Adolescente infrator é encontrado morto dentro da Case em Simões Filho

Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto dentro da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) em Simões Filho na manhã desta quinta-feira (14). O corpo do jovem foi localizado por socioeducadores na Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case/CIA). Ele estava cumprindo medida socioeducativa por conta de um ato infracional cometido no interior da Bahia. … Leia Mais



Visita técnica é realizada para implantar campus integrado em Simões Filho

O Secretário de Educação de Simões Filho, Jorge Salles participou na última quarta-feira (13), da visita técnica para implantação do Campus Integrado de Educação Básica no município. Na oportunidade estiveram presentes técnicos da Secretaria do Estado e da Uneb. Segundo o assessor de Articulação da Educação Superior com a Educação Básica da Secretaria Estadual, Robson … Leia Mais


Homem escorrega e despenca de “bica”de 20 metros em Simões Filho

Ainda sem identidade revelada, um homem sofreu uma queda de aproximadamente 20 metros de altura de uma bica, próxima à Avenida Elmo Serejo Farias, na manhã desta quinta-feira (14), em Simões Filho. Conforme relatos de testemunhas, o homem despencou de um ponto que liga a uma valeta e teria caído em um córrego dentro de … Leia Mais


Câmara de Simões Filho vota aumento de cadeiras nesta sexta-feira (15)


Já está na pauta da próxima Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Simões Filho, que será realizada nesta sexta-feira (15), a apresentação, apreciação e votação (em única discussão), o Projeto de Decreto Legislativo de nº 002/2016, que fixa em 19 o número de vagas na Casa para representação a ser eleita em 2016. A sessão foi convocada pelo Presidente do Legislativo Municipal, Joel Cerqueira (PT). O projeto é de autoria da Mesa Diretora.

De acordo com vereadores que defendem o projeto, o aumento não interferirá no duodécimo feito pela prefeitura. Além da Lei Orgânica do município que determina que a Casa do Povo deve ser composta por até 19 vereadores.


Prefeito de Cruz das Almas lamenta morte de mulher em tiroteio em Simões Filho


O prefeito de Cruz das Almas, Ednaldo Ribeiro, lamentou a morte de Celma Senna, atingida por disparos de arma de fogo durante uma troca de tiros entre policiais e suspeitos de roubo a banco na BR-324, em Simões Filho, na noite desta quarta-feira (13).

A vítima retornava para casa em um carro da secretaria de saúde de Cruz das Almas, depois de uma consulta médica em Salvador. O prefeito usou seu perfil no Facebook para relatar o caso. “Neste momento de profunda dor, quero registrar meus sentimentos a todos os familiares e amigos de Celma”, disse.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o corpo da mulher será periciado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). Contudo, a secretaria divulgou outro nome, Maria de Fátima Ricardo Senna, para identificar a vítima. A polícia apreendeu com a quadrilha explosivos, um fuzil calibre 762, uma submetralhadora, uma pistola calibre 40, munição, além de três veículos.

Armas apreendidas durante tiroteio (Foto: Divulgalção | Secretaria de Segurança Pública)


Simões Filho: Mulher morre vítima de bala perdida quando voltava de hemodiálise


Ela retornava de Salvador junto com a filha de 16 anos após exames médicos

Uma das quatro vítimas fatais do tiroteio entre policiais e criminosos na BR-324, em Simões Filho na noite desta quarta-feira (13), morava em Cruz das Almas. Celma Senna residia na comunidade da Sapucaia.

A informação é do prefeito da cidade, Ednaldo Ribeiro (PMDB), que lamentou a situação em seu perfil no Facebook. “Neste momento de profunda dor, quero registrar meus sentimentos a todos os familiares e amigos de Celma. Que Deus possa ser o refúgio e a força nesse momento tão triste para todos nós”, disse o prefeito.

Celma Senna estava em um Pálio que pertence à prefeitura de Cruz das Almas, quando iniciou o tiroteio entre policias e bandidos. Em meio ao fogo cruzado e o barulho provocado pelos tiros, o motorista de prenome André, chegou a pedir oração através do aplicativo WathasApp.

Um dos disparos acabou atingindo Celma Senna que voltava da hemodiálise. A vítima chegou a se socorrida para o Hospital de Simões Filho, mas, não resistiu aos ferimentos provocado por arma de grosso calibre.


Cavalos soltos em ruas de bairros de Simões Filho preocupam moradores “A cidade está mais para zona rural”


Diariamente a população questiona e denuncia a intensificação de animais, principalmente cavalos soltos nas ruas. Como se não bastasse às intensas reclamações nos bairros periféricos que colocam os moradores em estado de “revolta” pela falta de celeridade nas soluções, nesta quarta-feira (13), a voz do povo mais uma vez contou com a caixa de ressonância da rádio Simões Filho 87,9. O radialista chamou os ‘poderes públicos’ à responsabilidade e questionou o que “eles estão fazendo” se são bem pagos para atender as expectativas da população.

Nos últimos dias, o problema ganhou força e moradores estão preocupados por dividir as ruas e espaços públicos com os animais. A falta de ordem, além de soluções praticáveis para resolver o problema, segundo o radialista Jairo Mascarenhas; têm colocado o município, o 6º mais rico da Bahia, na vexatória imagem de que “Simões Filho está mais para zona rural do que cidade”.

“Vamos pra roça? – onde é a roça? – Simões Filho”, sem papas na língua ironizou o comunicador que sem delongas criticou os “fiscais do povo [vereadores]”. “Cadê os fiscais do povo que recebem muito bem e não estão vendo isso? – ou será que estão fazendo de conta que está tudo bem?”, questionou Jairo Mascarenhas.

Ampliando as denúncias da população e com o olhar da observação de que “quando é preciso falar o que está errado para promover melhorias na cidade”, Jairo Mascarenhas não se intimidou e cobrou soluções. A situação vêm provocando perigo no trânsito, além dos animais espalharem lixo pelas ruas.

“Uma verdadeira cavalada. São muitos cavalos soltos, cadê a prefeitura, a vigilância sanitária e a SESP”, interrogou o radialista.

O desabafo no programa ‘Bom dia Simões Filho’, estendeu as reclamações de diversos moradores dos bairros periféricos que foram representados nesta manhã pelas ondas do rádio.

http://visualnewsnoticias.com.br/wp-content/uploads/2015/07/
Radialista Jairo Mascarenhas no comando do ‘Bom dia Simões Filho pela FM 87,9

“Ainda tem os cachorros, as ruas cheias de cachorros, inclusive, algumas pessoas já foram mordidas por esses animais. Imagine como está em Pitanguinha, Ilha de São João, Góes Calmon, Mapele, a cidade de Simões Filho está mais para uma zona rural”, acrescentou.

“Com cavalos soltos pelas ruas, os problemas são inúmeros, pois os animais rasgam lixo, emporcalham as ruas com fezes, atrapalham o trânsito, cadê esse povo [poderes públicos] o que estão fazendo”, clamou o radialista cobrando respostas.

Os moradores dizem está cada vez mais complicado o problema devido à ausência de um controle e falta de estrutura do município para recolher os animais ou responsabilizar seus donos.

Outra questão destacada é o ‘apagão’ na região da Praça do CIA I, próxima à Caixa Econômica durante a noite.

A equipe de reportagem entrou em contato com o Secretário de Serviços Públicos, Danilo que informou que serão tomadas ações imediatas, inclusive com a apreensão de animais e também a questão da iluminação pública e ficou de enviar um relatório sobre essas ações.


Simões Filho: Alunos ocupam colégio em protesto contra sucateamento e atraso de salários de funcionários


Alunos dos colégios estaduais de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador realizam nos últimos dias protestos cobrando melhorias na educação, a questão da falta de estrutura nas escolas, demissão e atrasos de salários de funcionários terceirizados. Na manhã desta quarta-feira (13), os estudantes ocuparam o Colégio Estadual Polivalente de Aratu, localizado no bairro César Borges, próximo ao CIA II e realizam um protesto na tentativa de chamar a atenção dos poderes públicos e da Secretaria Estadual de Educação. A previsão é que a ocupação aconteça até sexta-feira (15), além de caminhadas pela cidade.

https://scontent-grt2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/

“Enquanto os alunos ocuparem o colégio; não entra professores nem diretores”, afirmaram os estudantes.

De acordo com Albert, representante da União municipal dos estudantes de Simões Filho (UMESF), a luta é pelos direitos dos alunos e funcionários. “Estamos passando nos colégios para ver a situação e ao chegarmos aqui no Polivalente ficamos sabendo de funcionários que foram demitidos e estão em aviso prévio e outros que desde março não recebem salários”, revelou o estudante.

Ainda de acordo com o estudante é inadmissível a questão de funcionários demitidos “continuarem trabalhar” e questionou de onde vem à motivação, principalmente em um momento de crise em que as pessoas mais necessitam de recursos para sobreviverem.

https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xtf1/v/t1.0-9/

Semelhante às diversas instituições de ensino da rede pública estadual da cidade, apesar da responsabilidade do estado, a intenção é chamar a atenção e o apoio da rede municipal de ensino, sobretudo, por esses estudantes e famílias pagarem impostos e terem o direito a uma boa educação.

Conforme desabafo de um aluno, para a equipe de reportagem do “Mapele News” que esteve no colégio, a questão mais drástica é a falta de estrutura. “Os banheiros estão sem portas e sem iluminação, não temos refeitórios e tudo isso agride muitos nós estudantes”, declarou.

Segundo Anderson Almeida, representante do grêmio estudantil, a “situação não tem mais tamanho com a atual e péssima estrutura do colégio”.  Os estudantes pedem a intervenção dos poderes públicos no sentido da adoção de medidas contra tudo o que está ocorrendo com a educação do estado e do município.