Evangélicos, prefeito Dinha e deputada Kátia Oliveira participam de missa em homenagem à Santa Dulce


“Em celebração pela canonização da Santa Dulce dos Pobres”, o prefeito da cidade de Simões Filho, Dinha Tolentino, e a primeira-dama e deputada estadual, Kátia Oliveira, ambos evangélicos, participaram na tarde deste domingo (03), da missa de Ação de Graças, ao “Anjo bom da Bahia”, além de uma multidão de pessoas, em especial, a comunidade católica que lotou a Praça da Bíblia, no Centro da cidade.

O evento teve o direcionamento de render homenagens à Santa Dulce que tanto espalhou amor e caridade por onde passou, inclusive, o município de Simões Filho faz parte do seu legado de acolhimento ao próximo.

“Quero agradecer o acolhimento dos irmãos católicos, abraçar os bispos Dom Petrini e Dom Tommaso, e os amigos Padre Rogério, Padre Edwin, Padre Paulo Bitencourt, Padre José Miguel, Padre Marcos Almeida e Alex Almeida. Contem comigo”, mencionou Dinha.

O prefeito comentou sua participação na celebração católica, mesmo sendo evangélico por convicção. “Como prefeito, a gente tem uma relação amistosa com todos. A Igreja Católica tem que ser respeitada e é o momento de dar as mãos. Sou evangélico, mas o meu Senhor ensina a amar ao próximo e viver em paz. É momento de dar as mãos pela paz da Bahia, de Simões Filho e do Brasil”, expressou Dinha durante a celebração à Santa Dulce, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

“Um exemplo de mulher, de bondade e de amor ao próximo. Agradeço o carinho ao qual fui recebida pelos irmãos católicos”, pontuou a deputada Kátia Oliveira.

Os vereadores Orlando de Amadeu (PSDB), presidente da Casa Legislativa, Adailton Caçambeiro (PRP), Everton Paim (PSD), o líder do Governo, Manoel Almeida “Neco” (PSD), Vel do Povo (PRP), e os secretários Edson Kipão (Segov), Carlos Neto (Seinfra) também marcaram presença em missa na Praça da Bíblia onde se juntaram a devotos religiosos que participaram da celebração em homenagem ao “Anjo Bom da Bahia”.

A festividade religiosa teve início por volta das 15h, em frente ao Centro Educacional Santo Antônio (CESA), onde houve um ato religioso de lançamento da Pedra Fundamental intitulada “Santa Dulce dos Pobres”, ponto de partida dos fiéis que seguiram em caminhada até a Praça da Bíblia onde houve o ato de condução da imagem e relíquias da Santa Baiana e a Santa Missa com a presença de Dom Tommaso Cascianelli, bispo de Irecê, que durante muitos anos foi diretor espiritual do Anjo Bom da Bahia, do bispo diocesano Dom João Carlos Petrini e padres da Diocese de Camaçari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *