Simões Filho: Domingo é dia de Feira no Guerreiro

Neste domingo (28), os moradores da cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador contarão com a Feira do Guerreiro. No local a população terá a disposição frutas, verduras, carne verde, temperos, comidas típicas, além do artesanato produzido por artesãos do município. Desde a retomada da feira em julho deste ano, no local cedido … Leia Mais



Simões Filho sediará Campeonato Baiano de Karatê

A cidade de Simões Filho sediará neste domingo (28), no Ginásio Municipal de Esportes, localizado na Av. Elmo Serejo Farias – CIA 2, a partir das 08h, o Campeonato Baiano de Karatê–Dô no estilo Shotokan. O campeonato está dividido por categorias: Mirim e Master, e é coordenado pelo professor Marcos Menezes, faixa preta, sétimo Dan … Leia Mais


SEPLAN realiza audiência para elaboração da LOA

A Secretaria de Planejamento de Simões Filho, realizou na manhã desta quinta-feira (25), na Câmara Municipal de Vereadores, a primeira Audiência Pública para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2017. É através da Lei Orçamentária Anual que o município define as prioridades contidas no Plano Plurianual (PPA), programa a receita e fixa as despesas, … Leia Mais


Mapa da Violência 2016 aponta: Simões Filho não é a cidade mais violenta do Brasil


Na última quarta-feira (24), foi divulgado pela imprensa de todo o país, o Mapa da Violência 2016, resultado da pesquisa do professor e sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, diretor de pesquisa do Instituto Sangari e coordenador da Área de Estudos sobre Violência da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO).

O pesquisador detalha os homicídios cometidos por armas de fogo no país, além de apresentar a relação dos 150 municípios com mais de 10mil habitantes, com maiores taxas médias de ocorrências no período de 2012 a 2014.

Em primeiro lugar no ranking, está o município de Mata de São João, na Bahia, seguido de Murici e Satuba, em Alagoas. A pesquisa aponta a queda de Simões Filho, que aparece em oitava colocação.

Na última semana, a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP) divulgou através do portal do Programa Pacto Pela Vida, o balanço comparativo sobre os registros de criminalidade da Região Integrada de Segurança Pública (RISP) e Simões Filho foi apontada com redução de 42,9% comparada ao mesmo período do ano passado.

Esses dados são reflexos do trabalho realizado em conjunto pelos órgãos públicos: Prefeitura, Rondesp, Polícia Civil e Militar, além da população simõesfilhense, principal parceira no combate ao delito.

Para conferir na íntegra o Mapa da Violência 2016, acesse: http://www.mapadaviolencia.org.br/pd…/Mapa2016_armas_web.pdf


Luto em Simões Filho: Vítima de acidente na BR 324, o jovem “Índio” morre aos 28 anos após passar 10 dias na UTI


O jovem simõesfilhense, Tarcisio Ala Bomfim, conhecido como ‘Índio’, de 28 anos, morreu por volta das 22h, desta quarta-feira (24), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio, na capital baiana, depois de permanecer por 10 dias internado. Ele é vítima de um acidente de moto, que aconteceu na tarde do dia 14 de agosto, na BR 324.12509760_843834425742424_2825818478138973076_n

Apesar dos cuidados adotados pela unidade de saúde e adesão de uma grande multidão que pelos laços de amor, solidariedade e mobilização estiveram na Unidade de Saúde para doação de sangue, além de Índio ter apresentado um quadro estável, ele veio a falecer na última noite, após uma cirurgia na perna direita.

A notícia deixa triste a população de Simões Filho e Região Metropolitana de Salvador (RMS), que nos últimos dias intensificava a Campanha “Acorda TARCÍSIO”, mas a dor do luto não deixa que palavras de conforto, força e o pensamento da vontade soberana que esteve com o jovem todos esses dias na UTI se eternizem pelas mensagens que amigos sensibilizados destinam à família de Tarcisio Ala Bomfim.

O tio do jovem, Marivaldo que também é mototaxista na cidade, em contato com a reportagem do ‘Mapele News’, agradece a colaboração de todos que se uniram e doaram sangue; demonstração de amor e que a família jamais irá esquecer. Os últimos dias de Índio, as orações, o carinho, o amor, a solidariedade foram maiores e estiveram presentes para ele que lutou como um guerreiro, mas que neste momento se encontra nos braços daquele que o criou e que cicatrizará os corações de todos enlutados pela lacuna deixada por seu recolhimento.

A psicóloga e tia do jovem, Edna Oliveira Cordeiro, pelas redes sociais fez um comunicado. “Obrigada a todos que oraram e nos ajudaram. O nosso Tarcisio partiu”. “Nenhum palavra poderá aplacar a dor que vocês estão sentindo, mas uma coisa é certa, mesmo sem entendermos, Deus fez o melhor”, disse uma amiga ao confortá-la. “Que tristeza, menino bom estará com papai do céu”, acrescentou outra amiga da psicóloga.

Por volta das 14:30h sairá um ônibus em frente à Igreja Católica da Pitanguinha Nova para levar as pessoas que desejam ir ao sepultamento. O corpo de Tarcisio Ala Bomfim será encaminhado direto para o Cemitério São Miguel, localizado no bairro Ponto de Parada e de acordo com o tio do jovem, o sepultamento está previsto para às 15h desta quinta-feira (25).


Reunião com povos de terreiros alinha ações para o ato cívico de 7 de Setembro em Simões Filho


A Secretária de Promoção da Igualdade Racial de Simões Filho, Bernadete Pacífico realizou na manhã da última terça-feira (23), uma reunião com representantes dos povos de terreiros de Simões Filho para alinhar informações referentes às ações desenvolvidas pelos grupos e sobre a representatividade no ato cívico, 7 de setembro.         O encontro aconteceu na sede da secretaria.

De acordo com informações da prefeitura, a reunião permitiu estabelecer critérios para a participação no desfile, além, da oportunidade dos representantes, realizaram o cadastramento de cada terreiro junto à secretaria, no intuito de estreitar as relações e garantir o diálogo entre a gestão municipal e as comunidades.

Para realizar o cadastramento é preciso que o representante legal do terreiro compareça na sede da secretaria, localizada na Av. Ruy Barbosa – Centro, de segunda à quinta-feira, das 08h às 17h e sexta-feira das 08h às 13h.


Simões Filho: Em fase de conclusão, Plano Local de Habitação visa possibilitar moradias para a demanda de 30 mil pessoas


Com a expectativa de entrega de todos os empreendimentos do programa ‘Minha Casa Minha Vida’, até o mês de outubro, projetos alternativos que visam atender a demanda de cerca de 30 mil pessoas que ainda necessitam de moradia, já está sendo viabilizado por meio da Secretaria Municipal de Habitação de Simões Filho que está em fase de conclusão do ‘Plano Local de Habitação de Interesse Social’.

De acordo com o Secretário Vergílio Daltro, Simões Filho é a primeira cidade baiana a aderir o Plano Estadual de Habitação de Interesse Social e o projeto local define o levantamento sobre a necessidade da demanda para que os recursos do Ministério das Cidades possam ser viabilizados.

Conforme o levantamento que contou com o apoio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Companhia do Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER), além de outros parceiros do município, 47 pontos de ocupações desordenadas foram identificadas na cidade.

Secretário de Habitação de Simões Filho, Vergílio Daltro

“Identificamos nessas áreas pessoas que necessitam do poder público. A remoção de pessoas que estavam também em áreas desordenadas e em estado precário de moradia para os empreendimentos do ‘Minha Casa Minha Vida’, melhorou muito a situação de calamidade no município”, avaliou o gestor que acrescentou que com a viabilidade do projeto alternativo para atender a demanda existente na cidade, através, da determinação do prefeito Eduardo Alencar e a conclusão do plano, os esforços projetados com a definição das áreas, será atingir a demanda de moradias.

“O prefeito tem cobrado a Caixa Econômica Federal com relação ao ‘Minha Casa Minha Vida’, mas não iremos ficar presos a esse programa. O Plano Local de Habitação de Interesse Social está sendo articulado para conseguirmos o benefício do município de Simões Filho para atender o povo”, revelou Daltro.

O secretário Vergílio Daltro em entrevista para a equipe de reportagem na manha desta quarta-feira (24) pediu que a população simõesfilhense se mobilizasse no sentido de identificar, ou seja, propor outras áreas, onde podem ser atingidas com o Plano Local que está em fase de conclusão.

“É hora dos moradores e líderes das comunidades procurarem o prefeito para que ele nos determine as vistorias e possamos ir ao local e tenho certeza que soma muito para o plano, porque precisamos atender a população carente”, incentivou o secretário de Habitação.


Creche Escola celebra dia do folclore com atividades lúdicas e culturais em Simões Filho


Data marcada por várias comemorações em todo o território brasileiro, o dia do Folclore, na última segunda-feira (22), não ficou esquecido em Simões Filho. O registro da importante data cultural, marcou a festividade pelos estudantes da Creche Escola Frei Arnold Stoc, no bairro do CIA 1 e nesta quarta-feira (24), realizaram a conclusão da semana do folclore.

Entre as atividades que marcaram a data cultural, apresentações sobre tradições culturais, crenças, costumes, danças, canções e lendas dos indivíduos, resgataram em mais um ano a força da cultura folclórica brasileira.

De acordo com a gestora da Creche, Jeane Kátia, o momento contribui para fortalecer as relações de amizades entre os alunos, além de integrá-los à festividade cultura.

“Aproximar os alunos do folclore brasileiro é possibilitar um mundo de aprendizado, incentivando à leitura, escrita e criatividade, sem falar no exercício da capacidade da execução de atividades em grupo”, avaliou.

Em 1965, o Congresso Nacional Brasileiro oficializou o dia 22 de agosto como a data destinada à comemoração do folclore brasileiro, como uma forma de valorizar as histórias e personagens do folclore do país.

Entre as apresentações na Creche estiveram: o boi bumba, recital de poesias, peças teatrais sobre as lendas como a Iara, Saci Pererê, Curupira, além das músicas e comidas típicas.