Simões Filho tem novo Secretário da Educação

Depois de diversas especulações em torno dos nomes das professoras Mariza Pimentel, e Heliene Moura como possíveis indicadas por Dinha para ocupar o lugar de chefia na Secretaria Municipal de Educação, em coletiva, na noite desta quarta-feira (28), o novo gestor oficializou sua escolha. Sem ter seu nome cogitado em nenhum momento pelos espectadores do … Leia Mais



Três morrem após troca tiros com a PM em Simões Filho

Em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, três homens foram mortos depois de trocar tiros com uma guarnição da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar A ocorrência foi registrada na noite de segunda-feira (26). Segundo informações da PM, depois de ser informada do roubo pelas vítimas, a guarnição realizou buscas até encontrar na mesma … Leia Mais


Vagas de emprego no Sinebahia de Simões Filho; confira

MECÂNICO DE AUTOS DESEJÁVEL CNH categoria D FUNÇÃO Realizar manutenção corretiva e preventiva em equipamentos: veículos, empilhadeira, patinhas atendendo aos padrões de segurança da empresa. SALÁRIO R$ 1.056,00 BENEFÍCIOS Alimentação Plano de saúde Plano odontológico PRS (Participação nos Resultados Solar) Seguro de vida Transporte TÉCNICO DE MANUTENÇÃO SALÁRIO 2.500,00 a 2.800,00 HORÁRIO DE TRABALHO Disponibilidade … Leia Mais



Professores protestam contra atraso do 13º salário em Simões Filho.


Na manhã desta segunda-feira (26) um grupo de professores do município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador se concentraram na frente da Prefeitura, a fim de protestar contra o atraso no pagamento do décimo terceiro salário, que deveria ter sido pago a categoria até o dia 20 de dezembro como consta na legislação trabalhista.

Conhecida como décimo terceiro salário, a gratificação de Natal foi instituída no Brasil pela Lei 4.090, de 13/07/1962, garante que o trabalhador receba o correspondente a 1/12 (um doze avos) da remuneração por mês trabalhado como um pagamento extra salarial no final de cada ano.

imagem_noticia_5

Em Simões Filho, os professores afirmam que durante todo o ano de 2016 a gestão municipal vem atrasando o pagamento da remuneração trabalhista e com o décimo terceiro a situação ainda tem sido mais complicada, uma vez que não há previsão da quitação do débito de todos os servidores.

“Isso é um absurdo, como iremos construir uma Simões Filho justa, menos violenta e mais equilibrada se não há valorização da educação? È na sala de aula que se inicia a cidadania e o que nós presenciamos hoje é um descaso total com essa classe que luta todos os dias para oferecer o melhor pra nossa juventude”. Questionou uma servidora municipal que preferiu não se identificar.

De acordo com o secretário de educação do município Jorge Sales embora desde agosto, o repasse do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (Fundeb) tenha vindo em montante de 1 milhão a menos do valor necessário para fechar a folha de pagamento da educação, a demanda já foi encaminhada para a Secretaria da Fazenda do município para que seja efetivada a liberação do 13º salário dos professores.

A Lei nº 7.855/89 estipulo a multa de 160 Ufir (Unidade Fiscal de Referencia) por empregado, dobrada na reincidência para as infrações contra os dispositivos da Gratificação de Natal (13º


Zika vírus: fábrica da Bahiafarma localizada em Simões Filho, inicia envio de testes rápidos para Ministério da Saúde


A Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) começou o envio dos 3,5 milhões de testes rápidos de diagnóstico do Zika Vírus, adquiridos pelo Ministério da Saúde junto ao laboratório público baiano. Os dispositivos, que serão distribuídos pelo órgão federal para todo o Brasil, estão sendo encaminhados à Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos. (Cenadi), no Rio de Janeiro.

A expectativa é que o governo federal inicie o repasse dos testes para postos de saúde espalhados pelo País nas próximas semanas, com o objetivo de atender a população durante o verão, quando é aumentada a proliferação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, o número de doenças transmitidas pelo inseto.

zika

Licenciada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com fábrica funcionando no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a Bahiafarma segue com a produção em ritmo acelerado. A meta é entregar os 3,5 milhões de testes rápidos encomendados pela União até fevereiro.

O acesso aos testes, que serão distribuídos gratuitamente, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), será priorizado para gestantes, crianças e idosos. De acordo com o diretor-presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias, o teste rápido vai garantir celeridade no diagnóstico correto, importante para o tratamento clínico adequado dos pacientes. O dispositivo também ajudará gestantes e mulheres com intenção de engravidar a planejar e acompanhar a gestação, já que existe risco de que fetos e bebês desenvolvam patologias, como a microcefalia, caso a mãe contraia a doença durante a gravidez.

“Com os testes rápidos, as gestantes podem ter o diagnóstico sempre que houver dúvidas sobre os sintomas ou sempre que o médico que acompanha a gravidez julgar necessário”, destaca Dias. “Os testes rápidos vão dar respostas imediatas, que vão possibilitar que a mulher tenha uma gravidez tranquila ou vão sanar qualquer dúvida que possa a surgir em relação a ter ou não o zika vírus.”

zika2

Os testes

O teste adquirido pelo Ministério é o Zika IgG/IgM Combo, composto por dois cassetes portáteis (7×2 cm cada), que utilizam uma pequena amostra de sangue do paciente e fornecem o resultado em até 20 minutos. O primeiro cassete reage ao anticorpo IgM e identifica infecções recentes (de cinco dias a duas semanas), enquanto o segundo reage ao anticorpo IgG, identificando se o paciente foi infectado há mais tempo, mesmo que já não manifeste nenhum sintoma da doença. A Bahiafarma também produz o teste Zika NS1, que permite a identificação do vírus em casos ultra recentes, entre o primeiro e o quinto dia de infecção.

Práticos, seguros e com alto índice de confiabilidade, os testes rápidos da Bahiafarma também chamam a atenção do mercado pelo baixo custo de produção. Um levantamento feito pelo Ministério da Saúde revelou que o preço do Zika IgG / IgM Combo é menos da metade do que o praticado pelos concorrentes internacionais.

zika3-1

No exterior, os testes rápidos desenvolvidos pelo laboratório público baiano também chamaram a atenção. Empresas e governos de países afetados pelo Zika Vírus, como Tailândia, Malásia, Indonésia, República Dominicana e Argentina, além de organismos internacionais, como Unicef e PNUD, negociam a aquisição de testes.

Com atuação destacada no setor e gestão inovadora, a Bahiafarma ingressou no rol dos principais laboratórios oficiais do Brasil. A instituição tem dado continuidade à estratégia do Governo do Estado de transformar-se em um centro indutor para a consolidação de um polo industrial farmacêutico e biotecnológico na Bahia, iniciado em 2015.

Repórter: Leonardo Martins

Pânico, perseguição e muitos tiros em Simões Filho


Um homem identificado por nome Rodrigo dos Santos, de idade não revelada sofreu tentativa de homicídio ao ser alvejado por diversos tiros dentro de um carro na noite deste domingo (25), no bairro do Ponto Parada, em Simões Filho.  De acordo com a Polícia local, as informações preliminares  dão conta que a vítima teria sido perseguida e surpreendida por dois elementos armados, que efetuaram dezenas de tiro contra o homem.

catsbnm-skmohf

Segundo informações, A vitima seguia em um carro branco, de placa não anotada, pela Avenida Elmo Serejo Farias, nas imediações do Cia II,  quando dois homens a bordo de uma motocicleta interceptaram o carro  e dispararam diversas vezes contra ele. O crime aconteceu em frente ao Ponto de ônibus, que fica perto do Cemitério São Miguel.

Após o ataque ao motorista do carro, os motociclistas fugiram sem deixar pistas. vitima foi socorrida e encaminhada para a unidade média de Simões Filho. O estado de saúde dele não foi divulgado.

Por: Fala Simoes Filho

Com mais uma mulher no comando, Dinha confirma Jailce Andrade para Controladoria Geral em Simões Filho


Conforme descrito na última quinta-feira (22) pelo site Mapele News, o prefeito diplomado Diógenes Tolentino (PMDB), confirmou na tarde desta sexta-feira (23), o nome da ex-candidata a prefeita de Camaçari pelo PCdoB Jailce Andrade, como futura Controladora Geral do município de Simões Filho.

De acordo com o futuro alcaide, a escolha por Jailce foi concretizada a partir da análise do perfil profissional da advogada e a vasta experiência que ela tem em carreira pública, além da relação de amizade que possuem a alguns anos.

8bf84e9f69c89ba67747bd0b455c049d

“É uma profissional competente, qualificada e com uma experiência na vida pública com a condição de exercer qualquer função na gestão pública”, declarou o futuro mandatário que ainda pontuou que ela é uma pessoa da sua confiança.

A Dra. Jailce Andrade atua na área de advocacia eleitoral e tem especialização em Gestão Pública. Ela foi Secretária do Governo em Camaçari por duas vezes; atou como Sub-Controladora do município, além de ter sido Secretária do Desenvolvimento Social.

O novo gestor ainda afirmou que a ação movida pelo PcdoB local afim de caçar a sua diplomação como prefeito de Simões Filho não afetou a sua relação com a futura controladora e que não irá interferir na opção dela em permanecer no partido.

Jailce Andrade é a quinta mulher nomeada por Dinha para chefiar uma secretaria nos próximos quatro anos, mas deixou claro que aquele ou aquela que não cumprir as metas estabelecidas pelo seu governo automaticamente serão substituídos.

Resta ainda anunciar os nomes dos futuros secretários de educação e infraestrutura


Futuro mandatário lamenta falta de melhorias para Mapele por prefeito cessante. “Vamos buscar para tornar realidade” diz sobre projetos


O distrito de Mapele, localizado na zona rural do município de Simões Filho, na Grande Salvador e que goza de uma extrema beleza natural, mas que sempre a população relatou a amarga condição de não valorização e visão por parte dos gestores públicos sobre a força e potencial turístico que pode alavancar o desenvolvimento econômico da região, fez parte dos questionamentos levantados para o futuro mandatário da cidade, Diógenes Tolentino, em coletiva de imprensa nesta última quinta-feira (22).

O local situado no fundo da Baía de Aratu, uma baía menor que está na parte mais norte da Baía de Todos os Santos carece de políticas públicas que além da visão de alguns agentes políticos do município com relação ao potencial turístico e gastronômico, a região necessita ainda de melhorias na infraestrutura, além de incentivo ao esporte, uma das ferramentas essenciais para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais.85263e6172fb12753ca6b6cc02bc29c4

Após diversas insatisfações relatadas por moradores e o papel deste veículo de imprensa em buscar melhorias, por entender, como também o jornalismo comunitário exerce sua importância para dar voz e vez as pessoas que estão excluídas e no anonimato a exercerem o direito de cidadania, em coletiva, o prefeito diplomado Diógenes Tolentino (PMDB), fez questão de ressaltar que infelizmente os moradores e o próprio veículo de comunicação que exerce uma das forças entre os órgãos que compõem o 4º poder, “não conseguiu melhorias em diversas áreas por parte do atual gestor que ficou por 8 anos, no comando da prefeitura”.

Dinha sem criar polêmica; sem aprofundar a lista de críticas e sem citar o nome do prefeito cessante, encontrou uma forma leve de criticar, mas também defendeu que é da sua vontade levar melhorias para o bairro.

Ao ser questionado de que teria afirmado alguns projetos para Mapele, o prefeito a ser empossado em 1º de janeiro de 2017, esclareceu que as discussões levantadas junto aos moradores no “Pensa Simões Filho”, tiveram como base, a questão do local possuir uma enorme potencialidade de desenvolvimento, sobretudo, pela condição natural, mas também fez sua ressalva.

“Não querendo dizer [no Pensa Simões Filho realizado em Mapele], que houve por parte de mim e da equipe uma promessa que será construído [ a Casa do Pescador, entre outras demandas], em troca de qualquer situação [voto]”, pontuou.

Entrevista: 

Ele ainda deixou claro que o que realmente vale é o que estar no seu plano de governo. “O que nós colocamos é o nosso sentimento e aquilo que nós vamos buscar para tornar realidade, mas não foram promessas com se coloca em período de campanha que se promete tudo e quando se elege não faz nada”, esclareceu o prefeito diplomado que ainda acrescentou. “Vou assumir esse déficit que o município tem com Mapele e vamos trabalhar para poder reverter o quadro”.

Na coletiva Dinha revelou para a imprensa algumas ideias como o resgate das festas tradicionais, como a Festa dos Pescadores, no caso de Mapele que ainda deverá contar com festivais. A expectativa é que a gastronomia local ganhe força com a criação do “Festival de Moquecas”, nos três dias da solenidade que deverá acontecer no mês de julho de 2017. A organização contará com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico que será liderada por Nilton Novaes, que também é o Presidente do PSDB Municipal.