Audiência Pública marca “aliança e união” entre representantes de Mapele e Ilha de São João; MP será acionado

Após conflitos que levaram à tona o protagonismo de insatisfação de moradores de diversos bairros de Simões Filho, entre eles, as comunidades de Ilha de São João e Mapele que reivindicam melhorias no transporte e cobram da empresa Expresso Metropolitano respeito e compromisso nos acordos firmados, a Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores, na … Leia Mais




SineBahia de Simões Filho oferece oportunidade de estágio

O SinaBahia de Simões Filho oferece oportunidade de estágio na área de Engenharia de Produção. Requisitos: A partir do 3º semestre; Ambos os sexos. UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os candidatos interessados devem se dirigir ao Sinebahia Simões Filho nesta sexta-feira (12), a partir das 08h, portando carteira de trabalho, currículo atualizado e comprovante de matrícula, situado … Leia Mais


Secretarias de Simões Filho convocam contemplados para assinatura de contrato do Residencial Parque Bela Vista 1 e 2

Atendendo a orientação da Caixa Econômica Federal (CEF), as Secretarias Municipais de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDES) e Habitação (SEHAB) convocam selecionados do Minha Casa Minha Vida (MCMV), Residencial Parque Bela Vista 1 e 2 em Santo Antônio do Rio das Pedras para assinatura de contrato. Pensando em proporcionar maior conforto aos contemplados e agilidade … Leia Mais


Ponto de vista: radialista questiona Joel Cerqueira que reconhece insatisfação da população com a empresa Expresso Metropolitano


O Presidente da Câmara de Vereadores de Simões Filho, Joel Luiz Andrade Cerqueira (PT), ao participar por telefone do programa “Bom dia Simões Filho – FM 89.7”, na manhã desta quarta-feira (10), avaliou como positivo o desfecho da condução das reivindicações da comissão de moradores da Ilha de São João, que em manifestação na última terça-feira (09), na Casa do Povo cobraram uma articulação dos poderes públicos com relação ao retorno do final de linha de ônibus naquela comunidade. Em entrevista, o parlamentar reconheceu a insatisfação dos moradores com a empresa Expressa Metropolitano.

Após Joel Cerqueira suspender a sessão ordinária e ouvir junto com os demais vereadores e um representante da Polícia Militar a insatisfação da comunidade que considerou a intervenção policial excessiva, uma reunião pela tarde na Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA), viabilizou a ordem e o sentimento satisfatório da comissão de moradores.

Entrevistado pelo radialista Jairo Mascarenhas, o Chefe do Legislativo disse que a reunião que contou com as presenças do Diretor da AGERBA, Eduardo Pessoa, do proprietário da Expresso Metropolitano, do prefeito Eduardo Alencar, comissão de vereadores e moradores ficou acordado o retorno do final de Linha, localizado na Copa I. Apesar do suprimento de algumas linhas, Joel Cerqueira revelou que a comissão de moradores saiu satisfeita com o que foi apresentado em reunião.

Avaliando as diversas críticas feitas pela população de Simões Filho que considera os serviços da empresa Expresso Metropolitano como “péssimos e insatisfatórios”, o Presidente da Câmara reconheceu a insatisfação dos moradores do município e criticou a postura da empresa ao apoiar a reivindicação da APAISF – Associação dos Aposentados e Pensionistas de Simões Filho que reivindicam o espaço no centro do ônibus.

Os idosos a partir de 65 anos por terem o serviço gratuito respaldado pela lei; necessitam ter o acesso no centro do ônibus, ao invés, de ficarem na área restrita. Joel Cerqueira confirmou que o Diretor Eduardo Pessoa disponibilizou a normativa para a empresa, porém, a Expresso Metropolitana ainda não acatou o que já está previsto em Lei. “A empresa que não quer respeitar as leis”, pontuou Jairo Mascarenhas que sempre tem dado espaço a população reivindicar e fazer os questionamentos por conta da ineficiência dos serviços da empresa que há mais de 20 anos opera na cidade.

Com relação ao transporte intermunicipal realizado pela empresa Expresso Metropolitano em Mapele, Joel Cerqueira disse que as linhas continuam mantidas, a condução na AGERBA na última terça-feira com todos os atores em negociação, representa a luta das comunidades, mas a Câmara foi solícita e cumpriu com sua obrigação.
Elevador na Câmara

Há três anos sem solução, Joel Cerqueira questionado pelo radialista Jairo Mascarenhas com relação ao projeto de instalação de um elevador na Câmara de Vereadores, uma causa diariamente batida pelas pessoas que precisam ser respeitadas com relação a acessibilidade.

“Estou triste com essa situação. Já houve duas licitações e deram desertas”, revelou ao explicar que nenhuma empresa teria se apresentado para disponibilizar a venda e instalação do equipamento.

De acordo com Joel, é preciso aguardar os prazos e o recurso está alocado na prefeitura, faltando realizar a instalação.

Ao ser questionado novamente por Jairo Mascarenhas, que de forma irônica disse que “tomara que até dezembro essa criança [elevador] nasça”, o Presidente da Câmara culpou a burocracia que existe nos serviços públicos.

“Temos nosso compromisso e vontade, mas a burocracia tem sido um fato que tem atravancado a gestão e nós e as comunidades temos sofrido com isso”, disse.


Após desdobramentos de conflitos por melhorias no transporte, prefeito Eduardo Alencar também se compromete atender comunidade de Mapele


Após insatisfação de moradores no que se refere ao transporte e que gerou conflitos que se desdobraram como polêmicos e discriminatórios entre comunidades vizinhas como Ilha de São João e Mapele que há muito tempo reivindicam melhorias ao acesso para a capital baiana, o desfecho dos últimos protestos e alinhamento entre AGERBA, empresa Expresso Metropolitano, poderes públicos e comissão de moradores da Ilha, nesta última terça-feira (09), foi recebido de forma positiva pela comunidade, mas, não contemplou os problemas enfrentados pela população de Mapele que segundo os moradores; não podem continuar sendo prejudicados, além disso, deveriam receber o mesmo tratamento na solução dos problemas.

Em contato com a equipe de reportagem, moradores da zona rural de Simões Filho relataram que a deficiência e péssima operação da empresa Expresso Metropolitano piorou, após os últimos protestos realizados por moradores da Ilha de São João, inclusive, um dos dias a empresa alterou o roteiro e a Ilha ficou isolada.

O imbróglio provocado pelo conflito vivenciado entre as comunidades, levou o radialista Jairo Mascarenhas, no programa “Bom dia Simões Filho”, desta quarta-feira (10), apoiar a comunidade ao questionar os poderes públicos para que dê o mesmo tratamento que garanta melhores condições dos usuários de transporte em Mapele.

“O mesmo direito tem a comunidade de Mapele até porque somos todos iguais”, questionou o radialista que ainda acrescentou: “Quando o prefeito e os vereadores querem se unir conseguem resolver o problema”.

Com a avaliação que os protestos não deixam de ampliar a questão de cunho político, em vista, das eleições municipais, o radialista, apesar de comemorar o acordo firmado que estabeleceu a ordem na Ilha de São João, também fez críticas ao que considerou como cunho político nos protestos na Ilha de São João.

“Resolve quem tem conhecimento e poder”, minimizou o comunicador. “Tem gente que está querendo colocar a cara na tela para conseguir uns votinhos”, afirmou.

Dando total apoio à comunidade de Mapele, o comunicador pediu o apoio do poder público para a condução e alinhamento para que de fato solucionem as reivindicações da comunidade mapelense.

Ainda de acordo com os moradores, a empresa Expresso Metropolitano não está conseguindo atender satisfatoriamente a comunidade com a retirada de dois ônibus. Atualmente existe somente um ônibus que opera a linha Mapele-Pituba, via BR-324 que chega a ficar com intervalo de 6h, entre as 10h às 16:30h e três veículos na linha Mapele-Campo Grande, via Suburbana.

Uma reunião será marcada com os moradores para definir a questão do transporte.

Em contato com a reportagem, o prefeito Eduardo Alencar se comprometeu que irá se reunir com uma comissão de moradores em Mapele e reafirmou o compromisso de solucionar o problema ao deixar claro que não teve a intenção de prejudicar o acesso para a comunidade, a partir do momento em que contribuiu na solução da reivindicação da Ilha de São João.

 


Encontro reafirma implantação de melhorias na comunidade quilombola Rio dos Macacos


O prefeito Eduardo Alencar e líderes municipais e estaduais se reuniram na manhã desta quarta-feira (10), com a comunidade quilombola Rio dos Macacos para dar continuidade ao diálogo que possibilita a execução de ações para melhorias na localidade.

https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpa1/v/t1.0-9/

De acordo com informações da prefeitura, o encontro com os quilombolas reafirmou a necessidade da implantação de uma unidade de saúde, uma escola, um centro cultural com aulas que estimulem a capacidade comercial, além de solicitarem a aceleração do processo, já em tramitação, que revitalizará a estrada que liga o quilombo ao distrito de Ilha de São João.

A comunidade está localizada em uma área que hoje faz parte da Marinha do Brasil e desde 2015 foram retomadas as negociações entre os governos municipal, estadual e federal para que a Marinha possibilite o acesso das melhorias para os remanescentes.https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/

Estiveram presentes na reunião, membros das secretarias municipais de educação, saúde, desenvolvimento social, cultura, promoção da igualdade racial, serviços públicos, meio ambiente, infraestrutura, agricultura, vigilância sanitária e a Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (SEMPIR), além dos vereadores Jailson e Nivaldo Dórea.


Vale abre programa de estágio 2016


A Vale, mineradora multinacional brasileira, está com seu programa de estágio aberto. São oportunidades para estudantes do Ensino Técnico e Superior, ambos com opção de quatro ou seis horas de jornada. O estágio de nível técnico tem duração máxima de um ano e é destinado para estudantes que estejam cursando do penúltimo ao último ano do Ensino Técnico ou que concluíram a parte teórica.

inscricao-estagio-vale-2016

O estágio de nível superior tem duração máxima de dois anos e é destinado para estudantes que estejam de um até três anos do término da graduação, sem restrição de curso.

As inscrições acontecem ao longo de todo o ano no site e os candidatos serão chamados de acordo com o surgimento de vagas.


Eleição na Grande Salvador é estratégica para 2018


  • Anunciação (PT) e Aleluia (DEM) reconhecem importância da região metropolitana - Foto: Erik Salles l Ag. A TARDE l 12.6.2015 e Xando Pereira l Ag. A TARDE l 21.10.2004

    Anunciação (PT) e Aleluia (DEM) reconhecem importância da região metropolitana

A polarização entre os aliados do governador Rui Costa (PT) e do prefeito ACM Neto (DEM) vai se refletir nas eleições deste ano, além da capital baiana, nos três maiores colégios eleitorais da região metropolitana de Salvador – Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho.

A região é considerada estratégica para a disputa pelo governo do estado em 2018 por contar com cerca de 25% do eleitorado baiano. Juntos, Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho contam  356.200 eleitores e vão marcar a disputa entre os aliados de Rui e os de Neto, que deve ser o principal concorrente do governador em 2018.

Os presidentes estaduais do PT, Everaldo Anunciação, e DEM, deputado federal José Carlos  Aleluia, consideram a RMS estratégica para a eleição a governador. “Além da população, há uma concentração do PIB e formação de opinião”, diz  o petista.

Aleluia desconversa sobre a possibilidade de Neto ser candidato ao governo do estado em 2018, mas reconhece a importância de eleger candidatos do partido e aliados na região. “Ainda se está discutindo, o prefeito nem fala em ser candidato em 2018”, afirma.

O cientista político Joviniano Neto pondera que a eleição de 2018, para governador e deputados, começa com o pleito deste ano. “É o momento de preparar, reforçar e consolidar as bases eleitorais para 2018, de ver quem vai  estar na coligação, quais prefeitos e deputados vão estar com o candidato (ao governo)”, afirma.

A  fato de a RMS ter 25% do eleitorado baiano é um fator destacado por ele para a posição  estratégica e, por isso, alvo da polarização entre as duas principais lideranças políticas do estado.

Municípios

Se na capital baiana o PT abdicou da cabeça da chapa majoritária para apoiar um aliado (a deputada federal Alice Portugal, do PCdoB), nestes três municípios o partido terá candidatos próprios. Já o DEM do prefeito ACM Neto terá candidato em Camaçari (o vereador Antônio Elinaldo) e vai apoiar aliados nos outros dois.

Em Camaçari, a base do governador rachou e terá dois candidatos: o deputado federal e ex-prefeito do município Luiz Caetano (PT) e Jailce Andrade (PCdoB), ex-secretária de Governo da atual gestão. Jailce é correligionária do atual prefeito da cidade, Ademar Delgado, que deixou o PT após romper com Caetano e desistiu de disputar a reeleição por conta dos desgastes provocados pelo rompimento. Jailce conta com o apoio de nove partidos, enquanto Caetano, com oito.

Elinaldo tem como candidato a vice o ex-prefeito José Tude (PMDB), que estudava lançar candidatura própria, mas decidiu apoiar o democrata. Nove partidos apoiam a candidatura do vereador. Francisco irmão (SD) e Nilton César (PSOL) também são candidatos em Camaçari.

Em Lauro de Freitas, o  prefeito Márcio Paiva (PP), que enfrenta forte rejeição, desistiu de tentar a reeleição e vai apoiar o vereador Mateus Reis (PSDB), candidato que conta com 12 partidos ao seu lado, entre eles o DEM de ACM Neto. Mateus Reis, inclusive, prega o discurso de levar para Lauro de Freitas o modelo de gestão utilizado pelo  candidato do DEM  em Salvador.

A candidata petista no município será a deputada federal e ex-prefeita Moema Gramacho, que conta com o apoio de dez partidos, entre eles o PSD do senador Otto Alencar. Outro concorrente será Gustavo Ferraz, pelo PMDB, partido do deputado estadual Bruno Reis, candidato a vice-prefeito na chapa de Neto em Salvador.

Em Simões Filho, uma mudança de última hora confirmou o ex-prefeito Edson Almeida (PT) – conhecido como Irmãozinho -, como candidato apoiado pelo atual gestor do município, Eduardo Alencar (PSD), irmão do senador Otto Alencar. Antes, o nome cogitado era o do vice-prefeito Neco Almeida (PSD), irmão de Edson Almeida.

A mudança se deu pelo fato de os aliados entenderem que Irmãozinho tem maiores condições de derrotar o candidato da oposição, Diógenes Tolentino (PMDB) – conhecido como Dinha na cidade -, que lidera as pesquisas. ACM Neto esteve na convenção que oficializou a candidatura oposicionista em Simões filho, no último dia 30 de julho.

A TARDE l 12.6.2015 e Xando Pereira l Ag. A TARDE