Prefeitura suspende transporte intermunicipal nesta quinta-feira e analisa implantar “toque de recolher” em Simões Filho


O prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino, anunciou nesta quarta-feira (20), que estuda a possibilidade de implantar o “toque de recolher” no município. De acordo com o gestor, uma reunião com o Comitê de Crise deve analisar quais os bairros mais atingidos pela Covid-19, a exemplo do KM 25, Ilha de São João, CIA I, Ponto Parada e Centro que registram os maiores números de casos confirmados.

O isolamento social é uma das medidas adotadas pelo Município como forma de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Conforme o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) o isolamento, alinhado com a higienização, é a principal maneira de conter o contágio. Todavia, segundo Dinha, parte da população ainda não se atentou para a gravidade da situação.

“Nós vamos intensificar a fiscalização, inclusive, amanhã (quinta-feira, 21), estaremos fazendo a suspensão do transporte intermunicipal logo cedo por nossas equipes com o apoio da polícia militar que estará atuando para que possamos fazer esse bloqueio em nosso município”, disse o mandatário municipal e completou: “tudo isso para evitar a disseminação do vírus com essa rapidez”.

O chefe do Executivo Municipal destacou ainda que foi detectada a necessidade de implantação do toque de recolher na cidade. Ele reforça que a possibilidade de aplicação da medida é avaliada seguindo os apontamentos dos relatórios semanais elaborado pelas secretarias.

“Estamos analisando o toque de recolher, a partir de um horário à noite e amanhã teremos uma reunião com o comando da polícia militar do nosso município para ajustar esses detalhes, porque todas as medidas que estiverem ao nosso alcance iremos adotar pelo bem da população”, enfatizou Dinha Tolentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *