Simões Filho: Após limite do suportável, parceria entre sociedade civil e Segurança Pública promovem I Fórum de Debates sobre a violência

Quando a população se une e se mobiliza em parceria com os órgãos da segurança pública, principalmente, no que se refere em ver os profissionais da área, como grandes aliados para a diminuição dos índices de violência e definem ferramentas comunitárias para também minimizar o limite do suportável, isso pode apontar o começo de uma … Leia Mais



Campanha ‘A Luz dos Olhos Dela” arrecada R$ 20 mil para cirurgia na visão de jovem de Simões Filho

O programa de rádio ‘Bom Dia Simões Filho’, na FM 87.9, apresentado pelo radialista Jairo Mascarenhas, destacou na manhã desta quinta-feira (27), o caso da estudante universitária e moradora do município que necessita com urgência fazer uma cirurgia, após ser diagnosticada com uma doença chamada ‘ceratocone’. O programa levou a professora de educação básica e … Leia Mais


‘Aedes Aegypti – Simões Filho’: Documentário de jovens simõesfilhenses alerta sobre os perigos das doenças endêmicas


Questionamentos e formas de como se defender das doenças endêmicas, como a  Dengue, Chikungunya e Zika, cuja transmissão de um pequeno inseto, o Aedes aegypti é capaz de infectar a todos rapidamente num segmento demográfico da população humana ou uma área geográfica, é tema de um audiovisual – “tecnologia empregada para o registro, tratamento e exibição de som e imagem sincronizados”, produzido por seis jovens simõesfilhenses.

14708301_1128998050510962_4872960877296073365_n

No documentário “Aedes Aegypti – Simões Filho”, disponibilizado em um canal do Youtube, a população poderá conhecer breves relatos de pessoas que responderam a equipe de produção do documentário e que mostra a extrema necessidade de conscientização em torno do tema sobre o papel de toda à sociedade para a prevenção e o controle do mosquito.

Resultado de imagem para documentário aedes aegypti

Com produção do jovem Wagner Santos, 19 anos, ex-aluno do Colégio Estadual Reitor Miguel Calmon, localizado no bairro do Ponto Parada, a ficha técnica ainda elencam mais cinco jovens estudantes da Unidade Escolar. O vídeo mostra ainda diversos pontos da cidade de Simões Filho e locais com possíveis criadouros.

De acordo com o audiovisual, a produção contabilizou cerca de 5.000 casos dos três tipos de doenças cujo vetor provoca em período de tempos, uma onda assustadora na cidade.

Os criadouros podem existir em qualquer lugar, basta o Aedes aegypti encontrar condições propícias à procriação. É preciso que a população se acostume a observar acúmulo de água nas plantas, nos vasinhos e pratinhos de flores ou em ralos.

Resultado de imagem para documentário aedes aegypti

A intenção é que a recente produção seja uma ferramenta para que,  através, do audiovisual, a conscientização possa começar dentro das escolas com a disseminação do documentário produzido pelos jovens simõesfilhenses.

Wagner Santos, 19 anos, produtor do documentário

“Fizemos esse trabalho porque gostamos de produzir e aproveitamos a situação para colocar tudo em pratica”, afirmou o produtor Wagner Santos que ainda se dedicou as funções de roteiro, fotografia e Montagem.

O breve documentário “Aedes Aegypti – Simões Filho” tem cerca de 6 minutos e além do produtor, integram na composição da ficha técnica jovens na faixa de 16 a 19 anos. O trabalho desenvolvido por Wagner Santos, Sabrina Aquino, Emile Lorena, Emerson Souza, Adrielle Almeida e Catarina Avelino como iniciativa totalmente positiva tem o cunho de conscientizar e levar a mensagem educativa para cada pessoa sobre a necessidade de eliminar os criadouros para que assim se promova bem-estar e mais qualidade de vida.

O contato com informações sobre o mosquito transmissor e os vírus envolvidos na doença, pode alterar, positivamente, a probabilidade de cada cidadão agir de forma mais eficaz no combate ao Aedes Aegypti.

Confira a ficha técnica do documentário:

Direção, Produção, Roteiro, Fotografia, realização e Montagem: Wagner Santos

Narração: Sabrina Aquino

Repórter: Emile Lorena

Produção Executiva e Roteiro: Emerson Souza

Auxiliar de produção: Adrielle Almeida

Assistente de produção: Catarina Avelino.

Assista o filme:


Caminhão com 1,5 toneladas de carne sendo transportada de forma irregular é apreendido em Simões Filho


Cerca de 1,5 tonelada de carne foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na manhã desta quarta-feira (26), por estar sendo transportada de forma irregular, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O flagrante aconteceu por volta das 10h30, no KM 604 da BR 324. O caminhão que transportava a carne de forma irregular foi parado para fiscalização e dentro do seu compartimento os policiais encontraram um carga com 1.570 kg de carne bovina.

De acordo com as informações, a PRF constatou que as condições de acondicionamento e transporte do produto não estavam adequadas. Imediatamente foi feito contato com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), que foi até o local e confirmou que a carne estava sendo transportada em desacordo com a legislação.

O material apreendido foi encaminhado à ADAB, para que  medidas necessárias para o caso sejam adotadas.


Desabamento de galpão provoca morte de funcionário em Simões Filho


O desabamento de um galpão na cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), deixou um homem morto, na tarde desta quarta-feira (26). Segundo informações da Central de Polícia, o acidente ocorreu por volta das 15h, na Avenida Elmo Serejo Farias, no Cia 1.

14708096_1128904893853611_7522210827497125686_n
Foto: Reprodução Whatsaap

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o desabamento foi provocado por uma batida de um caminhão na estrutura do galpão. Com o impacto, a construção veio abaixo. A Superintendência de Telecomunicações (Stelecom), informou que duas vítimas ainda não identificadas, estavam no local na hora do desabamento e uma delas não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo os bombeiros, a vítima seria funcionário da empresa que funciona no local. Ele morreu na hora.

O corpo do homem, que ainda não foi identificado, foi resgatado pelos militares e já estaria à disposição do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Além dos bombeiros, a Polícia Militar e equipes do Samu foram até o local.


Centenas de católicos celebraram ‘Dia Nacional da Juventude’ em Simões Filho


A sexta edição do Crisjovem [3] atraiu jovens de toda diocese de Camaçari para uma grande encontro. O ginásio do IFBA Simões Filho se transformou neste domingo (23) num grande cenáculo de alegria, fé e amor, cerca de 1500 jovens participaram.

O encontro foi animado pelo Ministério Apologéticos e teve no momento inicial o acolhimento das cinco foranias da diocese, sendo representados pelos embaixadores do Crisjovem que levaram cada um cruz, marcando assim um caminho percorrido entre os movimentos, pastorais, paróquias que se unem como Setor Juventude para celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ).

Durante a missa o bispo Diocesano Dom João Carlos Petrini lançou uma proposta de vida nova e cheia de significado aos jovens, mostrando como uma vida próxima daqueles que seguem a Jesus pode proporcionar o crescimento pessoal ,_ “O nosso coração sempre deseja mais e mais. Ou se encontra o caminho ou desistimos. Existe quem responda a esses desejos mais profundos do coração: É JESUS, eu encontrei e você pode encontra-lo, a partir desse encontro vem um processo de mudança, pois a misericórdia não é um sentimento de Deus, é o seu rosto que quer coincidir com nosso rosto, por isso o Papa Francisco disse que a
misericórdia tem o rosto de jovem”_ , afirmou.

Um dos momentos mais esperados e mais marcantes do Crisjovem foi a Adoração ao Santíssimo Sacramento, tempo sublime onde em meio a toda a agitação que o encontro proporciona foi sendo substituído por um clima de harmonia e silêncio. Os jovens foram convidados a se aproximarem do altar e fazer essa experiência de deixar-se conduzir por Deus, por acolher a sua misericórdia. Numa única voz também louvaram e adoraram a Deus através das canções.

Este ano a novidade foram os embaixadores e o programa de auditório “Bem Aventurados”, uma especie de bate-papo onde jovens testemunharam sobre a experiencia vivida nas edições anteriores do Crisjovem, a cada intervalo teve também a participação de um DJ que animou todos os presentes, ainda no programa representantes de algumas comunidades e pastoral de rua puderam apresentar um pouco do trabalho desenvolvido. Ao longo do dia ainda foram realizados momentos de dança, apresentações teatrais e um palco alternativo na área externa da quadra embalou a juventude durante o intervalo da programação.

*Camaçari Notícias


Polícia identifica corpo de médico encontrado em Simões Filho


O corpo do médico Luiz Carlos Correia Oliveira, 62 anos, foi encontrado na Via Parafuso, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. O anúncio foi feito pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesta terça-feira (25/10). Segundo a pasta, a identificação foi realizada por meio de comparação feita com os exames odontológicos.

Luiz Carlos estava desaparecido desde o dia 2 de outubro. O pedido para a remoção do corpo, abandonado próximo ao local onde o veículo do médico foi encontrado, partiu da 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho), no dia 14 de outubro, data em que chegou ao Instituto Médico Legal (IML).

Desde então, o corpo foi preparado para receber a perícia, iniciada na última sexta-feira (21/10) e concluída na manhã desta terça (25/10).  O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Ainda segundo a SSP, o Departamento de Antropologia Forense ainda confecciona outros laudos para revelar a causa da morte. De acordo com o diretor do Instituto Médico Legal (IML), o perito médico Mário Câmara, a identificação via arcada dentária é tão segura quanto a de DNA ou pela datiloscopia (por meio das digitais).

O CASO

Luiz Carlos Correia Oliveira, 62 anos, saiu de casa no dia da eleição. Ele foi visto pela última vez saindo em seu carro, um Polo prata (OKS-8999) no condomínio onde mora, no bairro de Piatã, em Salvador.

Segundo informações do irmão de Luiz Carlos, os filhos do médico perceberam que o pai demorou para voltar pra casa. Tentaram entrar em contato com ele por meio de ligações telefônicas, mas o celular está desligado. “Ligamos e cai na caixa postal”, diz.

Fonte: Aratu Online