“Simões Filho foi injusta com Paulo Azi”, diz Genivaldo Lima


As sessões ordinárias na Câmara de vereadores de Simões Filho são sempre marcadas por discussões, impasses e trocas de farpas entre os edis. Na plenária realizada na última terça-feira (9), o contexto não foi diferente. A famosa intriga entre parlamentares voltou a acontecer.

Desta vez, o presidente da Câmara, Genivaldo Lima, criticou diretamente os eleitores simõesfilhenses. Com o final do período eleitoral de 2018 para deputados, é impossível não começar a se fazer cálculos ou estimativas de votos referentes ao candidato A, B ou C. Em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o cenário não se difere do restante do país.

Genivaldo se colocou extremamente decepcionado  com a votação dada em Simões Filho ao deputado federal Paulo Azi (DEM), que foi reeleito neste domingo (7) com 83.794 votos.  No município, entretanto, teve uma votação abaixo da meta: 4.166 votos. Segundo Lima, o candidato não foi honrado pelo que já fez na cidade.

“Eu nunca apoiei ninguém de fora. Apoiei Paulo Azi na última eleição com o propósito e garantia que ele iria trazer recurso para o município e foi feito. Azi nos ajudou tanto que deveríamos honrá-lo e ele nos honrou com emendas”, disse.

Seguindo as palavras do vereador Eri, o presidente da Câmara, bastante triste, revelou um sentimento de ingratidão do povo da cidade e falou da sua vontade de eleger nas próximas eleições não só deputado estadual, como federal.

“Pode ser o vereador Deny, pode ser Adailton, pode ser até o prefeito Dinha. Nosso trabalho vai ser esse! Conseguimos eleger a deputado Kátia e na próxima eleição vamos trabalhar para fazer uma casadinha estadual e federal. Chega de trazer gente de fora pra levar o voto do povo de Simões Filho e ir embora depois”, afirmou.

O vereador voltou a falar da votação do então eleito deputado federal Paulo Azi  dizendo: “Eu digo que  a cidade de Simões filho foi injusta! Foi injusta com o deputado Paulo Azi,  porque nenhum deputado jamais na cidade trouxe quase R$ 22 milhões e tem uma votação dessas de 4 mil e poucos votos. Eu acho que o povo de simõesfilhense deveria ser mais justo com esse rapaz que nos ajudou e muito”, disse.

Ele aproveitou, ainda, e pediu a deputada eleita Kátia Oliveira para pedir desculpas ao deputado. “A senhora deputada vai nos ajudar muito conversando com Paulo Azi. Peça desculpas pelo povo de Simões Filho e peça a ele que continue nos ajudando porque ele foi um baluarte nesses dois anos”, finalizou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *