Simões Filho: Cadastramento para entrega do peixe será realizado neste sábado (08), confira onde


A prefeitura de Simões Filho, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social,  da Mulher e da cidadania (SEDES) realizará a tradicional entrega do peixe para a Semana Santa.

A doação do pescado será feita para os munícipes que possuem inscrição no Programa Bolsa Família. As pessoas inscritas no Cadastro Único do Município, bem como os idosos e as pessoas com necessidades especiais também tem direito ao peixe.

Para receber a doação, os beneficiários precisarão comparecer em um dos postos comunitários, de acordo com a programação da SEDESC, a partir das 08h da manhã, deste sábado (08).

Confira os postos de cadastramento:

Nas Escolas Municipais,

POSTO

BAIRRO

CENTRO COMUNITÁRIO NOSSA ESPERANÇA

 

PITANGA DE PALMARES
CENTRO COMUNITÁRIO NOSSA IRMÃ DULCE

 

SANTA ROSA / CONVEL / DAMBE / EUCALIPTO
ESCOLA CLERISTON ANDRADE

 

LOTEAMENTO SÃO MIGUEL / KM 30
CRECHE ESCOLA TOMAZ BELTRÃO

 

PARQUE CONTINENTAL / KM 25 / TIRO SEGURO
ESCOLA E CRECHE MARIA SENHORINHA DE OLIVEIRA

 

CIA II / VIDA NOVA
ESCOLA HUGO BALTAZAR

 

KM 25 / TIRO SEGURO
ESCOLA MUNICIPAL CASTELO BRANCO

 

MAPELE / COTEGIPE / SANTA LUZIA
ESCOLA MUNICIPAL CASTRO ALVES

 

COVA DA GIA / LOBÃO/ PITANGUINHA
ESCOLA MUNICIPAL ENOCK PIMENTEL TOURINHO

 

ILHA DE SÃO JOÃO / ARATU
ESCOLA MUNICIPAL GILDO PIANA

 

GÓES CALMOM
ESCOLA MUNICIPAL MARIA QUITÉRIA

 

CRISTO REI / JARDIM RENATÃO / ENGENHO NOVO / ESTRADA DE CANDEIAS / LOTEAMENTO LUIZ EDUARDO
ESCOLA MUNICIPAL SETE DE NOVEMBRO

 

BAIXA DA JAQUEIRA / PONTO PARADA
ESCOLA MUNICIPAL UNIÃO BAHIA

 

SIMÕES FILHO I
ESCOLA PROFESSORA ANTONIA GONÇALVES DE SOUZA

 

PALMARES
ESCOLA PROFESSOR HILDERICO PINHEIRO

 

SANTO ANTÔNIO RIO DAS PEDRAS
ESCOLA VEREADOR JOÃO DE OLIVEIRA CAMPOS

 

CIA I
SORVETERIA COMUNITÁRIA DE SIMÕES FILHO

 

COROA DA LAGOA


Esgoto a céu aberto; usuários denunciam mau cheiro em rodoviária de Simões Filho


Um morador de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, chamou a atenção das autoridades locais sobre a situação caótica que se encontra o terminal rodoviário do município nos últimos dias. Além da falta de manutenção em toda a estrutura física, agora um terrível mau cheiro toma conta das instalações.

De acordo com a informação, o problema é eminente de uma tubulação de esgoto que estourou há alguns dias, mas até agora nenhuma solução foi apresentada. Resta saber a quem compete à resolução da questão: se a prefeitura ou a Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa).

 De acordo com o morador, uma equipe da prefeitura já havia feito obras de pintura e desobstrução da “boca de lobo” que em tão pouco tempo voltou a entupir, causando o desconforto daqueles que costumam frequentar o local.

Há muito anos a população vem apelando para que alguma providencia seja tomada no sentido de viabilizar a reforma do local, tornando-o ao menos  transitável, o que hoje tem sido impossível, já que ratos, baratas e outros invasores têm dominado os espaços urbanos.

“As pessoas estão sofrendo muito lá. Até pra fazer um lanche no local à pessoa tem que pensar duas vezes, porque o mau cheiro e a sujeira são terríveis”, disse o morador.

Em janeiro de 2016 foi assinada pela prefeitura uma Ordem de Serviço para retomada dos trabalhos do viaduto, localizado na BR-324 – rodovia Eng° Vasco Filho, que inclusive contemplaria a revitalização da rodoviária. O projeto incluía a revitalização nos acessos do bairro Ponto de Parada e todo o entorno da nova rodoviária de Simões Filho.

Ainda não se sabe como a gestão do atual prefeito Diógenes Tolentino pretende redefinir as intervenções no terminal rodoviário, nem mesmo se esse projeto faz parte do seu plano de governo, no entanto, a demanda é antiga e a população clama pra que ela seja atendida.


Comerciante de Simões Filho morre 77 dias após ser baleado em assalto


O comerciante Adroaldo Souza dos Santos, 42, morreu, na noite desta quinta-feira (06), quase três meses após ter sido baleado em um assalto ao seu estabelecimento comercial, um ponto de venda de caldo de cana, localizado no Centro de Simões Filho, no dia 20 de janeiro. Ele estava internado no Hospital Geral do Estado (HGE) e faleceu por volta das 19 horas.

De acordo com as informações obtidas pelo Fala Simões Filho, “Aldo do Caldo de Cana”, como era conhecido, contraiu uma resistente bactéria, ainda na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que teria provocado a falência múltipla dos órgãos.

Entenda o caso

O comerciante “Aldo do Caldo de Cana” foi baleado ao sofrer tentativa de assalto, no final da manhã do dia 20 de janeiro de 2017, no Centro de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com as primeiras informações enviadas ao Fala Simões Filho, ele estava no ponto de venda de caldo de cana , na Praça Noêmia Meireles Ramos (Praça da Bandeira), quando foi abordado por um assaltante, próximo a Barbearia Stilus. O elemento subtraiu uma certa quantia em dinheiro e tentou, em seguida, roubar a motocicleta do comerciante. Ainda conforme relatos de testemunhas, Aldo teria resistido à ação criminosa. O bandido atirou duas vezes contra ele, que foi atingido na cabeça.

Aldo foi socorrido por populares e encaminhado para o Hospital Municipal de Simões Filho. No mesmo dia foi transferido para o Hospital Geral do Estado, em Salvador.


Simões Filho: Família apela por Regulação do Estado e transferência com urgência para hospital de Salvador


Os familiares da paciente Valdinéia Maria dos Santos, de 73 anos, que está internada desde a manhã da última segunda-feira (03), no Hospital Municipal de Simões Filho resolveram usar os microfones da Rádio Sucesso FM, para fazerem uma séria reclamação.

De acordo com a filha da idosa, desde que deu entrada na unidade de saúde, após ter sido encontrada inconsciente, dona Valdinéia aguarda a Central de Regulação do Estado apresentar uma vaga para que a paciente realize um exame neurológico de grande porte, a fim de diagnosticar a situação real do seu quadro de saúde.

Embora esteja recebendo todo o suporte necessário para a manutenção de sua vida enquanto permanece internada, a filha de dona Valdinéia diz temer uma piora no estado de saúde de sua mãe, uma vez que, não haja previsão da transferência.

“Até agora não teve retorno nenhum, o pessoal está se empenhando, mas nada. O quadro de funcionários está fazendo o que pode aí, com medicação, exames, tudo que pode ser feito aqui no hospital está sendo feito, mas eles não podem fazer além do que são capazes”, disse ela.

Segundo um amigo da família, a situação de dona Valdinéia é apenas mais uma entre os tantos pacientes que sofrem todos os dias para serem regulados. Conforme colocado pelo rapaz, a questão envolve falta de gestão e compromisso com os munícipes simõesfilhenses.

“As pessoas que são reguladas aqui em Simões Filho infelizmente às vezes vem a óbito porque não existe aquele empenho do Estado com relação ao povo de Simões Filho. Eu acho que é falta de governo, falta de interesse do governo, que não vem atender as necessidades da regulação do povo daqui”, reclamou.

Ainda segundo ele a equipe da Secretaria Municipal da Saúde está bastante sensibilizada com a situação da idosa, mas até agora também está à mercê de uma atenção especial do Estado.

 “Todo mundo que pôde se mover na Secretaria de Saúde se moveu em prol do beneficio dela. Os médicos, os técnicos, todo mundo que pode fazer alguma coisa está ajudando, agora é só depender do Estado mesmo, porque aqui não dá pra fazer mais nada além do que já está sendo feito”, revelou.

Dona Valdinéia precisa ser acolhida numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o mais rápido possível, com acompanhamento de um neurocirurgião.

 


Violência: 2 homens são baleados em bairros diferentes em Simões Filho


Um homem identificado como Emerson Santos Lima, de 25 anos, foi baleado na noite desta quarta-feira (05), nas imediações do bairro Luiz Eduardo Magalhães, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com informações estava circulando nas redes sociais a noticia de que o jovem estaria morto, no entanto Emerson foi socorrido com vida para o Hospital Municipal de Simões Filho, onde permanece internado aguardando regulação para outra unidade da capital baiana.

O caso foi registrado pela 22ª Companhia Independente de Polícia Militar, que ainda não sabe o que teria motivado o crime

 Outra ocorrência foi registrada nesta quarta (05), o jovem Rafael Gonzaga Pessoa, de 19 anos, morador do bairro Simões filho I, teria sido baleado na região do abdômen  enquanto transitava nas proximidades da  Rua 22, quadra 17.

Após os disparos Rafael também teria sido socorrido para Hospital Municipal da cidade, onde recebeu os primeiros socorros, mas em seguida o rapaz teria sumido da unidade, sem retornar pra casa. Até o momento não se tem informações do paradeiro do rapaz.