Ministro da Educação deixa o governo após cinco dias no cargo

Antes mesmo de tomar posse, o ministro da Educação, Carlos Decotelli, deixou o cargo após o presidente Jair Bolsonaro ter aceitado seu pedido de demissão na tarde desta terça-feira, 30. A decisão de deixar o governo foi tomada após o currículo de Decotelli ter sido questionado por universidades estrangeiras e pela Fundação Getulio Vargas. Ele … Leia Mais


Senado aprova em primeiro turno a proposta de adiamento das eleições 2020

O Senado Federal aprovou, na tarde desta terça-feira (23), o texto-base do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) que altera a data das eleições municipais deste 2020 em função da pandemia do novo coronavírus. Pelo aprovado pelos senadores, as votações deverão ocorrer nos dias 15 e 29 de novembro, sendo o primeiro e o segundo … Leia Mais



Eleições municipais vão acontecer entre 15 de novembro e 20 de dezembro

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Roberto Barroso, afirmou em entrevista ao Roda Viva, nessa segunda-feira (15), que as eleições municipais deste ano vão acontecer entre os dias 15 de novembro e 20 de dezembro. As datas exatas da realização do primeiro e segundo turnos, entretanto, ainda não estão definidas. Segundo ele, a alteração está … Leia Mais



Vídeo: Manifestantes bolsonaristas fazem foguetório contra prédio do STF; “Nós vamos derrubar vocês, seus comunistas”


Manifestantes bolsonaristas fizeram um foguetório contra o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. O protesto aconteceu na noite deste sábado (13), por volta das 21h30. O vídeo circula nas redes sociais com a narração de um home que faz ameaças aos ministros.

“Isso é para mostrar para eles e pro GDF (Governo do Distrito Federal) bandidos, não vamos arregar!”, declarou um manifestante. “Vocês da corrupção se preparem, bando de bandidos. Vocês estão levando o país ao caos, já levaram para o comunismo, se preparem… Vocês vão cair. Nós vamos derrubar vocês, seus comunistas”, continuou.

Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estavam acampados na Esplanada dos Ministérios, autointitulados como “300 do Brasil”. No entanto, durante a tarde deste sábado, o governo do Distrito Federal colocou-os para fora em ação coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, a Polícia Militar e o DF Legal, órgão de fiscalização na capital.

Assista o vídeo:

(BN)


“É um desrespeito pela vida”, diz Rui Costa sobre pedido de Bolsonaro para população filmar oferta de leitos de UTI


O governador Rui Costa (PT) avaliou como ‘inacreditável’ o pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para que as pessoas invadam os hospitais para filmar a oferta de leitos de UTI. A declaração do governador foi feita na manhã deste sábado, 13, durante entrevista à CNN Brasil.

“Coisas como essa, de propor que pessoas invadam os hospitais, são inconcebíveis e inaceitáveis. É um desrespeito pela vida de quem se foi e também por quem está lutando para sobreviver. Com certeza, os parentes dessas pessoas estão rezando todos os dias, para que consigam vencer o vírus. E o presidente manda invadir o hospital para colocar essas vidas em risco”, disse Rui Costa.

Questionado se teria reforçado alguma medida para evitar a ação, Rui disse que não houve nenhuma atitude para impedir, e acrescentou que conta com o “bom senso” da população.

“Não houve nenhuma medida especial, porque nós acreditamos no bom senso, na serenidade e na responsabilidade dos baianos e baianas. As pessoas têm ciência do sofrimento de quem está dentro do hospital, do trabalho exaustivo de quem está lá tentando salvar vidas humanas. Tenho certeza que eles respeitam as famílias”, afirmou

Ainda na entrevista, Rui fez um convite aos representantes do Ministério da Saúde para acompanhar o trabalho de atendimento aos pacientes.

“Esperamos e acreditamos que não vai haver adesão a esse tipo de apelo do presidente. Se o presidente está ansioso para ter notícias de dentro dos hospitais eu quero convidar representantes do Ministério da Saúde a fazer visitas às unidades. Não só da Bahia e do Nordeste, mas do Brasil inteiro. Venham visitar, venham acompanhar, venham conhecer as instalações”, disse o governador baiano.

Atarde


Manifestantes anti-Bolsonaro e pró-democracia fazem protesto em Brasília


Manifestantes contrário ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), protestaram em Brasília, na manhã deste domingo, 7. O grupo se reuniu na Biblioteca Nacional, por volta das 9h e desceu a Esplanada dos Ministérios, com palavras de ordem e faixas em defesa da democracia, contra o racismo e o fascismo.

Eles seguiram até a Alameda das Bandeiras, onde a Polícia Militar do Distrito Federal montou um bloqueio, em meio a um forte esquema de segurança, para impedir o encontro com um segundo grupo, pró-Bolsonaro. Defensores do governo permanecem acampados próximo à Praça dos Três Poderes e têm feito manifestações semanais, aos domingos.

Também havia diversos cartazes e gritos referentes ao “vida negras importam” —movimento que começou nos Estados Unidos, o black lives matter, após a morte de George Floyd por um policial branco. Perto do Congresso, militantes negros deitaram no chão e diziam que não conseguiam respirar, frase dita por Floyd quando estava algemado e com o joelho do policial sobre seu pescoço. Outros manifestantes vestiram jalecos brancos, representaram os profissionais de saúde e carregaram cruzes pretas em sinal de luto.

Na região do Palácio do Planalto, o grupo pró-Bolsonaro se manifestou. Vestidos nas cores verde e amarelo, alguns carregavam bandeiras do Brasil e outras com o emblema da monarquia. Por volta das 11h, os manifestantes contra Bolsonaro retornaram, pela Esplanada, até o ponto de partida do ato. Não houve confrontos.

A grande maioria dos manifestantes contra Bolsonaro usava máscaras, item obrigatório no Distrito Federal devido à pandemia do novo coronavírus. No entanto, havia aglomeração, prática que é desaconselhada pelos sanitaristas pelo óbvio risco de contaminação.

Atarde

 

 


Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha


A Petrobras informou que vai reajustar em 5% o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) vendido pela companhia às distribuidoras a partir desta quinta-feira, 4.

Com isso, o preço médio da Petrobras será equivalente a R$ 24,08 por botijão de 13 quilos (kg). No acumulado do ano, a redução é de 13,4%, ou R$ 3,72 por botijão de gás de cozinha de 13 kg.

A Petrobras esclarece que igualou desde novembro de 2019, os preços do gás liquefeito de petróleo para os segmentos residencial e industrial/comercial e que o GLP é vendido pela Petrobras a granel. As distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final.


Camaçari: Gêmeos recém-nascidos são encontrados mortos em esgoto


Na tarde desta terça-feira, 02/06, moradores do Parque Residencial Algarobas, no bairro Gleba E, em Camaçari, localizaram dois corpos de gêmeos recém-nascidos sem identificação dentro de um esgoto na localidade.

Segundo informações do BNews, uma imagem enviada à redação foi possível ver que as vítimas estavam com cordão umbilical.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Militar da cidade que fica situada na Região Metropolitana de Salvador.

Rede Imprensa