Grupo de Teatro da PM encanta estudantes simõesfilhenses com apresentação sobre combate ao uso de drogas

Um grupo de alunos de escolas públicas municipais e estaduais de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) teve a oportunidade de assistir ao espetáculo teatral “Labirinto”, apresentado pelo Grupo de Teatro da PMBA, comandado pelo Capitão Elton Santana, em atividade realizada nesta sexta-feira (14). A apresentação integra uma das ações do Projeto de … Leia Mais



APMI promove reunião entre os coordenadores de todos os setores do Hospital Municipal de Simões Filho

Na tarde da última terça-feira (11), o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), reuniu todos os coordenadores responsáveis pelos setores de Urgência e Emergência, Enfermaria, Farmácia, Faturamento, Núcleo Epidemiológico, Lavanderia, Serviço Social, CCIH, SAME, Higienização, Nutrição e Assessoria de Comunicação. A reunião aconteceu no sentido de alinhar informações e promover a integração entre as lideranças, … Leia Mais



Câmara suspende expediente por falta d’água e presidente culpa governo do estado; “Simões Filho não merece isso”


Após baixar uma portaria determinando que a Câmara Municipal de Simões Filho passasse a funcionar em horário de turnão, das 08h às 13h e na semana passada tenha voltado atrás na decisão restabelecendo o horário normal de atendimento das 08 às 17, desta vez o presidente da Casa Legislativa, Genivaldo Lima suspendeu o expediente interno por falta de água.

Em entrevista ao repórter Valfredo Silva, no início da tarde desta quarta-feira (12) Genivaldo comentou sobre o problema e atribuiu ao governador Rui Costa a responsabilidade sobre a falta d’água na cidade.

“É inédito isso na cidade de Simões Filho. Não sei por que vem acontecendo coisas estranhas na nossa cidade. Estão acontecendo coisas estranhas no hospital com essa questão da regulação e agora falta d’água. Devo lembrar que quem controla a água no município e na Bahia é o estado e eu quero saber se agora o estado vai fazer isso, trancar a água também do povo de Simões Filho”, indagou ele.

Para Lima, tudo isso não passa de perseguição política e se caso tiver realmente acontecendo, é preciso que o governador se lembre da votação expressiva que teve no município nas eleições passadas.

“Se isso tiver ocorrendo, governador o senhor está trabalhando da forma errada. Não se paga com dor quem lhe deu amor. Uma vez que, o povo dessa cidade na última eleição votou em massa no senhor. Faça isso não governador. O povo de Simões Filho não merece isso”, disse ele.

Ainda segundo o edil, como parlamentar a única coisa que ele pode fazer é realmente cobrar do estado que tome alguma providência. Fora isso, segundo ele o município não detém nenhuma autonomia no que se refere ao abastecimento.

“A gente só pode cobrar, porque quem detém o poder e a força sobre a Embasa é o governo do estado, então, nós não podemos fazer nada além disso. Então, vamos cobrar mais uma vez a esse grupo que está aí governando nossa Bahia e deixando o povo até sem água”, comentou.

Lima completou informando que foi encomendado um Carro Pipa para abastecer a Câmara nos próximos dias. Contudo, revelou que “imagine como é a situação da cidade. Se a Câmara está assim, quem dirá os bairros e as pessoas sem água”. “Eu acho que isso não deve acontecer”, finalizou ele.

 


Vereadores repudiam mortes de munícipes por falta de regulação e pedem ao governo para assumir o HMSF


Depois de pelo menos três mortes confirmadas de pacientes por falta de regulação em Simões Filho em menos de 24horas, o assunto voltou a ganhar força na pauta da sessão desta terça-feira (11) entre os vereadores.

 O presidente da Casa Legislativa, Genivaldo Lima usou a palavra franqueada para comentar o problema e questionar o governo do estado. “Eu acho triste essa questão de manusear a vida do ser humano. Eu não entendo porque nos últimos vinte dias a dificuldade de regulação em nosso município aumentou demais. Não se consegue mais regular. Por quê? O que está acontecendo? Estão brincando com a vida das pessoas? Agora imagine a dificuldade, as pessoas tentam regular seus parentes, seus entes queridos e não estão achando vagas”, disse ele.

Para Lima, o governo está agindo contra a constituição, que assegura o direito a saúde para todo cidadão.  “O estado basicamente deveria assegurar, é um dever do estado assegurar a saúde, educação e a segurança do ser humano. Isso está lá na Constituição. É um dever. Mas, o que está se fazendo? Tentando culpar o município pelo desmando que está acontecendo. Tentar justificar que é nosso município que está sendo incompetente em sua administração. Não, não estamos sendo incompetentes, porque se o estado fizesse a parte dele, nós estaríamos salvando muitas vidas”.

Antes de concluir sua fala, o vereador resolveu fazer um apelo direto a Rui Costa, pedindo que o gestor esqueça a política neste momento e aja como ser humano, preocupado em salvar vidas, independente de eleição.

“Governador, se o senhor estiver me ouvido eu faço um apelo a vossa excelência, esqueça a política, seja o ser humano. Conheço o senhor desde o tempo do polo petroquímico. O senhor é ser humano, olhe para nossa cidade como ser humano e não como político. Esqueça essas vozes que estão dizendo ao senhor para fazer essas maldades com o nosso povo. O senhor não está prejudicando Dinha, Genivaldo Lima ou Jajai, o senhor está prejudicando o nosso povo que votou no senhor em massa na última eleição. Nós não merecemos senhor governador”, completou Lima.

O vereador Jailson Soares aproveitou a situação para contar um fato vivido por ele recentemente que, segundo o edil, ficou engasgado em sua garganta e não poderia passar desapercebido.

“Aqui em Simões Filho está acontecendo uma politicagem contra o governo Dinha, isso é fato. Eu tenho uma cabo eleitoral, amiga minha, que não está mais comigo porque um amigo do governador conseguiu transferir o pai dela pela regulação e eu não consegui. Ela hoje nem fala mais comigo, porque ela acha que eu poderia ter resolvido e não fiz. É isso que eles querem, que as pessoas devam favor a político. É a coisa mais errada do mundo e eu estou engasgado com isso. Ela hoje diz que deve favor a ele e nenhuma satisfação a mim, mas tudo bem”, revelou  Jajai.

Jailson enfatizou que é por isso que a cidade tem que eleger um deputado simõesfilhense, para que o governo e a Secretaria de Saúde do estado respeitem o município.

Em contra partida, o vereador Neco disse que acha interessante que os vereadores se unam para encaminhar um ofício ao governador com a assinatura de todos solicitando uma audiência pública, porque somente falar não vai gerar resultados. Ele também comentou sobre a questão da prioridade para pacientes com menos idade.

“Eles dizem que as pessoas que tem maioridade não têm prioridade, então se eu for para a regulação eu sou o primeiro a morrer, porque eu sou velho, não vão conseguir me salvar. Eu acho que a gente tem que acabar com isso de velho e novo. Todo mundo é gente, é ser humano. Então eu já estou na fila da morte se seu for para a UTI. Já estou até tremendo”, ironizou Neco.

Já o vereador Aldailton apresentou uma lista de cidades da Região Metropolitana que possuem um ou mais hospitais estaduais pedindo novamente que o Hospital Municipal seja estadualizado e chamou a atenção dizendo que “o governo do estado não respeita esta cidade e o que povo quer é somente respeito e não tapinhas nas costas”.

 


“Simões Filho está nos trilhos”, diz Orlando de Amadeu e detona Eduardo Alencar


O vereador e futuro presidente da Câmara Municipal de Simões Filho, Orlando de Amadeu voltou a fazer polêmica envolvendo o nome do ex-prefeito Eduardo Alencar, durante a sessão desta terça-feira (11).

Após a indicação do vereador e líder da oposição, Sandro Moreira que requer ao Poder Executivo a criação do Centro de Formação Profissional de Simões Filho, Orlando pediu a fala para parabenizar a iniciativa do nobre colega e também reafirmar o compromisso do prefeito Dinha em profissionalizar os jovens munícipes.

“Quero parabenizar o vereador Sandro Moreira pela indicação. Ela chega em um momento em que o prefeito Dinha já vem desde o início do seu mandato reconstruindo essa cidade e nós vamos colocar essa cidade no trilho”, disse ele.

De acordo com o edial, nas gestões passadas não houve a preocupação em especializar a mão de obra local e por isso a demanda de desemprego só crescia a cada dia e ainda hoje essa realidade se reflete.

“Realmente essa cidade já esteve fora do trilho, mas hoje, há um ano, 8 meses e 11 dias, essa cidade se encontra melhor. Eu quero dizer que existia uma cultura na gestão passada, durante 8 anos, que o gestor não se preocupava em investir em cursos profissionalizantes para os nossos jovens e para o povo da nossa cidade. Então, foi um descaso muito grande que hoje nós estamos vendo a necessidade que nós temos por ter ainda muitas pessoas sem sua formação”.

Segundo Orlando, durante anos as empresas instaladas no município não se importaram em priorizar os profissionais locais, mas o prefeito Dinha tem feito todo o esforço para mudar essa história.

“Graças a Deus o prefeito Dinha está quebrando este tabu, está provando que Simões Filho têm profissionais, só que algumas empresas estão mal acostumadas a não empregar o povo dessa cidade e ainda fica dando esta desculpa que Simões Filho não tem profissionais. Uma banana para essas empresas! Simões Filho têm profissionais sim e têm muitos profissionais. Agora, essa política que foi usada durante 8 anos que prejudicou o nosso povo”.

O vereador acusou o ex-prefeito Eduardo Alencar de trazer funcionários do interior baiano como de Castro Alves e Ruy Barbosa, que é sua cidade natal para ocupar as vagas dos simõesfilhenses.

“A cultura que foi aplicada nesta cidade, quando tinha obras, que foram poucas para 24 anos de governo, ele trazia pessoas de outra cidade. Imagine, trazia pedreiro, carpinteiro, ajudante de outras cidades, sabe de onde? Trazia de Ruy Barbosa, trazia os profissionais de Ruy Barbosa e de Castro Alves para trabalhar aqui e deixar o povo de Simões Filho desempregado. Isso nós não queremos nunca mais, que forasteiro venha para nossa cidade prejudicar o nosso povo”, completou.

Orlando finalizou dizendo que “Dinha está acabando com essa política rasteira que foi aplicada na nossa cidade durante anos e vai profissionalizar nossos jovens gerando emprego”, concluiu.

 


Secretário de Meio Ambiente de Simões Filho, Elias Melo pede exoneração do cargo


Antes de completar os primeiros dois anos de sua administração, o prefeito de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) Diógenes Tolentino (MDB) sofreu uma baixa importante em sua equipe de governo.

Nessa terça-feira (11) o secretário municipal de Meio Ambiente, Elias Melo que é presidente do partido Solidariedade (SD) no município, pediu exoneração do cargo. Ele alegou “motivos pessoais” para se afastar de sua função. Informações de bastidores, no entanto, dão conta de que ele encontrava alguns entraves na pasta e enfrentava problemas administrativos.

“Infelizmente nós estamos nos afastando da secretaria por vários motivos. No momento certo a gente vai esclarecer a toda sociedade de Simões Filho o real motivo. Não é nada pessoal, eu estou tranquilo”, disse Elias em entrevista ao radialista Roque Santos.

De acordo com o secretário, durante os quase dois anos que esteve a frente da pasta ele se empenhou o máximo que pode para contribuir com a pasta, no entanto alguns problemas administrativos realmente o impedira de progredir.

“Eu sempre fui um secretário discreto e sempre achei que o prefeito deveria aparecer em todos os processos e assim fizemos, eu acho que cumprindo sempre de forma honrosa a missão que nos foi dada. Mas não foi nenhum problema pessoal, nem político, é uma questão administrativa”, comentou ele.

Ainda segundo Elias, é normal que a administração passe por alguns problemas, no entanto, no caso da pasta  de  Meio Ambiente, em sua concepção, faltou boa vontade por parte da gestão.

“Toda secretaria tem problemas, mas não foi por falta de apoio moral, mas por falta de apoio material. Faltaram os recursos que a sociedade precisa para que a gente tivesse um retorno para a cidade avançar. Faltou um pouco de boa vontade da gestão como um todo”, declarou ele.

Segundo Melo, a decisão ainda não foi oficializada porque ele tem tido muita dificuldade em falar com prefeito e até agora também não foi procurado pelo alcaide para tratar sobre o assunto, contudo, está redigindo a carta de exoneração que deverá ser encaminhada ao Executivo nesta quarta-feira (12).


Em lágrimas, prefeito agradece homenagem e declara honra de trabalhar ao lado de servidores como Ceará; “Pessoas simples”


 Em uma homenagem organizada às escondidas, o prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino foi surpreendido por amigos, funcionários e parlamentares na manhã desta segunda-feira (10), na sede da prefeitura.

A celebração marcou a passagem de aniversário de 52 anos de Dinha, no último sábado (08) quando a equipe da assessoria de comunicação, juntamente com vereadores, funcionários da Secretaria de Governo e demais servidores se juntaram para realizar a surpresa.

Na oportunidade, além do tradicional parabéns, foi cantada a canção evangélica “Aleluia”, que deixou o alcaide bastante emocionado. Depois de ouvir alguns depoimentos, inclusive do vice-prefeito Sid, Dinha também utilizou a palavra para agradecer o carinho de todos.

Em sua fala, Dinha declarou que tem o prazer em trabalhar ao lado de pessoas simples, mas que fazem o seu melhor em prol do desenvolvimento da cidade e com um abraço ao funcionário e amigo Ceará, o prefeito chorou dizendo que assim como ele, se sente honrando em ter do seu lado pessoas humildes e trabalhadoras.

“Pessoas como Ceará e outras pessoas são simples, mas têm futuro. Agradeço a Deus por ter me dado a oportunidade de trabalhar com pessoas humildes, mas que fazem sempre o seu melhor”.

Ao final da homenagem o alcaide ainda utilizou as redes sociais para estender os seus agradecimentos individualmente a todos que te desejaram felicitações e fizeram do seu aniversário um momento de alegria e muita felicidade.

“Meu coração está até agora palpitando de tanta alegria e emoção. Hoje, fui recepcionado na prefeitura por amigos e servidores com uma linda homenagem em referência a passagem do meu aniversário, que aconteceu no último dia 08. Obrigado, meus amigos, por todo carinho e que Deus possa continuar a nos abençoar grandiosamente. E quero dizer, que o meu maior presente é continuar sonhando junto com vocês e juntos seguirmos para a construção de uma #NovaSimõesFilho. Na oportunidade, também quero agradecer individualmente a cada pessoa, que através das minhas redes sociais me felicitaram e fizeram o meu dia ainda mais feliz. Mais uma vez, gratidão”, disse ele.

Também estiveram presentes na comemoração o Tenente Bastos, assessor de comunicação da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar, (CIPM) e alguns veículos de comunicação local.