Pais de alunos dormem em fila para garantir matrícula em Simões Filho

Para garantir a matrícula escolar na educação infantil da rede municipal de ensino, pais e mães de alunos estão dormindo em filas formadas na porta do Centro Educacional Santo Antônio (CESA), mais conhecido como Irmã Dulce em Simões Filho, desde a última semana. O Colégio Santo Antonio há alguns anos tem sido considerado referência no … Leia Mais


Em encontro com gestores escolares, prefeito anuncia antecipação do pagamento da folha de janeiro

Gestores das escolas da Rede Municipal de Ensino participaram, nesta sexta-feira (20), de um encontro com o prefeito Diógenes Tolentino (Dinha) e com a Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento foi uma forma de integração entre os educadores com a nova gestão. Os gestores também receberam orientações sobre os procedimentos administrativos, pedagógicos e financeiros. … Leia Mais


Simões Filho: Jhainan Raimundo prova inocência e é liberado da prisão

Jhainan Raimundo França dos Santos, de 21 anos, que foi preso na noite do último sábado (14), acusado de tacar fogo em um ônibus da COOTTASF – Cooperativa de Transporte de Simões Filho, conseguiu provar sua inocência e foi liberado da prisão na tarde desta sexta-feira (20). Jhainan ficou preso por sete dias na delegacia de Simões … Leia Mais


Ano letivo da rede municipal inicia-se dia 6 de março em Simões Filho


Logo após o encontro com os gestores das unidades educacionais, na manhã desta sexta-feira (20), o prefeito Diógenes Tolentino (Dinha) foi até à Câmara de Vereadores, onde participou da Assembleia Geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia em Simões Filho (APLB).

unnamed

A entidade representativa da classe aprovou, por unanimidade, o calendário escolar para o ano letivo. Conforme decisão, o retorno das aulas terá início no próximo dia 6 de março. O último dia de aulas de 2017 está marcado para o dia 22 de dezembro. “A validação do calendário escolar nos dará tempo para realizar as manutenções necessárias das unidades de ensino”, afirmou o prefeito.

Nos dias 2 e 3 de março, os educadores e gestores das escolas do Município participam da Jornada Pedagógica, encontro que tem o objetivo de definir e planejar as ações que serão colocadas em prática ao longo do ano letivo.

Fonte: Ascom


Simões Filho: Sem coleta, acúmulo de lixo nos residenciais Ipitanga e Alvorada continua


Parece não haver solução para a falta de coleta de lixo nos residenciais Alvorada e Ipitanga, do Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida, ambos localizados no bairro Simões Filho I e recém-inaugurados em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

16176595_1394629603904194_1681983253_n

Alguns moradores novamente entraram em contato com a reportagem do “Mapele News” para pedirem que a situação seja urgentemente resolvida, já que o acúmulo de lixo pode desencadear possíveis vetores e gerar doenças.  Esse transtorno já havia ocorrido na primeira semana do ano.

De acordo com moradores dos empreendimentos, o lixo voltou a tomar conta do local reservado para o descarte e se espalha pelas quadras do condomínio, gerando mau cheiro e uma aparência terrível.

Um morador que preferiu não se identificar fez duras críticas a atual gestão municipal, a qual atribuiu falta de responsabilidade com o bem estar das comunidades periféricas de Simões Filho.

15965327_827607384044854_3762534100600178690_n

“O prefeito só está se queixando dos problemas, dizendo que é problema da gestão passada, mas não resolve nada, ele foi eleito pra que? Ficar pousando em foto, ele é gestor ou ator? Queremos providencia. Isso aqui está uma vergonha, já se passaram dias desde a última coleta, se demorar mais um pouco, o lixo estará no meu apartamento, entrando em casa.” Ressaltou o morador.

 A Prefeitura de Simões Filho prometeu criar um aplicativo, em que o morador, através do aparelho celular poderá monitorar o horário da coleta, evitando colocar o lixo muito antes do previsto para que os animais não consigam espalhá-lo, mas o que vimos até agora não condiz com essa expectativa


Violência: comerciante é baleado em Simões Filho após tentativa de assalto


Um comerciante de Simões Filho, conhecido popularmente como “Aldo do Caldo de Cana” foi baleado na manhã desta sexta-feira (20), após sofrer uma tentativa de assalto, no Centro da cidade.

unnamed (12)
Foto: Simões Filho Online

De acordo com testemunhas, Aldo foi abordado por dois homens enquanto estacionava sua motocicleta na Praça Noêmia Meireles, onde funciona seu comercio, e após ter dado voz de assalto, os meliantes efetuaram vários disparos contra o rapaz.

Ainda não foi confirmado se o comerciante teria reagido ao assalto, o que poderia ter motivado a tentativa de homicídio.

Após os disparos, Aldo foi socorrido por populares até o Hospital Municipal de Simões Filho, e em seguida transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), no entanto, não há informações sobre o atual estado de saúde da vítima.


Secretaria de Saúde recebe visita de pesquisadores da Fiocruz


A Secretaria Municipal de Saúde recebeu na manhã desta quinta-feira (19), a visita de pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para propor a implantação do 15º Centro de Estudo da Dengue do Brasil no município.

unnamed (12)

O projeto passará por votação no Conselho Municipal de Saúde e sendo aprovado, Simões Filho será a única cidade da Bahia a sediar o Centro de Estudos. A Doutora Betânia Lessa, Secretária de Saúde, recebeu a Dra. Beatriz Thomé, gerente de pesquisa e desenvolvimento clínico do Instituto Butantã, o Prof. Manoel Barral e a Dra. Viviane Boaventura.

A Fiocruz é referência nacional no campo da ciência e tecnologia em saúde, ressaltando seu modelo de planejamento e gestão, bem como destacando as principais características dos programas institucionais de pesquisa e desenvolvimento tecnológico; ensino; produção; serviços de assistência; informação e comunicação; e desenvolvimento institucional.


Prefeito Diógenes Tolentino reclama das dificuldades e anuncia situação caótica no município. E agora prefeito?


Desde que assumiu a gestão do município de Simões Filho (Região Metropolitana de Salvador) no dia 1 de janeiro do ano vigente, o Prefeito Diógenes Tolentino tem tentado tomar providências para organizar a cidade que, segundo o próprio, está em um estado caótico.

dinha-demiteg

Embora esteja na sexta posição entre as principais economias da Bahia, o município não tem conseguido honrar com pagamentos dos serviços mais relevantes para a população, como é o caso da emergência hospitalar, e das unidades básicas de saúde.

De acordo com as palavras do mandatário, a situação da atual gestão é tão grave que nem o controle dos orçamentos pendentes, a administração conseguiu contabilizar por falta de informações.

“Sinceramente, não imaginávamos encontrar uma situação tão grave como nós encontramos. Estamos tentando colocar tudo em ordem, mas, por falta de informações, de documentos, estamos tendo dificuldades até para iniciarmos o nosso orçamento. Ainda não recebemos a contabilidade, não sabemos o que temos de restos a pagar”, lamentou o prefeito,

Para quitar os vencimentos dos servidores referentes ao mês de dezembro de 2016, Dinha decidiu suspender o pagamento dos prestadores de serviços da prefeitura e por esta razão, hoje corre o risco de ficar sem o direito de oferecer a população, o suprimento das necessidades básicas como segurança, saúde, educação, transporte, Infraestrutura entre outros.

O prefeito também apontou para o atual estado de abandono da sede do Poder Público Municipal e de toda a estrutura administrativa, atribuindo a responsabilidade à gestão anterior. Segundo o prefeito, a situação é bastante delicada.

“O prédio da prefeitura está totalmente sucateado, faltam equipamentos, os veículos estão sucateados, nem uma pá sequer encontramos, para se ter uma idéia da grave situação”, informou o prefeito.

O prefeito ainda chamou a atenção para as dívidas deixadas em longo prazo, que é de quase R$ 300 milhões. Em curto prazo, podem chegar a 30 milhões de reais, e esse valor ainda pode subir porque segundo ele, aguarda informações do grupo cessante.

A grande questão é que, o eleitor simõesfilhense confiou a Diógenes Tolentino o poder de gerir a cidade e de consertar aquilo que anteriormente não havia sido feito. Embora o atual gestor tenha exatos 19 dias de governo, a expectativa do povo é que a ordem na cidade seja estabelecida e não mais atribuída a quem não poderá contribuir com o futuro da população.

Contudo, Dinha voltou a conclamar o apoio da população durante este período em que a nova gestão se debruçará para arrumar a casa.

“Nós estamos trabalhando, mas é importante que o povo de Simões Filho tenha paciência, porque não podemos mudar as coisas da noite para o dia. Estamos implantando um novo modelo de gestão. Uma gestão ordenada, com eficácia, transparência e uma política de progresso que a nossa cidade tanto necessita”, garantiu.