Concessionária repassa mais de R$ 2 milhões para Simões Filho e outras seis cidades

A Concessionária que administra a BR 324, VIABAHIA repassou para às cidades localizadas às margens da rodovia o valor de R$ 2.241.051,36 em Imposto Sobre Serviço (ISS). Entre os municípios beneficiados estão Salvador, Simões Filho, Candeias, São Sebastião do Passé, Santo Amaro, Amélia Rodrigues e Conceição do Jacuípe. Outras 20 cidades também receberam o repasse, que aquece a economia local e gera impacto … Leia Mais




Foi realizada em Simões Filho a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social


A Prefeitura de Simões Filho através da Secretaria do Desenvolvimento Social e da Cidadania (Sedesc), juntamente com o Conselho Municipal de Assistência Social, realizaram nesta quarta-feira (16) a 11ª Conferência Municipal da Assistência Social.


O evento teve como principal objetivo avaliar a situação social do município e discutir diretrizes que norteiam o trabalho da Assistência Social, com o tema “Garantia de direitos no fortalecimento do SUAS (Sistema Único de Assistência Social)”.

Para a secretária da Sedesc, a Conferência é de extrema importância para que a população e funcionários possam discutir políticas públicas de assistência. “Pretendemos fazer o levantamento de propostas e soluções para que possamos fortalecer o SUAS e nortear nossas ações dentro das necessidades do município”, disse ela.

Quatro eixos foram abordados durante o evento: proteção social não contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais; gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS; acesso às seguranças socioasssitenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais; e a legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioasssistenciais.

O prefeito Diógenes Tolentino, que participou da abertura das discussões classificou o evento como um momento de dialogo, troca de experiências e avaliações. “Com isso, garantimos uma assistência de qualidade para a Boa Gente. A nossa missão hoje foi de consolidar a elaboração um Plano Municipal de Assistência Social que possa atender verdadeiramente a toda população de Simões Filho”, declarou ele.

A historiadora Ana Elisabete Gomes ministrou a palestra e em seguida foram divididos grupos para elaborar as propostas. “Hoje estamos nessa Conferência para juntos fazermos a transformação. Todos nós somos responsáveis pela construção das diretrizes que nortearão as ações de assistência de Simões Filho”, disse Gomes.

Conforme a 1ª Dama, Kátia Oliveira, esse foi um momento oportuno para a construção do Plano Municipal de Assistência Social (PMAS). “É um espaço de caráter participativo e deliberativo onde a sociedade civil, usuários, entidades e trabalhadores se reúnem para propor discutir novas diretrizes para o aprimoramento do sistema”, declara.

O evento contou ainda com a presença do vice-prefeito, Sidney Serra, da presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Maria Conceição, da palestrante e historiadora, Ana Elisabete Gomes, da representante da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento da Bahia, Kátia Rocha, dos servidores do serviço social, dos representantes de Conselhos e Associações, da comunidade em geral, da Orquestra Neojiba e dos vereadores.

Foto: Danilo Canuto


Vereador propõe através de indicação na Câmara que prefeitura resgate animais de rua com criação de canil


O vereador do Distrito de Mapele, Manoel Conceição (Carteiro), apresentou em plenária a indicação de nº 156/2017, que dispõe sobre a criação de um Canil Municipal.

Em sua justificativa, Manoel explicou que a criação de um espaço adequado para abrigar os animais seria de grande serventia para o município, tendo em vista a enorme quantidade de cães que vivem em situação de abandono pelas ruas da cidade.

“Devido a grande quantidade de cães que circulam abandonados pelas ruas da cidade, muitos machucados e doentes, causando medo aos transeuntes. Não só no Centro da cidade, mas também nos diversos bairros, se faz necessária a criação do canil”.

O vereador apontou também que além do desconforto que os cachorros provocam deitados na frente de estabelecimentos comerciais como bares e restaurantes, os animais também causam bastante sujeira, defecando em locais inapropriados e espelhando o lixo nas ruas antes da coleta.

“É uma questão de saúde pública e preservação do Meio Ambiente, já que ao espalhar lixo e sujeira a comunidade fica exposta aos diversos tipos de doenças”, defendeu Carteiro em seu discurso.

O canil deverá contar com uma equipe especializada composta por médicos veterinários e uma carrocinha, que fará o recolhimento dos cães sempre que necessário. O projeto foi aprovado em votação e segue encaminhado para o Executivo municipal.


Em clima de paz, vereadores opinam antecipadamente sobre a votação das contas do ex-prefeito de Simões Filho


Depois da leitura do parecer do Tribunal de Contas do Município em sessão ordinária realizada na última terça-feira (15), alguns vereadores de Simões Filho, em entrevista ao Mapele News, anteciparam suas posições com relação à votação que aprovará ou reprovará as contas do ex-prefeito Eduardo Alencar no exercício de 2015.

Após a leitura, as contas foram encaminhadas para a Comissão Permanente de Finanças da Câmara Municipal, presidida pela vereadora Kátia Oliveira e devem seguir para votação a partir da próxima terça-feira (22), respeitando o prazo de 20 dias.

Acompanhe as declarações de alguns dos edis sobre uma possível decisão acerca do exercício financeiro da Prefeitura de Simões Filho no ano em questão.

“Agora nos resta ler e analisar pra ver o que vai ser decidido”, declarou Manoel Carteiro

“Ainda é cedo pra tomar essa decisão. Nós temos que analisar os fatos pra que a gente chegue a um denominador comum. Eu entendo que é um momento importante para o município, mas a gente não pode se precipitar, porque são contas e a gente tem que ter bastante atenção pra não tomar uma decisão e depois voltar atrás”, disse Boly Boly.

“Eu voto a favor do parecer do Tribunal de Contas”, determinou Deni da Metalúgica.

“Eu quero dizer que a Comissão de Finanças recebeu agora o parecer do Tribunal de Contas, mas iremos analisar, discutir e eu vou deixar vocês na dúvida até a próxima sessão. Agora, o meu voto é um voto muito consciente”, afirmou Everton Paim.

“Nós estamos estudando e avaliando. Eu acho que o retrato está aí, o caos que se encontra a cidade. As escolas, a deficiência que está. Então, é estudar realmente com calma toda a situação, mas o retrato está aí na nossa cidade”, disse Del.

“Eu vou votar pela vontade do povo da minha cidade e a vontade do nosso povo é que essas contas sejam rejeitadas. Eu não posso ser favorável ao parecer do tribunal, porque pra mim não vale nada. O prefeito Eduardo Alencar teve as contas rejeitadas em 2015/2014 e a Câmara aprovou. Então, o parecer do TCM não vale nada, o que vale é como se encontra a nossa cidade hoje e a gente precisa tomar a decisão de rejeitar as contas pelo bem do povo da cidade de Simões Filho”, ressaltou Orlando de Amadeu.

“Eu diria que a gente tem que acompanhar agora a decisão do relator da Comissão de Finanças. Evidentemente nós vamos nos reunir na próxima quinta-feira e na próxima sessão eu irei definitivamente declarar o meu voto. Eu acho que a cruz ainda está meio acirrada, e eu respeito à opinião do meu colega Orlando. Eu acho que esse é o pensamento pra comunidade, pro povo de Simões Filho, mas eu creio que a gente tem que esperar ainda até a semana que vem pra tomar uma decisão definitiva”, avaliou Neco.

“Entendemos que o parecer do TCM é favorável e já está sendo discutido acerca da legitimidade do Tribunal de Contas dos Municípios, onde ele naturalmente será votado a partir do momento que a Comissão de Finanças se reunir, possivelmente na próxima semana pra que ele seja votada no prazo de 20 dias. Nós entendemos que as contas deverão ser vistas tecnicamente e sem sombra de dúvidas nós estaremos voltados para estabelecer uma regra de entendimento técnico e determinar a cerca do seguimento da decisão do TCM”, declarou Sandro Moreira.

“Como é que você tem uma área técnica do Tribunal de Contas que vem com a conta aprovada e você vai ser contra o parecer? Como é que eu vou ser contra o parecer onde eu fui secretário de Saúde da gestão anterior? Eu estaria votando contra aminha pessoa. Então, meu voto é favorável”, enfatizou Dr. Alfredo Assis.

“Ainda não conclui minha análise, estou analisando” disse Eri.

“Está muito claro, porque as contas da gestão passada hoje já estão aprovadas pelo TCM. Por tanto, eu não tenho nada contra e já estou quase decidido. Jamais vou votar contra”, revelou Laércio Valentim.

“Nós vamos sentar com a Comissão de finanças e analisar tecnicamente, porque é uma peça técnica, contábil e financeira. Cabe a gente agora analisar e dar um parecer”, afirmou Canjirana.

“Meu voto já está decidido há meses, porque eu já venho analisando as contas do ex-gestor junto com o pessoal do jurídico. Pra mim, ressalva é irregularidade. Então, meu voto abertamente é para a reprovação das contas, não tem meio termo, apesar de respeitar a decisão do Tribunal”, declarou Elimário Lima.

O vereador Vel preferiu não se manifestar antecipadamente sobre a votação.

As declarações foram recolhidas em parceria com o repórter Valfredo Silva, para o Programa Bahia no Ar, transmitido pela da Rádio Sucesso FM, 93.1. com apresentação do radialista Roque Santos.


Professores da rede municipal de Simões Filho são imunizados contra a gripe


A Prefeitura de Simões Filho, em ação conjunta entre as Secretarias Municipais de Saúde (SMS) e de Educação (Semed) realizaram nesta terça-feira (15), uma ação de vacinação para imunizar todos os professores da rede municipal de ensino contra a gripe.

A vacinação, que foi disponibilizada no pátio da prefeitura durante todo o dia, chamou a atenção dos profissionais da educação com a relação à importância da imunização, especialmente para aqueles que lidam diretamente com as crianças.

De acordo com a SMS, a vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial de Saúde (OMS): A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Ainda de acordo a Secretaria, em algumas pessoas a vacina apresenta reações diversas. As mais comuns são vermelhidão e dor no local de aplicação, que ocorrem nas primeiras 72 horas após a vacinação. Apenas 1% das pessoas vacinadas apresentam episódios de febre após a imunização.


Vereador pede construção de arena esportiva e sugere que jogos da Copa do Mundo sejam realizados em Simões Filho


Em sessão ordinária realizada na noite desta terça-feira (15), na Câmara de Simões Filho, um dos assuntos mais comentados dentro da pauta foi à criação de políticas públicas voltadas para a juventude e o incentivo aos esportes.

Sem deixar passar a oportunidade, o vereador Cleiton Aparecido (Boly Boly), mais uma vez fez o uso da palavra e causou reboliço entre o público presente. De acordo com o vereador, se houvessem investimentos por parte dos poderes públicos, Simões Filho teria condições de sediar um evento de grande magnitude como uma Copa do Mundo ou jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol.

“Eu ainda sonho em ver essa cidade sediar a Copa do Mundo, eu ainda sonho em ver essa cidade sediar o Campeonato Brasileiro. Por que nós podemos pensar em uma Simões Filho pra frente. O que nós não podemos é ver o estádio desta forma e só pensar em reforma”.

Segundo as palavras do vereador, suas colocações foram inspiradas na mesma iniciativa que transformou a antiga Fonte Nova na belíssima Arena que hoje recebe times do mundo inteiro, sem perder pra nenhum estádio de fora.

“A Fonte Nova em pouco tempo foi demolida e jogada no chão pra ser criada aquela Arena maravilhosa, bonita, sensacional. A gente tem que pensar é em uma Simões Filho grande e não pequena”, ressaltou o vereador.

Boly Boly ainda se lembrou do último mundial onde a seleção da Alemanha ficou hospedada em uma rede hoteleira em Porto Seguro, quando na concepção dele, poderia ter ao menos vindo treinar no município.

“Eu fiquei revoltado quando durante a Copa do Mundo a seleção da Alemanha esteve em Salvador e não veio até aqui no nosso estádio porque o estádio não tinha condições. Daqui eles foram pra Porto Seguro. Isso é uma vergonha”, revelou.

Para concluir, o vereador enfatizou que a cidade possui um potencial econômico de grande relevância na Bahia, mas admitiu que “faltam realmente projetos que venham atender os anseios da população”.