiros Militar da Bahia, nesta quarta-feira (02), em Simões Filho.

“O Denyson Santana é um homem lutador e inteligente que com certeza deseja ver o povo de Simões Filho feliz”, afirmou o Deputado Estadual que exaltou a importância de Denyson Santana no PROS.

Em novembro do ano passado, Pastor Isidório se filiou ao PROS e consagrou a derrota do prefeito ACM Neto (DEM), que perdeu a sigla até então aliada para o governador Rui Costa.

Em entrevista ao ‘Mapele News’, o Deputado confirmou que após a visita de Denyson à Fundação Dr. Jesus, ele carrega um ‘pedaço do seu coração’. “O povo de Simões Filho é inteligente e merece um administrador com o mesmo perfil”, avaliou.

12809647_1686067648316059_646824469943054382_n

“É uma pessoa inteligente e se ele tem competência, humildade e gosta de gente; ele pode ser prefeito sim”, disse o Deputado Estadual sob um olhar visionário. “Na hora que o povo afirmar que é Denyson Santana, não tem prefeito que impeça; Eduardo Alencar tem mais que abraçar”, revelou.

“O pré-candidato pelo PROS, Denyson ‘vêm ajudando e dando luz ao grupo político e se ele não faz coisas melhores é porque ele ainda não é prefeito”, garantiu Pastor Isidório que esclareceu que sua decisão política necessita ainda ser articulada com Rui Costa.

O Secretário de Transportes declarou em entrevista que a ‘figura do Deputado é importante na Assembléia Legislativa e na cidade de Simões Filho, sobretudo, pela sua forma humilde e humanitária que são conduzidas por um trabalho sério na minimização das vulnerabilidades sociais.

De acordo com o pré-candidato a prefeito, a sua intenção é que o desenvolvimento do seu projeto para o município de Simões Filho amplie forças na consolidação de ideias sobre uma vida melhor para a população.

“Quero criar um conjunto de ações viáveis para a cidade sem adotar clichês, eu percebo a necessidade de investir no futuro e isso está na educação”, revelou uma das suas prioridades no plano de governo apontado com mais uma missão. “Quero implantar uma nova gestão pública em Simões Filho”.

O pré-candidato Denyson Santana é considerado um dos jovens de sucesso do município pela capacidade de articulação, mediação e observação; tendo como recente ‘vitória’ a ida do PROS para o grupo político do Prefeito Eduardo Alencar, sigla que era da oposição. Quanto ao perfil técnico como gestor público está a formação em mestre em administração e experiência profissional em diversos municípios.

BALANÇANDO OS PILARES: “Se o povo pedir, irmãozinho volta. Estou pronto e só depende do povo”, diz ex-prefeito Edson Almeida


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/balancando-os-pilares-se-o-povo-pedir-irmaozinho-volta” ][/soundcloud] “Caso haja uma extrema necessidade e se o povo pedir, estarei pronto pra voltar”, esclareceu o ex-prefeito Edson Almeida a respeito de informações que circulam na cidade sobre um possível alinhamento do seu grupo político na corrida pela vitória nas eleições de 2016.

Presente na Cerimônia de entrega de novos equipamentos pelo Governador Rui Costa; no 10º Grupamento de Bombeiros Militar da Bahia, nesta quarta-feira (02), ele que é conhecido como ‘irmãozinho’ de forma cautelosa afirmou que considera os pré-candidatos da base e que todos são vistos como ‘bons olhos’, mas quem decide é a vontade popular.

Afirmando está em uma situação regular quanto ao processo de improbidade administrativa, o ex-prefeito Edson Almeida garantiu que faz parte do grupo político do Senador Otto Alencar, do Prefeito Eduardo Alencar e Governador Rui Costa. “Sou subordinado ao grupo”, confirmou e garantiu que não pretende sair do PT.

De acordo com o ex-gestor que já administrou a cidade de Simões Filho por dois mandatos, os parâmetros para uma definição de uma possível candidatura será norteada caso as pesquisas comprovem a preferência pelo seu nome.

“Se o povo pedir, irmãozinho volta”, afirmou fazendo questão de deixar claro. “Ainda não estou deslumbrando essa situação e não sou pré-candidato”.

O PT já tem um pré-candidato, o Presidente da Câmara Joel Cerqueira e caso seja comprovada a candidatura de Edson Almeida pelo grupo, o sonho do parlamentar será interrompido, mas tudo indica que isso jamais será um problema para a Legenda.

Demonstrando sua opinião de forma franca e distante de está entre a ‘cruz e a espada’, o ex-prefeito revelou que não tem preferência entre o seu irmão Neco Almeida (PSD) e o Presidente da Câmara Joel Cerqueira (PT). “Fico do lado de quem o povo quer”, disse.

12803227_1686067221649435_2407324097824630018_n

“Edson Almeida é um dos melhores quadros que temos no PT e se ele estiver livre para ser candidato, a legenda não irá criar nenhuma dificuldade”, garantiu o Presidente Municipal Orlando de Amadeu.

Apesar do ex-prefeito deixar claro que é aliado do governo atual e que as decisões serão orquestradas pelos seus líderes, Orlando de Amadeu mais uma vez polemizou. “Quem decide o partido é o PT”.

A dinâmica da política revela que o tempo pode ‘separar e ajuntar’. Vale lembrar que caso fique definido o nome de Edson Almeida como candidato do grupo da base governista, ele concorrerá com um opositor que foi seu vice-prefeito, o pré-candidato Diógenes Tolentino.

Diz Jornal: Aliados de Rui e Neto polarizam candidaturas na RMS, Neco Almeida (PSD) e Joel Cerqueira (PT),


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/diz-jornal-aliados-de-rui-e-neto-polarizam-candidaturas-na-rms” ][/soundcloud] Com cerca de 2,5 milhões de eleitores, os municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), incluindo a capital, deverão ter, nas eleições municipais deste ano, disputas polarizadas entre os aliados do governador Rui Costa (PT) e do prefeito ACM Neto (DEM), virtuais concorrentes ao governo do estado em 2018. Uma das marcas do pleito em pelo menos sete dos 13 municípios da RMS, que representa um quarto do eleitorado da Bahia, será o retorno de ex-prefeitos à disputa eleitoral.

Camaçari é um deles. Com 153,5 mil eleitores, a cidade tem o deputado federal Luiz Caetano (PT), que comandou o município entre 2005 e 2012, como pré-candidato. O atual prefeito, Ademar Delgado (PT), rompeu com Caetano, seu padrinho político, e não irá se candidatar à reeleição. Ele deve migrar para o PCdoB, que já anunciou a pré-candidatura de Jailce Andrade, secretária de governo na atual gestão. Ambos os partidos compõem a base aliada do governador Rui Costa.

A oposição no município, por sua vez, lançou as pré-candidaturas do vereador Antonio Elinaldo (DEM) – que tem o apoio de ACM Neto e ganhou o reforço do PV na semana passada – e José Tude (PMDB), que também já foi prefeito de Camaçari.

Lauro de Freitas também terá o retorno da ex-prefeita Moema Gramacho (PT), que  lançou pré-candidatura e vai enfrentar o atual prefeito Márcio Paiva, do PP, partido do vice-governador, João Leão. Entre os aliados de ACM Neto, os pré-candidatos Chico Franco (DEM) e Gustavo Ferraz (PMDB), atual diretor de Habitação na prefeitura de Salvador.

Já em Candeias, a ex-prefeita Tonha Magalhães (DEM) lançou pré-candidatura e vai concorrer contra os aliados do governador no município. O atual prefeito, Sargento Francisco (PSD), deverá indicar, para o pleito, algum nome que compõe a gestão. Além disso, o secretário de Desenvolvimento Urbano do estado, Carlos Martins (PT), que concorreu ao cargo em 2012, também é pré-candidato.

Segundo o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, os partidos aliados estão debatendo as possíveis candidaturas em Candeias. Quem também deve entrar na briga é o vereador Doutor Pitágoras (PP), jovem médico que desponta como terceira via.

Em Simões Filho, os pré-candidatos Neco Almeida (PSD) – atual vice-prefeito e correligionário do prefeito Eduardo Alencar – e Joel Cerqueira (PT) – presidente da Câmara de Vereadores local – devem compor a chapa majoritária da base de Rui.

Do outro lado, Diógenes Tolentino (PMDB), mais conhecido como Dinha, desponta como principal concorrente. No município, especula-se que ele esteja de mudança para o DEM. A troca de partidos pode acontecer até o próximo dia 2 de abril, quanto termina o prazo legal para a filiação partidária.

Estratégias

Everaldo e o senador Otto Alencar, presidente estadual do PSD, concordam que os aliados ao governador Rui Costa devem manter a unidade. “Onde houver dois candidatos da base com potencial eleitoral, a disputa se dará de forma harmônica”, disse o presidente do PT.

Em casos como o de Candeias, onde pode haver dois candidatos da base aliada, Otto diz que não há problemas. “Estaremos na aliança, mas em alguns municípios haverá disputa, de forma harmônica. Bom seria se em todo município tivesse PT contra PSD”, afirmou.

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) diz que mesmo onde não serão apresentadas candidaturas, o partido irá participar do processo. “As conversas se iniciam agora e vão se  afunilar até as convenções. Vamos fazer de tudo para não dividir as oposições”, disse.

O deputado federal José Carlos Aleluia, presidente estadual do DEM, afirma que as pré-candidaturas do partido estão  sendo avaliadas na RMS. “Já temos algumas definições, como em Salvador, Camaçari e  Simões Filho. Estamos discutindo com os demais partidos”, disse.

Confira os aliados:

Aliados de ACM Neto

Salvador
ACM Neto (DEM)

Camaçari
Antônio Elinaldo (DEM)
José Tude  (PMDB)

lauro de freitas
Gustavo Ferraz  (PMDB) e
Chico Franco (DEM)

Simões Filho
Diógenes Tolentino, conhecido como
Dinha (PMDB/ DEM)

Candeias
Tonha Magalhães (DEM)

Dias d’Ávila
Alberto Castro (PSDB); Raimundinho da JR (PRB)

Aliados de Rui Costa

Salvador
Três do PT (Valmir Assunção,  Gilmar Santiago e Juca Ferreira); Alice Portugal (PC do B); Sargento Isidório (Pros); Edvaldo Brito (PTB)

Camaçari
Luiz Caetano (PT) e
Jailce Andrade (PC do B)

Lauro de Freitas
Márcio Paiva (PP – reeleição) e Moema Gramacho (PT)

Simões Filho
Neco Almeida (PSD) e
Joel Cerqueira (PT)

Candeias
Doutor Pitágoras (PP);
Carlos Martins (PT)

Dias d’Ávila
Jussara Marcia (PT)

Fonte: Atarde.

“Se o povo aceitar meu nome como está sendo ventilado eu serei o candidato do grupo de Eduardo Alencar”, afirma Jomar Paraki


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/nao-existese-o-povo-aceitar-meu-nome-como-esta-sendo-ventilado-eu-serei-o-candidato-do-grupo-de-eduardo-alencar” ][/soundcloud] Com a marca popular de ‘homem trabalhador’ e sempre declarando uma frase do Senador Otto Alencar (PSD-BA), de que ‘nada vence ao trabalho’, o vice-prefeito da cidade de Simões Filho, Neco Almeida avaliou como um ‘grande sucesso’ o empenho do empresário Jomar Requião com a ampliação de emprego para a cidade. Neco participou no final da tarde desta quinta-feira (25), da inauguração das três novas instalações do Centro Empresarial Paraki.

De acordo com o pré-candidato a prefeito Neco Almeida, o evento representou o ‘crescimento empresarial e comercial para o município de Simões Filho’; já que ele acompanha o trabalho desenvolvido pelo empresário Jomar Paraki desde 1997.

“Todo empresário de sucesso primeiro tem que trabalhar e Jomar têm essa marca de trabalhador”, avaliou o vice-prefeito que justificou sua participação. “É por isso que hoje prestigiamos o evento que com certeza é um empreendimento de grande magnitude para Simões Filho”.

Ainda de acordo com ele, não existe concorrência em relação ao pré-candidato Jomar Paraki que vêm sendo apontado como um dos nomes na sucessão do prefeito Eduardo Alencar.

“Não existe concorrência no partido e primeiro pensamos no povo da cidade. Se Jomar for escolhido pelo povo; estarei de prontidão como um soldado para sairmos vitoriosos para ‘Simões Filho continuar a crescer”, afirmou Neco que considerou à ‘ampliação de emprego e renda’ como uma grande força e contribuição do empresário.

Para a equipe do reportagem, o pré-candidato a prefeito Jomar Paraki disse que como ‘cidadão simõesfilhense’ o objetivo é avançar com o dever de trabalhar pela cidade. “Meu desejo é cada vez mais dobrar o meu trabalho; ampliando a geração de emprego para o povo se sentir seguro na minha administração”, assegurou.

“Se o povo aceitar meu nome como está sendo ventilado em todos os cantos de Simões Filho; eu serei o candidato do grupo de Eduardo Alencar”, confirmou em exclusividade ao ‘Mapele News’ o pré-candidato Jomar.

O entendimento de que ‘tudo é possível na política’ foi abordado pelo empresário na perspectiva de uma possível composição de chapa entre ele e o vice-prefeito Neco Almeida. “Eu jamais discordaria dessa situação; até mesmo porque Neco é meu amigo”, revelou Paraki.

De acordo com o empresário a expectativa é ampliar mais ainda a geração de emprego e renda na cidade e mais ‘forte do que a crise’ em 2017 inaugurar mais 140 mil metros para ampliação da área de logística.

A inauguração das três novas instalações conta com uma nova pista para dá mais velocidade aos carros e clientes que tem acesso ao Posto Paraki, além de uma lanchonete com serviços diversificados, padaria, comida japonesa e a nova sede administrativa que ainda de acordo com o empresário; possibilitará mais conforto aos colaboradores.

Pré-candidato a prefeito, César Diesel repudia oposição e declara. ‘Não faço oposição ao governo atual’


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/pre-candidato-a-prefeito-cesar-diesel-repudia-oposicao-e” ][/soundcloud] O empresário César Diesel em entrevista nesta quinta-feira (25) garantiu levar até o final sua pré-candidatura na disputa pela prefeitura nas eleições de 2016 pelo Partido Republicano Brasileiro – PRB. A confirmação foi declarada com um posicionamento. ‘Não faço oposição ao governo atual’

“Sou da base governista e tenho que fazer uma campanha sem oposicionismo”, afirmou César que esclareceu que até o momento não existe conversa com o grupo político do Senador Otto e o prefeito Eduardo Alencar.

Na última segunda-feira (22), apesar da imprensa baiana não citar o município de Simões Filho como uma das prioridades na chapa majoritária na reunião do PRB em Salvador, de acordo com César Diesel, a sua candidatura na legenda conta com o apoio da Presidente Estadual Tia Eron, dos deputados estaduais, Sildevan Nóbrega e José de Arimateia e o deputado federal Márcio Marinho.

“Estamos firmes como uma rocha”, garantiu e repudiou o grupo de oposição em Simões Filho.

“Infelizmente na política tem gente que constrói a fábrica de boatos, fofocas e mentiras”, disse o pré-candidato que acusou o grupo do pré-candidato Diógenes Tolentino por ‘plantar inverdades’, de que ele teria desistido da sua pré-candidatura. “Eles andam dizendo que eu já tinha fechado com a oposição e buscando pessoas que me acompanham para coptar”. Declarou.

César Diesel esclareceu que teve a necessidade de se ‘ausentar’ da política na tentativa de equacionar os problemas da empresa que tem 400 funcionários; por conta da crise econômica em todo o país. “Isso é uma política suja que não vai levar a nada. Eles mentem e eu desminto”, mandou recado o empresário à oposição da cidade.

Ainda de acordo com Diesel, as articulações faziam parte de uma ‘conversa sobre uma política respeitosa’ e descartou alinhamento com o grupo oposicionista.

“Dinha se acha que vai ser prefeito de Simões Filho e queria que nós apoiássemos o seu grupo político”, contou César que ainda assegurou. “Isso nunca vai existir”

Reconfirmando sua posição de que ‘não é contra’ o governo do prefeito, o empresário afirmou que ‘espera com todo prazer o apoio de Alencar’. 

“Na política não podemos descartar nada”, revelou Diesel sobre uma composição na chapa governista como vice-prefeito e fez uma ressalva. “No momento não existe essa possibilidade”.

Questionado sobre o rompimento do pré-candidato a vereador Elimário Lima que declarou apoio a Dinha, o empresário disse que respeita, mas demonstrou a aliança como uma forma ‘oportunista’. “Elimário achou conveniente fazer um fechamento com Dinha. Ele é meu amigo e estou de braços abertos esperando ele”.

A perspectiva do pré-candidato é avançar nas pesquisas. “Minha candidatura é uma alternativa de mudança para o povo de Simões Filho. Eu não faço oposição; sou da base governista e minha candidatura é para levar dentro dos preceitos para ganhar às eleições”, reforçou.

Com essa linha de raciocínio, intencional ou não, o pré-candidato ‘reforça’ a base do governo atual. “O prefeito Eduardo Alencar está em seu 4º mandato e é um político que temos que respeitar porque isso não é pra qualquer um”, finalizou César Diesel.

Extremamente irritado, Eduardo Alencar alfineta oposição e larga o doce. “Não sou desocupado nem fico pedindo voto em porta em porta”


 [soundcloud soundcloudurl=”https://soundcloud.com/radialista-valfredo-silva-mapelenews/nao-existextremamente-irritado-eduardo-alencar-alfineta-oposicaoe-oposicao-em-simoeslite” ][/soundcloud] O prefeito Eduardo Alencar (PSD), esteve presente nesta quinta-feira (25), na solenidade de inauguração das novas instalações do Centro Empresarial Paraki e na oportunidade considerou o momento importante na vida do município de Simões Filho, sobretudo, pela participação empreendedora do empresário Jomar Requião conseguir driblar a questão da recessão econômica que ocorre em todo o país; mas com perfil de administrador obter sucesso na ampliação de emprego e renda para o povo da cidade.

“No momento de crise que o país está passando; hoje ver um empresário investindo em nossa cidade é um motivo de orgulho”, reconheceu Alencar que citou como positiva a presença do Poder Legislativo, através, de vereadores que prestigiaram o evento.

As três novas áreas implantadas, que ainda contam com cerca de 100 empresas e gera 1.000 empregos diretos foram avaliadas pelo prefeito como a continuidade de uma ‘história de sucesso e visão empreendedora’ que o empresário e pré-candidato Jomar vêm exercendo com ‘robustez’ na ampliação e geração de empregos para a região.

Questionado se o pré-candidato Jomar Paraki está na lista dos nomes para sua sucessão, o prefeito garantiu que o empresário está habilitado para exercer a gestão pública, mas ‘quem decide é o povo’

“Temos um grupo formado por pessoas de bem e que Jomar faz parte. No momento oportuno iremos unir todos os amigos e candidatos para decidir quem será o nosso representante da cidade”, afirmou Alencar.

Segundo o alcaide, o interesse do empresário pela política partiu pelo sucesso na área empresarial e o desejo de avançar o crescimento de Simões Filho. “É um desejo dele e que eu não posso inibir”, afirmou e fez questão de acrescentar. “Todos nós sabemos que não está definida ainda minha intenção sobre o candidato e nós estamos em uma democracia”, disse.

O gestor municipal exaltou o momento como de ‘união do grupo para trazer o melhor para Simões Filho’. “Vamos trabalhar na vida pública e privada para sermos vitoriosos mais uma vez”, afirmou Alencar que apesar de não definir a chapa governista, não descartou o empresário, mas também deixou claro: “Quem decide é o povo”.

Em entrevista ao ‘Mapele News’, o prefeito sem ‘citar nomes’ aproveitou para alfinetar a oposição da cidade e criticou a estratégia antecipada de ‘quem diz que já é candidato’.

“São pessoas desocupadas que andam em porta em porta falando mal e pedindo voto, não trabalham e vivem exclusivamente da política. É o ‘eternamente candidato’ e são aqueles que querem se locupletar com os serviços públicos”, avaliou.

“Não sou desocupado nem fico pedindo voto em porta em porta”, disse Alencar contrário ao posicionamento da oposição e fez questão de considerar a atuação do seu grupo político. “Ocupamos uma vida de trabalho em benefício da cidade para que ela cresça e se desenvolva”, concluiu.