Familiares e amigos se despendem de vendedor ambulante com protesto em Simões Filho


Familiares e amigos do jovem Anderson da Silva Portela, de 22 anos, morto no inicio da noite da última quarta-feira (08) durante uma tentativa de assalto a uma loja filial da rede “Casas Bahia”, se despediram do vendedor ambulante em clima de revolta na tarde desta quinta-feira (09).

                                                                                                   Foto: Simões Filho Online

O corpo de Anderson foi enterrado por volta das 17h, no cemitério São Miguel, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), onde ele residia e teve a infelicidade de ser morto. O sepultamento aconteceu na presença de pessoas próximas ao rapaz, bem como de muita gente que não o conhecia, mas que sensibilizadas com as circunstâncias do fato, resolveram lhe prestar esta última homenagem.

Também estiveram presentes um tio do jovem e sua mãe, que preferiu permanecer durante todo o cortejo fúnebre em silêncio, como quem custasse acreditar que seu único filho homem teria sido assassinado.

Ao final do sepultamento um grupo seguiu em direção ao Centro da cidade, onde em frente a loja onde Anderson trabalhava e foi alvejado, realizaram uma pequena manifestação para chamar a atenção das autoridades locais com relação a insegurança com a qual a população está sendo obrigada a conviver.

Foto: Simões Filho Online

De mãos dadas, o grupo interrompeu o trânsito por cerca de dez minutos na Avenida Rui Barbosa, uma das mais movimentadas do município, porém, com  a compreensão de motoristas e pedestres puderam manifestar o sentimento de revolta pela morte do vendedor ambulante, atingido fatalmente pela ação dos criminosos.

Relembre o caso

De acordo com informações oficiais da Polícia Militar, por volta das 18h, um grupo de indivíduos tentou assaltar a loja, localizada no Centro da cidade, mas uma guarnição chegou a tempo de impedir a concretização do roubo.

Na ação, os criminosos resistiram à prisão e atiraram diversas vezes contra os policiais. Em detrimento da agressão dos meliantes, um vendedor ambulante identificado como Anderson da Silva Portela, 22 anos, foi atingido por uma bala perdida no abdômen e veio a óbito.

Outra vítima, identificada como Luiz Carlos Ferreira da Silva, 27 anos, também foi atingido de raspão nas costas, mas está fora de perigo. Um dos criminosos foi apreendido e com ele uma arma de fogo e uma sacola de aparelhos eletrônicos furtados na loja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *