Na bronca: Vereador Adailton pede ao prefeito para ter coragem de colocar secretários trabalhadores no município


Na câmara de vereadores desta terça-feira (04), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), durante a sessão realizada, após leitura e aprovação de uma indicação, o vereador Adailton Caçambeiro (PRP), voltou a criticar veemente o secretário de Ordem Pública, o Capitão Bartolomeu e fez um pedido um tanto que desafiador ao prefeito Diógenes Tolentino, para que o mesmo tivesse cautela na nomeação de alguns secretários para gerir a pasta no município.

Bastante revoltado com a ausência de respostas, o vereador que é da base governista, está de bronca e proferiu várias queixas contra secretários da atual gestão municipal.

Para o vereador Adailton Caçambeiro, diversos locais estão precisando de um olhar mais diferenciado, porém o secretário não está nem aí para as reivindicações dos parlamentares.

“Não tenho nada contra os comerciantes, são dignos e trabalhadores, mas estou contra a secretaria SEMOP, que é mais uma inoperante. Os comerciantes estão procurando seu espaço e estão tomando conta dos centros comercias do município. Bartolomeu não responde um ofício que mando, uma ligação telefônica que faço, ele não respeita o vereador, portanto, não respeita o povo de Simões Filho”, disse Caçambeiro.

Adailton ainda salientou que além de não responderem os ofícios enviados pelos parlamentares com as demandas das comunidades, o prefeito tem que tomar uma atitude referente aos secretários que não querem trabalhar.

“Por isso estou reivindicando o direito do povo simõesfilhense, não tenho nada contra o comerciante, no entanto, na Avenida Washington Luís estão colocando materiais de construção no passeio e ninguém foi lá reclamar. Colocam também no meio da estrada, atrapalhando idas e vindas dos carros, podendo causar acidentes”, complementou Adailton.

O vereador pediu ao prefeito que colocasse trabalhador que acorde cedo. Reforçou dizendo para Dinha ter mais coragem e que venha colocar secretários trabalhadores ao seu lado e ao lado do povo e que precisamos e queremos, não secretários faz de conta que não moram no município, que não se preocupam com a população. Finalizou alertando que vão brigar por uma causa única, o povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *