Governo Federal quer privatizar presídio e presos trabalhando para pagar custos

O Governo Federal tem intenção de privatizar os presídios brasileiros, colocando presos para trabalharem e utilizar parte do salário para pagar os custos da prisão. De acordo com informações do Gazeta Brasil, o anúncio foi feito pela secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PP) do Ministério da Economia, Martha Seillier. Apenas um modelo … Leia Mais




Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 5% nas refinarias

A Petrobras reajustou em 5% o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) nas suas refinarias. O aumento vale a partir de desta quinta-feira, 23. Com isso, o preço médio da Petrobras será equivalente a R$ 26,55 por botijão de 13kg. No acumulado do ano, o preço do gás de cozinha teve uma queda … Leia Mais


Prefeitos comemoram aprovação do novo Fundeb que amplia investimento da União


Os prefeitos baianos comemoraram a aprovação da proposta que torna permanente o Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), com a ampliação da contribuição da União ao setor. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2015 foi votada na Câmara dos Deputados, em dois turnos, nesta terça-feira (21), e segue para análise do Senado.

O fundo é responsável por mais de 60% do financiamento da educação básica no país, do ensino infantil ao médio. O tema era visto como urgente pelos prefeitos dado o fim da vigência das regras atuais em dezembro deste ano, o que poderia causar um apagão no setor.

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, destacou a realização de amplo debate e a firmeza do parlamento em colocar a matéria em votação. “A educação nos municípios não existe sem o Fundeb, ele é essencial para diminuir desigualdades e dar mais qualidade ao ensino. A nossa luta para fazer justiça e ampliar o aporte da União no setor é uma vitória dos municípios e um consenso da importância da educação para o desenvolvimento do Brasil”, disse o gestor que é prefeito de Bom Jesus da Lapa e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Em acordo de última hora com o governo, o texto da relatora, deputada Dorinha Rezende (Dem/TO), foi aprovado com os percentuais de complementação da União ampliados dos 10%, praticados hoje, para 23%, escalonados da seguinte forma: 12% em 2021; 15% em 2022; 17% em 2023; 19% em 2024; 21% em 2025; e 23% em 2026. Em 2019, o Fundeb movimentou R$ 166,6 bilhões, desses R$ 151,4 bilhões foram de recursos dos estados e municípios e R$ 15,1 bilhões da União.

A PEC também ampliou o piso de gasto com o pagamento de salários dos profissionais da educação dos atuais 60% para 70%, sem estabelecer teto, e prevê compensação aos municípios que adotarem boas práticas.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, a PEC deve ser votada na Câmara e no Senado em dois turnos, sendo aprovada por três quintos dos votos dos deputados e senadores para ir à promulgação.


Boa notícia: Vacina de Oxford gera resposta positiva e imune contra Covid-19


Universidade de Oxford junto com a biofarmacêutica anglo-sueca AstraZeneca divulgaram um estudo, nesta segunda-feira (20), na revista científica The Lancet, mostrando que a vacina obteve bons resultados contra o novo coronavírus.

De acordo com os pesquisadores e cientistas, a resposta se refere às duas primeiras fases dos testes. Os efeitos colaterais foram pequenos e foram reduzidos quando os pacientes tomaram paracetamol. Alguns dos sintomas foram fadiga, dor de cabeça, outros sentiram dores musculares, calafrios, dor no local da injeção e temperaturas altas.

No Brasil, a terceira fase está ocorrendo de forma gradativa. As fases 1 e 2 foram realizadas no Reino Unido. Ainda serão necessários mais testes para a confirmação da vacina. Cientistas ainda procuram saber o quanto pode ser imune e se protege contra infecções. Outros estudos, incluindo idosos, devem ser feitos.

Apesar das respostas positivas, pesquisadores dizem que para ser ideal contra o vírus, seria necessário ter uma ou duas doses para garantir a redução da infecção.


Contagem regressiva: Salvador atinge 75% de ocupação de leitos de UTI adulto e pode iniciar reabertura


Após a implantação de 55 novos leitos de UTI adulto na última sexta-feira (17), Salvador atingiu neste domingo (19) o percentual de 75% de ocupação dessas unidades. O índice aparece no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. O patamar é o máximo estabelecido para a fase 1 da reabertura das atividades na capital baiana. Porém são necessárias ao menos cinco dias com um percentual abaixo de 75% para o início da etapa.

Caso se mantenha com o índice abaixo de 75% até a próxima quinta (23), shoppings centers, templos religiosos e lojas com mais de 200 metros quadrados podem voltar a funcionar em Salvador. A cidade possui medidas restritivas desde o mês de março, quando as contaminações pelo novo coronavírus começaram a crescer exponencialmente. 

Há a expectativa que o índice caia ainda mais nos próximos dias com o pleno funcionamento dos novos leitos de UTI adulto exclusivos para a Covid-19. Todavia o protocolo conjunto estabelecido pela prefeitura e pelo governo da Bahia exige a permanência de 14 dias em cada uma das três fases.


Prefeitos da RMS anunciam protocolo único para retomada do comércio


Os prefeitos da Região Metropolitana de Salvador (RMS), em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (16), decidiram uma meta única para a retomada do comércio nos municípios. A reabertura só será autorizada quando a ocupação dos leitos de de terapia intensiva reduzir para 75%.

A reunião teve as participações de seis prefeitos: Moema Gramacho (Lauro de Freitas), Diógenes Tolentino (Simões Filho), Elinaldo Araújo (Camaçari), Jussara Dias (Dias D’Ávila), Dr. Breno (São Sebastião do Passé) e Jailton Santana (Madre de Deus). Os demais municípios da região enviaram outros representantes.

 A adoção de um protocolo unificado de reabertura foi uma decisão unânime dos prefeitos da RMS, que deverão divulgar nos próximos os detalhes do cronograma, ainda a ser alinhado junto ao governo do estado. Segundo os gestores municipais, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na região reduziu de 86% para 77% nas últimas semanas, se aproximando da meta que permitirá a retomada comercial.

 “Se um município abrir e outro não, há o risco dos munícipes migrarem para os que abrirem e isso aumenta o índice de contaminação nos dois. Por isso, nós, em comum acordo, decidimos não abrir de forma isolada”, justificou Moema, defendendo a medida conjunta, mas também ressalvando as especificidades de cada cidade.

 Os prefeitos também solicitaram a presença do prefeito de Salvador, ACM Neto, nos encontros de líderes da RMS. Para eles, o funcionamento das medidas em suas cidades depende também de um alinhamento com a capital. 

 O grupo voltará a se reunir na próxima quinta-feira (23), em São Francisco do Conde, para analisar a evolução da pandemia na região. Antes, eles farão uma audiência com o governador Rui Costa, para alinhar detalhes do cronograma de retomada.

Bahia Noticias


Meteoro é visto no céu de Curaçá e Várzea Nova; fenômeno foi registrado em 4 estados


Um bólido, nome científico para um meteoro brilhante que explode na atmosfera, foi visto na noite da última quarta-feira (15) em alguns pontos do céu na Bahia, no Ceará, em Pernambuco e na Paraíba.

De acordo com o portal G1, a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) informou que o fenômeno aconteceu às 18h59.

No vídeo compartilhado pelo órgão, é possível ver o meteoro aparecendo no céu de Curaçá, no Sertão do São Francisco, e em Várzea Nova, no Piemonte da Diamantina.

Segundo o órgão, o meteoro surgiu entre Carnaíba e Princesa Isabel, cidades situadas no Sertão de Pernambuco e da Paraíba, e seguiu na direção sudeste e desapareceu no céu na região sul de Arcoverde, também em território pernambucano.