Concessionária de rodovias Bahia Norte já repassou mais de R$ 17 milhões em impostos para Simões Filho


A concessionária de rodovias Bahia Norte, que administra os pedágios em Simões Filho e Região Metropolitana de Salvador (RMS), atingiu no último mês de março a marca de R$ 81 milhões em ISSQN – Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza pago aos municípios sob concessão da concessionária.

O valor corresponde ao repasse acumulado desde o período de implantação das praças de pedágio em agosto de 2010, quando a concessionária iniciou a administração do sistema de rodovias da BA-093, que inclui as cidades de Camaçari, Simões Filho, Salvador, Lauro de Freitas, Mata de São João, Dias D’Ávila e Candeias.

Somente a cidade de Simões Filho já recebeu R$ 17,3 milhões em recolhimento de ISSQN da Bahia Norte, ficando em segundo lugar na lista dos municípios da Região Metropolitana com maior valor do imposto pago pela concessionária, perdendo apenas para Camaçari.

O recolhimento é uma imposição feita sob a concessão das rodovias que oferece ampliação e restauração das pistas, além da operação das praças de pedágio, e o valor é proporcional à extensão de cada município por onde passam as rodovias como uma espécie de retorno ou contra partida pela concessão.

Abaixo de Simões Filho estão Salvador, com R$ 13,2 milhões em recolhimento do ISSQN, Candeias, R$ 9,3 milhões, Mata de São João, com R$ 9,1 milhões, Lauro de Freitas, R$ 6,3 milhões e Dias D’Ávila, com R$ 3,9 milhões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *