MG: Morre guarda suspeito de atear fogo e matar quatro crianças em creche


O guarda suspeito de colocar fogo e matar quatro crianças e uma professora de uma creche em Janaúba, norte de Minas Gerais, nesta quinta-feira (5), morreu após o crime.

Segundo informações do Globo News, Damião Soares dos Santos trabalhava para a prefeitura de Janaúba deste 2008 e em setembro deste ano, teria pedido afastamento do trabalho sob alegação de problemas de saúde.

Nesta quinta, ele se dirigiu à creche para apresentar o atestado médico, mas ao chegar ao local, cometeu o crime. O homem teria jogado álcool em seu corpo, nos das vítimas e depois ateado fogo.

Cerca de 40 pessoas foram atendidas pelo Hospital Regional de Janaúba, dessas 25 foram internadas com queimaduras e 15 foram liberadas, após saírem do estado de choque. Informações ainda não confirmadas dão conta que, no momento, 22 pessoas seguem internadas e seis estão em estado grave.

A Polícia Civil é a responsável por investigar o caso.

Varela Noticias

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *