Situação precária de escola estadual preocupa pais e alunos em Simões Filho

Na manhã desta quinta-feira (19), a equipe de reportagem acompanhou de perto a atual situação do Colégio Estadual de Aratu, localizado no bairro CIA I, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O raio-X confirmou as denúncias de dezenas de pais e estudantes que reivindicam melhorias na infraestrutura da Unidade Escolar, que apesar … Leia Mais



Dois casos de violência assustam moradores de Simões Filho

Um homem identificado como Ednilson de Jesus, 36 anos, foi morto a tiros na porta de casa, localizada no bairro Baixa da Jaqueira, no município Simões Filho, Região metropolitana de Salvador, na tarde desta quarta-feira (18). De acordo com informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta de 17h, nas imediações do Colégio 7 … Leia Mais



Lista de aptos ao sorteio do ‘Minha Casa, Minha Vida’ é divulgada

Foi divulgada a lista de pessoas aptas a participar do sorteio do programa do Governo Federal ‘Minha Casa, Minha Vida’, nesta quarta-feira (18), no Centro Social de Simões Filho, localizado na Rua Santa Catarina, no Centro. Logo no início da manhã, uma reunião foi realizada por João Contador, secretário de Habitação, no auditório do Centro … Leia Mais


Governo Estadual irá modernizar transporte ferroviário e comunidades simõesfilhenses poderão ser prejudicadas


O Governo do Estado realizará na próxima sexta-feira (20), uma audiência pública para discutir a Parceria Pública Privada (PPP), para concessão da implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), às 17h30, no Colégio Estadual Almirante Barroso, no bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

eeewewew

A iniciativa que tem caráter consultivo será aberta a pessoas físicas e jurídicas com o objetivo de esclarecer dúvidas e recolher sugestões para o processo licitatório, na modalidade de concorrência pública destinada à seleção da melhor proposta para contrato de PPP.

Contudo, de acordo com informações publicadas pela Secretaria Estadual de Mobilidade Urbana (SEDUR), o novo projeto que contempla o subúrbio ferroviário de Salvador e região, será mantido apenas até o bairro de Paripe, deixando de fora o itinerário que há muitos anos abrange a localidade de Mapele, Aratu e circunvizinhança.

Por essa razão, os movimentos ligados ao VLT “Trem de ferro/Ver de Trem” de comunidades do subúrbio ferroviário de Simões Filho, Mapele e adjacências, estão mobilizando a população para comparecer a audiência, com o intuito de cobrar das autoridades competentes a permanência das linhas nos distritos simõesfilhenses.

Segundo o coordenador do movimento “Ver de Trem” Gilson Vieira, em entrevista ao radialista Jairo Mascarenhas, na Rádio Simões Filho FM 87.9, a SEDUR deverá remover toda a linha a base de concreto com 9 mil metros de trilhos que perpassam  o bairro de Paripe recentemente recuperados, e que possuem durabilidade de até 50 anos. Se avançado por mais 1km, esses trilhos poderão chegar até a Estação São Luiz, localizada na região da Base Naval de Aratu.

“O que queremos insistir é que o governo não nos abandone, já que se comprometeu desde a gestão anterior ligar Salvador a Mapele, Ilha de São João e outros bairros. Quando na verdade hoje o VLT se limita a Paripe”. Afirmou Gilson.

Ainda conforme as palavras de Gilson, para executar o novo projeto VLT, o Governo Estadual terá que adequar uma ponte, construída no ano de 2013, com um custo médio de R$ 60 milhões investidos para atender a solicitação das comunidades que dependem do transporte. Além de outros investimentos que serão descartados.

“Três trens que foram para Minas Gerais em 2008 para serem modernizados, inclusive com ar condicionado, ficaram funcionando por apenas 30 dias em 2013, depois foram abandonados  no pátio da Estação da Calçada. O custo médio de recuperação foi de R$ 8 milhões que poderão ir pro lixo.” Revelou Gilson.

Durante a transmissão do programa “Bom dia Simões Filho” Jairo Mascarenhas colocou que a falta de interesse dos representantes da cidade muitas vezes impedem que a população receba seus benefícios, já que compete ao Executivo e ao Legislativo defender os interesses do povo.

“Ontem eu divulguei que estaria aqui na rádio hoje batendo esse papo com Gilson, e coloquei lá algumas interrogações. Alguma autoridade daqui de Simões Filho está sabendo desta audiência? Alguém irá sexta-feira participar da audiência? Até agora eu não sei.” Concluiu Jairo.

O VLT, que vai substituir o atual Trem do Subúrbio, terá aproximadamente 19 quilômetros de extensão e 21 paradas, ligando a região do Comércio até Paripe, realizando o percurso, de um extremo a outro, em 40 minutos. Um investimento total de R$ 1,5 bilhão, beneficiando mais de 100 mil pessoas por dia.

 


Matrícula da rede estadual de ensino começará na terça-feira (24) em Simões Filho


A partir da próxima terça-feira 24 até o dia 31 de janeiro, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará a matrícula na rede estadual de ensino. Os estudantes que irão mudar de escola e aqueles oriundos das redes municipais de ensino poderão efetivar suas matriculas presencialmente ou pela internet. Para isso, é preciso utilizar o código de matrícula que receberam nas suas escolas de origem ao acessar o Portal da Educação.

Além dos estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino em 2016, também podem fazer a matrícula pela internet estudantes oriundos das redes municipais das seguintes cidades – Itabuna, Nordestina, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Brejões, Camaçari, Catu, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Eunápolis, Feira de Santana, Glória, Gongogi, Ipirá, Itaberaba, Itapetinga, Lamarão, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Madre de Deus, Mundo Novo, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, São José da Vitória, Serrinha, Simões Filho e Vitória da Conquista.

De acordo com o cronograma de matricula disponibilizado pela Secretaria da Educação, o primeiro dia (24) será direcionado ao estudante da rede estadual de ensino nas seguintes situações: mudar de escola porque a atual não oferece a série subseqüente, não renovou a matrícula no período determinado ou mudou de domicílio.

Para a matrícula é preciso apresentar: original do histórico escolar ou atestado de escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar; original e cópia da certidão de registro civil ou da carteira de identidade (RG); original e cópia do CPF, original e cópia legível, com data recente do comprovante de residência.

O ano letivo terá início no dia 6 de fevereiro. Mais informações podem ser acessadas no Portal da Educação.


Trabalhadores simõesfilhenses que nasceram em janeiro a partir de quinta-feira (19) poderão sacar o PIS


De acordo com informações do Ministério do Trabalho, o trabalhador que nasceu entre os meses de janeiro e fevereiro, poderão a partir desta quinta-feira (19), sacar o abono salarial do PIS/PASEP referente ao ano base de 2015, conforme estabelecido através de calendário nacional.

ddddd

Poderão receber o benefício quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano de 2015, e teve remuneração média de até dois salários mínimos. Também é imprescindível possuir o Cartão do Cidadão, que pode ser adquirido em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Um outro critério para recebimento do abono é que o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e a empresa onde ele trabalha deve ter informado seus dados corretamente na Relação Anual de Informação Social (RAIS).

Os benefícios podem ser retirados em caixas eletrônicos e casas lotéricas, desde que o trabalhador esteja portando o Cartão Cidadão com a senha de acesso, e deverão ser sacados até o dia 30 de junho de 2017.

 


Rui autoriza construção de policlínicas em Simões Filho e Alagoinhas


A construção de mais duas policlínicas – uma na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que será implantada em Simões Filho, e outra na região de Alagoinhas – foi autorizada pelo governador Rui Costa nestas segunda (16) e terça-feira (17), respectivamente.

hghghg

Os novos equipamentos devem atender mais de 1,7 milhão de baianos de 33 municípios baianos. Atualmente, quatro policlínicas regionais de saúde estão em construção e com obras aceleradas em Jequié, Teixeira de Freitas, Irecê e Guanambi. As policlínicas são resultado da formação de consórcios de saúde.

“Estamos construindo um novo marco da saúde pública na Bahia, pensada, planejada e executada de forma coletiva, por cada região, garantindo qualidade de atendimento e rapidez a um custo mais baixo para os municípios”, defendeu Rui. Segundo ele, até o ano que vem mais de cinco milhões de baianos já estarão sendo atendidos em policlínicas regionais.

A unidade em Simões Filho atenderá a 15 municípios da RMS, com exceção da capital, e será construída em um terreno na via marginal à BR-324. Já a policlínica em Alagoinhas abrangerá 18 municípios (cerca de 553,4 mil habitantes) e será erguida em um terreno atrás da Câmara de Vereadores.

BN


Simões Filho: Secretário de Habitação deverá divulgar lista de dossiês aprovados no Minha Casa Minha Vida


De acordo com o secretário de Habitação de Simões Filho, João Augusto Ribeiro Leal, em entrevista concedida na manhã desta terça-feira (17), ao Radialista Jairo Mascarenhas, na Radio Simões Filho FM 87.9, a Caixa Econômica Federal deverá divulgar a lista dos dossiês que já foram aprovados no Programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida (MCMV) e ainda não foram contemplados.

d0824fdd61

Segundo João, uma lista com milhares de nomes aprovados pela instituição financeira será divulgada nesta quarta-feira (18), na Secretaria de  Habitação do município.

“Todos os dossiês que foram encaminhados para Caixa e que foram aprovados, nós vamos está disponibilizando na secretaria amanhã, quarta-feira, para que as pessoas tenham acesso a essa lista e saber se seu nome está lá ou não. Caso o nome esteja na lista, vamos dentro das prioridades previstas na Lei fazer um processo de seleção para encaminhar a caixa para o sorteio”, declarou.

Em uma entrevista anterior, João já havia informado que existe um resíduo de 130 apartamentos para um total de 3 mil dossiês aprovados que participarão do sorteio. A Secretaria ainda não determinou um prazo para a entrega dos últimos empreendimentos.