Pra lá de Bagdá: Violência no final de semana assusta moradores de Simões Filho; confira o balanço


O final de semana de Carnaval ultrapassou os limites das ocorrências violentas no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Mesmo estando fora do roteiro da folia e com o movimento de pessoas bem menor do que o habitual, a cidade registrou inúmeros casos de assaltos, homicídios e até mesmo de latrocínio (roubo seguido de morte) entre a sexta-feira (09) e o domingo (11).

Na sexta (09), o corpo de um idoso de 60 anos, identificado como Marcos Cezar Martins Santos foi localizado caído ao solo, numa localidade conhecida como Sítio da Pedra, na Avenida Camaçari, no Guerreiro.

Ainda segundo informações da Polícia Militar, no corpo, o idoso apresentava diversas perfurações de arma de fogo. Marcos também estava com as mãos amarradas para trás. A autoria e a motivação do crime seguem desconhecidas.

No sábado (10) dois homens morreram durante uma troca de tiros com policiais das Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp). O confronto aconteceu por volta das 13h, na Rua Castelo Branco, localidade conhecida como Ruas dos Desabrigados, no bairro Ponto Parada.

De acordo com a PM, em diligências pelas ruas da cidade, uma guarnição recebeu informações de que um grupo de homens armados atuava na localidade. Ainda segundo a PM, ao chegarem no local, os agentes foram recebidos a tiros por sete criminosos e, no revide, dois suspeitos foram atingidos.

Um morreu no local e o outro foi socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), mas não resistiu aos ferimentos. Os meliantes conhecidos como “Bidogo” e “Nonom” já tinham passagens pela polícia.

No início da noite do sábado, um homem de 42 anos, foi morto durante um assalto. Josemar Ferreira de Almeida, conhecido como Jorge borracheiro, foi baleado mesmo após entregar seu celular aos assaltantes. O crime aconteceu por volta das 19h, perto da casa da vítima na Avenida Paulo Souto, no Eucalipto.

De acordo com informações de testemunhas, Jorge estava transitando pela avenida juntamente com sua esposa e sua filha quando foi abordado por dois elementos armados, que anunciaram o assalto.

O borracheiro imediatamente entregou o aparelho celular aos meliantes e pediu para que não fizessem mal a sua família, mesmo assim, um dos assaltantes deflagrou um disparo de arma de fogo contra Jorge e em seguida fugiu, acompanhado de seu comparsa.

Jorge chegou a ser socorrido por vizinhos para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), recebeu atendimento médico e todos os procedimentos de emergência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Na mesma noite, um homem identificado como Henrique Conceição Souza, de 27 anos foi morto a tiros dentro do próprio carro. O crime aconteceu por volta das 22h45, na Rua Bolívia, trecho do bairro Jardim Renatão. De acordo com informações, a vítima foi surpreendida por dois elementos armados que cercaram o carro e efetuaram os disparos.

Todos os casos foram registrados na 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho e estão sendo investigados pela Polícia Militar. Até o momento ninguém foi preso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *