Rodrigo Maia pede que Bolsonaro se afaste dele durante reunião; veja vídeo

Apesar da diplomacia ensaiada durante a reunião de governadores, realizada na manhã desta quinta-feira (21), o encontro rendeu um momento pitoresco entre Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro. Em determinado momento do encontro, o presidente da Câmara Federal, protegido com uma máscara, pede que o presidente da República, que estava se máscara, se afaste. A GloboNews … Leia Mais






Vídeo: Em meio a pandemia, moradores do Bate-Facho fazem “coronareggae” em rua alagada


Moradores da localidade do Bate-Facho, no bairro do Imbuí, em Salvador, fizeram um chamado “Coronareggae” em meio a um alagamento que atingiu a região na quinta-feira (24), após fortes chuvas. Em um vídeo, enviado por um leitor do Varela Notícias, é possível ver um grupo de pessoas dançando no meio da água.

Por causa da chuva, o nível da água chegou a quase 1,20 m na localidade. A situação ainda ocorre em meio a pandemia do coronavírus, quando há a orientação para não ocorrer aglomerações e ainda existe proibição por meio de decreto municipal de “qualquer ação que implique em emissão sonora”.

Valera Noticias


China descobre dois medicamentos eficazes contra o novo coronavírus


Dois medicamentos que são eficazes contra o coronavírus foram descobertos pela Academia Chinesa de Ciências. Em pesquisa publicada na revista “Science”, o pesquisador Wenhao Dai conseguiu projetar as moléculas dos produtos para bloquear a enzima protease, responsável pela multiplicação do vírus no corpo humano.

Agora já são quatro medicamentos que têm sua eficácia comprovada contra o vírus, e podem vir a se tornar remédios. Além desses dois na China, há um na Holanda, que atua também contra a protease, e um na Alemanha, que combate a proteína spike – principal meio com o qual o vírus agride a célula para invadi-la.

Os experimentos do estudo foram feitos em ratos, e encontraram inibidores da protease 11a e 11b. Os agentes combatentes da primeira se mostraram menos tóxicos. Agora, os testes vão para a fase pré-clínica para observar novos resultados sobre os efeitos tóxicos.

Os medicamentos podem vir a ser disponibilizados para os humanos, mas ainda não há um prazo determinado para isso. Com isso, outras drogas vêm sendo utilizadas para auxiliar no combate ao coronavírus, como a cloroquina e a hidroxicloroquina.

Bahia Noticias


Nicotina presente no cigarro pode te proteger do coronavírus; entenda


Ironicamente, o cigarro, um dos maiores vilões das doenças pulmonares, pode te proteger da covid-19, que ataca justamente o pulmão. Acontece que a nicotina, substância presente na droga, pode ter um efeito protetor contra o coronavírus.

Segundo a agência AFP, a constatação foi feita por um grupo de pesquisadores franceses, que se preparam para iniciar vários testes com adesivos após constatarem a baixa proporção de fumantes entre os pacientes da Covid-19 no mundo.

Vários estudos destacaram essa circunstância, confirmada agora por um novo relatório francês realizado entre 350 pacientes hospitalizados e 150 pacientes leves, que testaram positivo para a Covid-19.

“Entre estes pacientes, apenas 5% eram fumantes”, diz à AFP o professor de medicina interna Zahir Amoura, responsável por este último estudo.

Este número equivale a “80% menos fumantes entre os pacientes da Covid-19 do que entre a população geral de mesmo sexo e idade”, acrescenta.

“A hipótese” que explicaria este fenômeno “é baseada no fato de que a nicotina impede, ou retém, o coronavírus de se fixar no receptor celular que ele normalmente utiliza”, evitando, assim, que penetre nas células e se espalhe pelo organismo, explica à AFP o médico Jean-Pierre Changeux, do Instituto Pasteur.

Isso seria possível, porque a nicotina se fixaria no mesmo receptor celular, segundo Changeux, neurobiólogo de renome mundial e coautor de um artigo sobre o assunto na revista Comptes Rendus de Biologie da Academia de Ciências da França, da qual é membro.

Assim que a autorização final for obtida e com o apoio do Ministério da Saúde francês, adesivos de nicotina serão administrados em doses diferentes em três ensaios: um preventivo, para profissionais da saúde, a fim de determinar seu eventual papel protetor; e outros dois terapêuticos, para tratar pacientes hospitalizados e doentes mais graves em terapia intensiva, segundo Amoura.

Porém, apesar deste possível benefício, o uso do cigarro continua não recomendado por especialistas. Fumar altera os pulmões, e seus efeitos nocivos à saúde, como câncer ou ataques cardíacos, são bem conhecidos e até piores que o coronavírus.

Correio 24


Vale-alimentação estudantil está disponível em 22 municípios


Começa, nesta segunda-feira (20), a entrega do vale-alimentação para 284 mil estudantes da rede estadual de ensino de 22 municípios da Bahia. Para evitar aglomerações nos supermercados, em função das orientações de combate ao novo Coronavírus, parte dos estudantes receberá o benefício na Cesta do Povo e outra parte na Rede Assaí.

O Vale-Alimentação Estudantil (PVAE), projeto criado pelo Governo do Estado, é destinado a ações de transferência de renda aos alunos, configurando benefício complementar emergencial, em razão do estado de calamidade pública em saúde decorrente da pandemia.

O valor do vale é de R$ 55 para cada estudante e as despesas do PVAE correrão por conta de recursos do próprio do Estado, no valor de R$ 44 milhões, através do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (FUNCEP).

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) informa que a ida aos supermercados está orientada por escola, sendo que a lista com a distribuição está disponível para consulta no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). Na lista também há uma indicação para que o estudante vá, preferencialmente, à rede localizada mais próxima da sua escola.

No supermercado, o estudante, o pai, a mãe ou responsável que esteja com o cadastro atualizado do CPF na escola deve se dirigir ao setor de atendimento ao cliente para a retirada do vale-alimentação de R$ 55. Será necessário apresentar o original do CPF e o documento de identidade.

O vale é destinado exclusivamente à compra de alimentos. A SEC orienta para que seja dada preferência a produtos com valor nutricional, a exemplo de feijão, arroz, macarrão, leite, proteína de soja, farinha de mandioca, verduras e frutas.

Supermercados – A Rede Assaí está presente nos municípios de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Jequié, Ilhéus, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Guanambi, Serrinha, Senhor do Bonfim e Itapetinga. Já a Cesta do Povo e as redes parceiras estão em Mata de São João, Dias D´Ávila, Simões Filho, Valença, Dias D´Ávila, Santo Estevão, Gandu, Santa Bárbara, Morro do Chapéu e Ituberá. Tanto na capital quanto no interior, a Cesta do Povo tem redes parceiras. Em Feira de Santana, Santa Bárbara e Santo Estevão, as redes parceiras da Cesta do Povo são a Bem Barato e Olhos D’Água. Em Valença, Ituberá e Gandu, os estudantes devem se dirigir ao Megabom; em Morro do Chapéu, ao Super Pop I; e em Simões Filho, à Rede Mix.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, chama a atenção para que as pessoas programem suas idas e sigam as normas de proteção. “Sabemos da urgência para o recebimento do vale e a aquisição dos alimentos, mas é preciso seguir alguns procedimentos necessários.

Orientamos para que vá ao supermercado apenas uma pessoa por família, no caso o estudante, a mãe, o pai ou o responsável. Que também evitem horários de aglomerações e que usem máscaras de proteção. E reforçamos que todos os estudantes matriculados na rede estadual já têm este direito ao vale-alimentação garantido. Então, é importante ter a tranquilidade necessária para a retirada”.

De acordo ainda com o secretário, durante a semana, os gestores das unidades escolares estarão nas escolas para atendimento por telefone e para prestar informações sobre a entrega do vale-alimentação estudantil e sobre a atualização do CPF. Para os estudantes que moram em municípios não atendidos por essas duas redes de supermercado, estão sendo feitos os cartões alimentação, que serão entregues diretamente aos estudantes pelas escolas. Quem ainda não tem o CPF informado no ato da matrícula deve fazer a atualização no sistema Siadiante, acessando o Portal da Educação. Dúvidas também podem ser sanadas pelo telefone: 0800 284 0011.

Fonte: Atarde


Alunos da rede estadual começam a receber vale-alimentação nesta segunda (20)


O Governo do Estado anunciou ontem (17) que a entrega do vale-alimentação de R$ 55 para estudantes da rede pública estadual vai ocorrer a partir da próxima segunda (20).

A gestão estadual assinou contrato com as cadeias de supermercados Cesta do Povo e Assaí, que poderão atender 284 mil estudantes nas cidades onde suas lojas e redes de apoio estão distribuídas.

Para os alunos que moram em municípios não atendidas por essas duas redes de supermercado, estão sendo feitos os cartões alimentação, que serão entregues diretamente aos estudantes pelas escolas. Segundo o governo, os 800 mil estudantes matriculados na rede estadual serão beneficiados.

Toda a logística de acesso ao vale-alimentação está sendo organizada. De acordo com o governo, os detalhes serão informados posteriormente, para evitar aglomerações nos supermercados e a exposição ao risco ao novo coronavírus. Amanhã (19), será divulgada uma lista no Portal da Educação, com o nome da escola e para qual rede a pessoa que tem o CPF cadastrado na unidade escolar (estudante, pai, mãe ou responsável) deve se dirigir.

No supermercado, o estudante deverá ir ao setor de atendimento ao cliente, portando CPF e Carteira de Identidade originais, para a retirada do vale-alimentação. O vale é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, açúcar, café, leite, dentre outros. Em caso de dúvida, o estudante deve ligar para sua escola ou para o 0800 284 0011.

A Cesta do Povo está presente nas cidades de Salvador, Camaçari, Simões Filho, Valença, Dias D´Ávila, Santo Estevão, Gandu, Santa Bárbara, Monte de São João, Morro do Chapéu, Camamu e Ituberá. Já a rede Assaí, nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Jequié, Ilhéus, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Guanambi, Serrinha, Senhor do Bonfim e Itapetinga.

*Metro1