“Serei o Beija-flor da política simõesfilhense”, diz Laércio Valentim após se declarar oficialmente oposição ao prefeito Dinha


O vereador de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Laércio  Valentim utilizou as redes sociais, na manhã desta quinta-feira (17) para se declarar oficialmente parte do grupo de oposição ao prefeito Diógenes Tolentino.

Na oportunidade, Laércio comentou que até o momento não tinha se colocado contra a gestão da “Boa Terra, Boa Gente”, inclusive sempre oferecendo apoio ao Executivo para a aprovação dos projetos, mais que a partir de hoje as coisas vão começar a mudar.

“Eu vou ser oposição, mas não é oposição de microfone não, é oposição de mão de calo, com trabalho, não é de microfone não. Eu não vou largar minhas origens de forma alguma, eu já aguentei pau de mais daqui da comunidade que está falando e com toda a razão”, disse ele.

Segundo Laércio, as obras não estão chegando em sua comunidade, não só porque ele é oposição, mas porque a administração atual está preocupada em recuperar apenas as avenidas principais, que vão desde a entrada da cidade, nas imediações do CIA até o Centro.

“O Executivo não está fazendo as coisas em Ilha de São João porque não está fazendo em lugar nenhum. Vocês veem que só estão fazendo as coisas no Centro da cidade, ali do Cia, começando no Posto Arena até o estádio. É o único lugar que estão sendo feitas as coisas”, relatou Laércio.

De acordo com Valentim, no tempo em que ele ainda não era parlamentar, tinha mais liberdade para trabalhar por sua comunidade do que agora, que está exercendo a função e que por isso se sente de mãos atadas.

“Quando eu não era vereador fazia bem mais do que enquanto estou sendo vereador. Eu estou de mãos atadas, mais agora eu vou começar a abrir o verbo. Quem quiser confiar e acreditar, que acredite na verdade, mas quem quiser acreditar na mentira e passar a mão pela cabeça e tapar o sol com a peneira, vamos pro lado de lá”, comentou ele.

O vereador ainda falou que vai, a partir de agora, começar a falar a verdade sobre o que acontece na atual gestão pública, inclusive na plenária da Câmara e que será o Beija-flor da política simõesfilhense.

“A verdade eu vou falar, eu continuo morando aqui no mesmo lugar e vou ser o homem, o Beija-flor desta política. Eu não vou me corromper, eu não vou passar para lado nenhum, vou ser o homem que eu sempre fui, de personalidade e de trabalho. E agora vocês vão começar a saber a verdade. Se eles querem oposição, vão ter oposição”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *