Duelo de Titãs: Parlamentares Kátia Oliveira e Eduardo Alencar travam a primeira discussão na ALBA: veja como foi


A deputada estadual Kátia Oliveira (MDB), e o deputado Eduardo Alencar (PSD), travaram a primeira e séria discussão dentro do Parlamento Estadual, nesta terça-feira (13), tudo isso por causa das chuvas que resultou no decreto de emergência em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

O embate entre a primeira-dama do município e o ex-prefeito, demonstra que a disputa política entre ambos está apenas começando, ou seja, oficialmente iniciadas.

Em rebate ao pronunciamento do deputado estadual Eduardo Alencar, na última segunda-feira (13), em discurso no plenário da Assembleia Legislativa, na terça-feira (14), Kátia ressaltou que “as dívidas deixadas por Alencar, que foi prefeito da cidade por quatro mandatos, não impedem que a gestão atual realize intervenções no município”, sendo que algumas delas foram fundamentais para reduzir os impactos das chuvas que atingiram a Região Metropolitana de Salvador nos últimos dias.

A deputada emedebista também rebateu as críticas feitas por Alencar ao prefeito Dinha Tolentino (MDB), sobre gastos com serviços de limpeza de canal.

“O senhor faltou com a verdade. Não é verdade quando o senhor diz que o prefeito não fez licitação para os serviços de limpeza por conta das dívidas. O senhor, de fato, deixou dívidas. Mas o prefeito fez e continuará fazendo os serviços”, afirmou Kátia.

Após sofrer duras criticas pela deputada Kátia Oliveira que fez questão de mencionar uma suposta dívida no valor de R$ 300 milhões deixada por sua antiga administração, Eduardo Alencar utilizou a tribuna da ALBA para retribuir à colega “Dizendo”.

“Eu peço desculpas a deputada Kátia Oliveira e quero dizer a ela que quando se refere a minha administração, eu sou muito honesto em dizer que tive acertos e erros. Naturalmente foram quatro mandatos de luta, muito trabalho, aonde mais de 80% da cidade foi reconstruída por mim quando fui prefeito pela primeira vez, da educação, saúde e a infraestrutura”, disse Eduardo.

O deputado ainda se lembrou de quando executou ações preventivas em toda a cidade para que não ocorressem estragos tão devastadores como os que ocorreram neste final de semana, por causa das fortes chuvas e da falta de manutenção nos córregos e canais.

Deputada Kátia:

Conforme declarações de Kátia, de 2012 a 2014, a gestão de Alencar gastou R$ 4,5 milhões com serviços de limpeza de canal. Agora, o prefeito Dinha, em dois anos e quatro meses, investiu R$ 1,5 milhão. Ela lembrou que, com Alencar, a dívida do município saltou de R$ 90 milhões para R$ 350 milhões. Disse, ainda, que o prefeito Dinha já pagou R$ 100 milhões desse total. “Isso não impediu o prefeito de fazer obras que o senhor não fez”, enfatizou, ao ressaltar que o volume de chuvas em menos de 72 horas foi o esperado para todo o mês de maio na cidade.

Resposta de Eduardo:

“Quando ela falou que eu gastei R$ 4 milhões em canal foi verdade. Eu fiz o canal da Av. Elmo Serejo Farias, fiz e reconstruir. Fiz o canal do Campo do Vasco que nunca mais tinha tido enchente. Desde quando foi feito a derivação do canal para próximo da Assembleia de Deus e eu dava manutenção todos os anos, nunca mais houve enchente no Campo do Vasco”, afirmou ele.

Eduardo salientou que todas as obras preventivas da cidade feitas na sua administração e executadas com recursos próprios, sem empréstimos do governo federal, como tem feito o prefeito Dinha Tolentino.

Depois de algumas alfinetadas, denunciou em alto e bom tom que, embora costume se queixar de dificuldades financeiras, a gestão de Dinha tem mais gastos com propagandas do que com investimentos para as demandas essenciais do município.

Kátia Oliveira:

Por fim, ela pediu apoio aos parlamentares para buscar, junto ao governo do estado, medidas de apoio às cidades atingidas pelas fortes chuvas, como Simões Filho e Lauro de Freitas. “Quero solicitar aos nobres colegas que nos unamos, independentemente de qualquer situação política, para pedir que o governo tome medidas para essas cidades acometidas pela chuva, que olhe com carinho especial para atender às demandas da população”, afirmou.

Eduardo Alencar: 

“Quem pega um município ruim, quem pega um município falido, quem pega um município devendo, quem pega um município em estado de emergência não gasta R$ 7 milhões em propaganda. Todos os processos de pagamento estão aqui, não diga que é mentira nem sacuda a cabeça”, revelou o deputado.

Eduardo também mandou um recado direto para o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Orlando de Amadeu dizendo e disse que o edil “é pau mandado do prefeito” e que bastava marcar uma data que ele viria pessoalmente à cidade dizer quem deixou dividas..

Veja vídeos

Deputada Katia Oliveira:

 .

Deputado Eduardo Alencar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *