OLHA AÊ: Depois de um ano do anúncio, Temer entrega primeiros cartões-reforma


Um ano depois do lançamento do cartão-reforma em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer organizou outro evento para entregar R$ 6 mil do programa federal de habitação a três primeiros beneficiados.

Uma reprodução gigante, parecida com os cheques dos programas de TV, foi providenciada para que fosse feita uma foto dos beneficiados com Temer e o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Em discurso, o presidente afirmou que a elaboração do cartão reforma teve um “cuidado extraordinário” para ser implementado no país. Mas durante a fala, Temer esqueceu o nome de um dos beneficiados do cartão e teve de recorrer às suas anotações.

Já o ministro das Cidades, que pediu demissão pouco antes da cerimônia, disse que o cartão consolida um tripé do governo federal na área da habitação, junto com o Minha Casa, Minha Vida e a política nacional de regularização fundiária. Segundo o tucano, inicialmente, serão atendidos municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Alagoas e Pernambuco que foram atingidos por calamidades naturais.

O valor médio do cartão, direcionado a famílias de renda familiar mensal de até R$ 2.811, é de R$ 5 mil, mas o valor varia entre R$ 2 mil e R$ 9 mil. No total, foi direcionado R$ 1 bilhão do Orçamento da União.

O cartão-reforma foi anunciado por Temer pela primeira vez em 31 de outubro do ano passado, durante o programa “A Voz do Brasil”.

Em Simões Filho 493 famílias serão beneficiadas. Em visita ao Ministério das Cidades em Brasília, o prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino ao Programa Cartão Reforma em maio deste ano. A iniciativa deverá fornecer auxílio em dinheiro em forma de crédito em cartão físico, para famílias de baixa renda que tem a necessidade de realizar reformas em suas residências.

Na oportunidade, o gestor municipal destacou a importância do programa para a economia local. De acordo com Dinha, o Cartão Reforma deverá injetar R$ 2,5 milhões no município. “As lojas de materiais de construções serão beneficiadas. O município fará em breve uma rodada de oportunidades com os empresários do segmento para prestar todas as informações dos procedimentos que precisam ser adotados para o credenciamento junto à Caixa Econômica”, explicou Dinha.

Ainda segundo o gestor, todo o processo de credenciamento dos beneficiários será feito pela Prefeitura. O órgão também irá implantar um Núcleo de Gerenciamento para facilitar o acompanhamento da assistência técnica que será colocada à disposição pela Prefeitura. Engenheiros Civis e Arquitetos darão todo o suporte antes, durante e no processo de medição das melhorias habitacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *