Moradores se queixam da falta de extintores em condomínio do programa MCMV, em Simões Filho


Grande parte dos prédios do condomínio Minha Casa Minha Vida, no município de Simões Filho, região metropolitana da grande Salvador, com quatro andares, encontra-se em condições precárias na prevenção e combate de incêndio. A falta de extintores tem preocupado, colocando em risco, a vida dos moradores.

A denúncia foi feita pela líder comunitária do residencial Pitanguinha, nesta terça-feira (08). Segundo relato da síndica, conhecida como Cristina, alguns condomínios existem extintores, mas os mais antigos que foram entregues, não possuem, com isso, estão vivendo com medo de uma tragédia anunciada.

Ela ainda lembrou do acontecido recentemente onde uma mulher de 20 anos morreu e outras sete pessoas ficaram feridas no incêndio em um prédio do condomínio Iguatemi, no bairro Mangabeira, em Feira de Santana, cidade que fica cerca de 100 quilômetros de Salvador.

Ainda segundo ela, no bloco 6 teve um início de incêndio onde moradores se uniram para apagar o fogo que quase se alastrara pelo prédio. Dentre as irregularidades relatadas, estão as vans que circulam na localidade e não querem pegar passes. Essas pessoas ficam as vezes, até 2 horas esperando o micro no ponto de ônibus.

Para fechar a denúncia, a síndica disse que a falta de manutenção na localidade tem trazido cobras e até escorpiões que estão invadindo as áreas de serviço. Em um prédio, uma mulher e uma criança já foram mordidas pelo bicho, além disso, as luzes do condomínio não apagam, ficam acessas o dia todo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *