Menina de 6 anos é estuprada, morta e abandonada dentro de mala no Rio


A pequena Agatha Nicole Silva Victorino, de 6 anos, foi encontrada morta dentro de uma mala abandonada em um rio no bairro do Engenho Novo, no Rio de Janeiro na madrugada desta sexta-feira (04). A garota foi sequestrada, abusada sexualmente e depois morta.

O suspeito de cometer o crime, identificado apenas como Alexandre, foi flagrado por câmeras de segurança do bairro jogando a mala com o corpo da garota fora. Familiares de Agatha contam que Alexandre foi reconhecido pelo próprio filho de 10 anos, que viu a filmagem. O garoto alertou a irmã do suspeito, que chamou a polícia.

A menina foi encontrada com sinais de violência no corpo e na cabeça. A perícia constatou que ela foi morta por asfixia e afogamento. O avô da criança, Robson Ferreira de Araújo, 54 anos, diz que o sequestrador foi frio e ainda participou das buscas pela menina depois do crime.

“Minha neta brincava no quintal de casa com os irmãos quando esse homem chegou. Ela era uma menina simpática e, como ele era conhecido de vista, acabou indo com ele. Quando vimos que ela havia sumido, começamos a procurar. O homem foi tão frio que chegou a participar das buscas. Depois, sumiu”, contou ele a Extra

.O delegado Fabio Cardoso diz que na mala foi achado ainda um pacote de biscoito. O alimento teria sido usado para atrair a garota. “A menina sofreu ferimentos, foi abusada e colocada na mala ainda com vida”, explica o delegado .

A perícia constatou rompimento do hímen, indicando que ela sofreu violência sexual. O autor vai responder por homicídio e por estupro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *