Prefeito Dinha volta a culpar gestão passada por obras ainda não realizadas e diz que já pagou mais de 3 milhões em rescisões

Durante entrevista na manhã desta terça-feira (17), o prefeito de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Diógenes Tolentino voltou a atribuir a culpa de obras ainda não realizadas pelo seu governo, à gestão passada. De acordo com Dinha, em janeiro de 2017 quando assumiu, ele precisou quitar diversas dívidas herdadas pelo ex-prefeito Eduardo … Leia Mais





BA-VI na política: Tudo pronto para o jogo do ano; Kátia é escolhida pelo grupo de Dinha para a partida contra Eduardo Alencar

Depois de muitas especulações, um longo período de incertezas e mistério, finalmente, na noite desta quinta-feira (12) o prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino concretizou o nome da sua esposa e primeira-dama Kátia Oliveira como pré-candidata do seu grupo político ao cargo de deputada estadual, representando o município. Apesar do nome da primeira-dama está há … Leia Mais


Vazamento e grande desperdício deixam moradores sem água nos distritos de Cotegipe e Santa Luzia


Um enorme vazamento no sistema que distribui água para os distritos de Cotegipe e Santa Luzia, na zona rural do município de Simões Filho (RMS) deixou os moradores das comunidades em uma situação complicada.


O vídeo gravado por um morador mostra que um dos tubos por onde a água passa não está suportando a pressão e por isso o vazamento acabou se tornando inevitável. Além do grande desperdício, a comunidade tem sofrido, tendo que carregar água todos os dias.

No vídeo, o morador ainda revela as más condições da bomba que puxa a água da barragem para distribuir entre os bairros, já que na zona rural, a maioria das comunidades ainda não possui o serviço de água encanada pela Embasa.

A responsabilidade da manutenção da bomba e do sistema de distribuição de águas em Cotegipe é da prefeitura e por isso o morador pede que os vereadores tomem alguma providência.

Assista ao vídeo:

https://www.facebook.com/viviane.reis.370177/videos/869673173233049/


Moradores de Pitanga de Palmares vivem em meio ao lixo na Rua Jota Simões; “Eu não vejo melhoria aqui em nada”


Os moradores da Rua Jota Simões, localizada no distrito de Pitanga de Palmares, zona rural do município de Simões Filho relatam as dificuldades enfrentadas pela comunidade, em meio ao lixo e falta de saneamento básico.

Em entrevista a TV Fala Simões Filho, alguns munícipes denunciaram a falta de regularidade do serviço prestado pela empresa Jotagê, responsável pela limpeza urbana na cidade, que tem prejudicado e muito a população.

“O lixo já é de muito tempo que se joga ali. Agora, de vez em quando aparece uma caçamba que pega. Alguns juntam no saco e levam, outros tocam fogo”, disse a moradora identificada como Maria.

Por causa de irregularidade na coleta, o lixo fica acumulado por dias. Outro aspecto que incomoda muito a população é o esgoto a céu aberto, que coloca em risco a vida de toda a comunidade.

“A rede de esgoto vem prejudicando a gente, as criança, porque muriçoca mesmo você precisa ver como é à noite. Dá até medo, porque o mosquito senta na água e pica a gente”, explicou a moradora.

Os moradores já estão desacreditados e revelam que durante o período de campanha eleitoral diversos candidatos estiveram prometendo intervenções que até agora, ainda não foram feitas.

“De hoje que a gente espera melhoria aqui no bairro e nada. Eles fazem promessas, mas até hoje nada. Quando está perto da eleição, vou fazer e vou acontecer, depois, nada”, completou dona Maria.

Para seu Francisco, uma das maiores demandas do bairro é o asfaltamento, mas a prefeitura fez somente um paliativo, jogando cascalho em um trecho de difícil acesso.

“Eu não vejo melhoria aqui em nada, só buraqueira. Asfalto que disseram que iam colocar tem mais ou menos dois anos que prometeram e até agora nada. Sempre na promessa, agora colocaram um cascalho ali, porque não tinha nem como a gente passar”.

Com a sujeira e a falta de infraestrutura, existe a dificuldade de locomoção, principalmente no período das chuvas. “Carro nenhum entra. Pior é a rua lá de cima que tem lixo, muita nojeira lá em cima. A gente está no esquecimento”, lamentou dona Cristina.

A comunidade pede que os poderes públicos, especialmente o parlamentar eleito pelo bairro tome alguma providência e cobre do Executivo pelo menos o que é indispensável para a melhoria da qualidade de vida da população, como coleta de lixo e saneamento.


Um pedido de socorro: Família de paciente internado clama por regulação em Simões Filho; “A cada dia o quadro dele vem piorando”


Mais uma família entra em desespero por causa do grave quadro de saúde de um paciente internado no Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), na Região Metropolitana de Salvador (RMS).


Em contato com a redação do Mapele News, na manhã desta quinta-feira (12), os familiares do senhor Ivenício Ferreira, de 77 anos fizeram um apelo para conseguir a regulação do idoso, que está internado no HMSF desde o dia 03 de julho.

De acordo com a filha do paciente, Ivenício sofreu um AVC em casa e foi imediatamente socorrido com um quadro de convulsão para a unidade hospitalar. Desde então, seu pai permanece internado aguardando transferência para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital de grande porte da capital baiana ou na RMS.

Ainda segundo a filha, o que mais preocupa a família é que outras pessoas que estavam na mesma situação de seu Ivenício já foram reguladas, enquanto o idoso continua piorando a cada dia.

“Este é o quadro que meu pai se encontra. Ele tem 77 anos, foi pedida a regulação para uma UTI e a cada dia o quadro dele vem piorando e ninguém se posiciona nem dá um parecer. Já houve regulação dentro do hospital, porque tivemos conhecimento e ele ficando para trás”, disse a filha.

De acordo com a filha, a família imagina que a demora na transferência do paciente se dê por falta de comprometimento da Secretaria de Saúde do Município, e pode estar relacionada à perseguição política ou ainda por se tratar de uma pessoa idosa.

“Quer dizer, porque esse descaso todo? Será que é por causa da idade ou por causa da política? Ele é um ser humano e eu sou uma filha que no desespero peço, por favor, em nome de Jesus, que as autoridades entrem com providência. Não só com ele, mas com muitos que eu pude ver que acabaram indo a óbito por descaso dessa Secretaria de Saúde de Simões Filho”, declarou ela.

Ainda segundo ela, o pai já está em situação bem delicada e a família teme que ele não consiga suportar por muito tempo, por isso clamam para que quem tiver como, ajude seu Ivenício a ser transferido.

“Você entende o quadro dele? Não que eu queira, mas não dá mais para esperar. É em caráter de urgência. Ele não está aguentando mais. Já se passaram 9 dias, ele estava bem e agora já gripou, está fraquinho. Me ajuda, por favor, em nome de Jesus”, suplicou.

A família inda pede que a população ajude compartilhando a informação para o máximo de pessoas possíveis, até chegar em alguém que possa de fato ajudar na transferência do idoso.


Vídeo: Vaqueiros de Simões Filho se revoltam com falta de apoio da gestão municipal e mandam recado para prefeito; “Você só está aí de passagem”


Um vídeo gravado por um dos integrantes do grupo de vaqueiros de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) mostra a indignação do grupo com relação ao descaso da prefeitura local com a categoria.

Na gravação, um homem diz que o prefeito Diógenes Tolentino interditou a pista de corrida de vaquejada, localizada no Guerreiro, onde constantemente aconteciam eventos e servia como área de lazer para a população.

“Vai aqui a indignação da Vaquerama para o prefeito Dinha, ele que não quer liberar mais a pista de corrida para ter eventos aqui na pista. Ele está dizendo que a pista agora de corrida vai ser apreensão de animais e eu quero dizer a você prefeito Dinha que isso aqui é do povo, isso aqui é da vaquerama”, disse ele.

Ainda durante o depoimento, o homem revela que a pista foi construída pelo ex-prefeito Eduardo Alencar, atendendo a um pedido da comunidade e que o atual gestor está tentando destruir.

“Isso aqui não é seu não Dinha, você só está aí de passagem. Isso aqui é do povo simõesfilhense e o ex-prefeito Eduardo Alencar fez isso aqui com tanto amor e carinho para a Vaquerama, para agora você vir e querer destruir”.

Ainda no relato o líder da Vaquerama revela que o grupo pretende entrar com uma denúncia no Ministério Público e pergunta se o caso está relacionado com perseguição política.

“A gente vai para o Ministério Público, a gente vai fazer paralização e a gente vai reivindicar nossos direitos. A Vaquerama quer saber isso. É perseguição? O que é isso?”.

Assista ao vídeo:


Mulher surta e ateia fogo em apartamento com duas crianças em Simões Filho


Uma mulher surtou e ateou fogo no próprio apartamento, na madrugada desta quinta-feira (11) em um condomínio residencial em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com informações, a mulher, que não teve a identidade revelada, estava em casa com duas crianças, quando por volta das 02:00h da madrugada começou a colocar fogo no apartamento que fica localizado no bloco 33, do Condomínio Preto Velho, no bairro Tiro Seguro.

Ainda segundo informações, as duas crianças que estavam com a mãe no apartamento foram retiradas por vizinho do local a tempo de não serem atingidas pelo fogo. No entanto, não há informações sobre o estado de saúde da mulher.

Os vizinhos acionaram a polícia e tentaram controlar o fogo, mas o apartamento ficou completamente destruído.  Mesmo depois do incêndio controlado, a mulher ainda tentou destruir o que restou do imóvel e foi imobilizada.

Uma equipe do Conselho Tutelar esteve no local para retirar as crianças e tomar as medidas cabíveis com relação ao caso. Até o momento não foi divulgado o motivo pelo qual a mulher pode ter tomado tal atitude.