Três pessoas da mesma família são assassinadas dentro de casa em Barra do Jacuípe; criança de 5 anos está entre as vítimas

Três pessoas da mesma família foram executadas a tiros dentro de uma casa, na tarde desta sexta-feira (12), em Barra de Jacuípe, Camaçari. As vítimas foram identificadas como Renilda de Jesus Santos, de 63 anos, Arielson Santos Leal, de 34 anos, e uma criança de apenas 5 anos. O crime foi registrado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), por … Leia Mais



Homem tem pé decepado após ser vítima de assalto em São Gonçalo dos Campos


Um homem teve o pé direito decepado após ser vítima de assalto realizado por quatro homens durante a madrugada da última terça-feira (9) numa estrada próxima da Fazenda Bronco, em São Gonçalo dos Campos, município localizado a 108 km da capital baiana.

Segundo o site Acorda Cidade, o homem foi socorrido por volta das 2h30 e encaminhado para o Hospital Geral Clériston Andrade, onde informou que os suspeitos levaram sua mochila. Os agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana se deslocaram ao local e encontraram o pé da vítima.

O caso está sob investigação da Delegacia Territorial de São Gonçalo dos Campos. Os suspeitos não foram identificados.


Camaçari registra cinco mortes neste sábado; uma mulher está entre as vítimas


Cinco mortes foram registradas na cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS) em apenas 12 horas. Segundo informações do boletim da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), do total de vítimas, quatro foram homens e uma mulher.

Por volta das 9h35, um homem identificado como Anderson dos Santos Almeida, de 22 anos, foi morto a tiros na Estrada da Cetrel, em frente à barraca Point do Coco, na região de Abrantes. Segundo a polícia, uma guarnição da 59ª Companhia Independente (Vila de Abrantes) foi acionada e chegando ao local constatou a morte do jovem, que teve o corpo removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Menos de cinco horas depois, um triplo homicídio foi registradona localidade conhecida como Parque Real Serra Verde, na Cascalheira. Conforme a PM, militares do 12º Batalhão (Camaçari) foram acionados após receber a informação de que três homens tinham sido baleados. Duas das vítimas estavam caídas no chão, enquanto o terceiro homem estava dentro de um Chevrolet Blazer. As vítimas não tiveram identidades reveladas.

Já por volta das 20h40, uma mulher de 19 anos foi executada na Rua Santa Maria, no loteamento Algaroba I, próximo ao cemitério. A vítima foi identificada como Vanessa de Souza Santos. Todos os casos deverão ser investigados pela Polícia Civil da cidade.

Matéria:  Bocão News, Foto: Se Liga Camaçari.


Aluno e professor brigam dentro da sala de aula; assista ao vídeo


O vídeo de uma briga entre um professor e um aluno, dentro da sala de aula, viralizou nas redes sociais e tem tido repercussão na imprensa nos últimos dias. O caso aconteceu na manhã da última quinta-feira (27), na Escola Estadual Flávio dos Santos, em Belo Horizonte (MG), entre um jovem de 18 anos e docente de filosofia, de 54 anos.

De acordo com o que foi registrado no boletim de ocorrência, a confusão teria sido motivada após discussão entre eles por causa de uma janela. Em depoimento, o professor afirmou que dava sua aula para a turma do 2º ano do ensino médio e o aluno ficava abrindo e fechando a janela enquanto ele falava, atrapalhando o resto da turma. O professor, então, foi à janela para abri-la e o aluno o empurrou no chão e o agrediu com socos e chutes. No vídeo, é possível ver o homem pegando uma cadeira, o que ele contou à PM que fez para se defender.

Já o aluno contou uma versão diferente da história. Segundo o jovem, o professor entrou em sala, abriu a janela e deu ordem para que ela permanecesse aberta. O aluno, então, fechou e tentou mantê-la fechada, mas em um dado momento, o professor foi até a janela e a bateu com muita força para fechá-la, fazendo com que o vidro se quebrasse e atingisse o aluno. Segundo o jovem, o homem o teria empurrado e cuspido em seu rosto, o que o levou a reagir empurrando o professor.

O caso foi encaminhado à Polícia Civil e a corporação informou que foi lavrado um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) contra o aluno por lesão corporal e o caso foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal. Segundo a PCMG, não há investigação e o caso vai direto para audiência na Justiça, onde a pena é definida. A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, responsável pela administração da escola, foi procurada e ainda não se manifestou sobre o caso.

Minas Notícias


Travesti é proibida de entrar em banheiro feminino na Câmara de Vereadores de Salvador


Atriz e arte-educadora, a travesti Xan Marçall, 33 anos, diz que o pilar de um de seus ofícios é o exercício da tolerância. A compreensão de tentar lidar de forma flexível com as diferenças, segundo Xan, “por triste ironia”, é algo que não lhe foi oferecido, nesta sexta-feira (28), durante a Sessão Especial Onde o Orgulho Começou: 50 anos da Revolta de Stonewall e a Luta e Resistência dos Movimentos LGBTQI+ em Salvador, no Plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal da capital.

Durante o evento público, de iniciativa do vereador Marcos Mendes (Psol), que reuniu militantes e homenageou personalidades LGBTQIA+, Xan precisou ir ao banheiro. Entrou no feminino, como faz sempre, em qualquer lugar, há cinco anos – desde que se assumiu enquanto travesti. Passados três minutos, foi abordada por uma mulher, uniformizada, que lhe pediu que se retirasse dali. A justificativa da senhora, segundo afirmou Xan ao Me Salte CORREIO, foi a última coisa que esperava ouvir no local: “Porque você é homem”.

“Eu tenho toda tolerância do mundo, sei que é um processo de conhecimento, de desconstrução, mas fico muito triste, me sinto constrangida de passar por isso, ironicamente, na noite de hoje, onde tantos de nós estamos aqui como homenageados”, lamentou Xan que integra o Coletivo das Liliths, que também foi homenageado durante a sessão especial.

A negativa da mulher, a quem a travesti acredita ter sido dada a missão de lhe abordar, por um segurança, decidiu sair do banheiro.

Retornou ao plenário e contou o que tinha acabado de passar à psicóloga Ariane Senna, uma das homenageadas da noite. Mulher trans, Ariane afirmou que, imediatamente, retornou ao banheiro, onde encontrou um segurança. Segundo ela, o homem reafirmou que ali não era um local “apropriado para homens”.

“Disse que ele não podia ter feito aquilo, porque nós somos, sim, duas mulheres e que o nosso banheiro é o feminino, ali, ou em qualquer outro lugar. Disse que, infelizmente, naquele momento eu não poderia dar a ele uma aula sobre gênero e diversidade. Como resposta, ele me disse que ‘até Léo Kret’ (ex-vereadora, única transsexual que já foi  vereadora da casa ) no banheiro masculino, o que sei que é mentira”, lamentou Ariane, que disse ter conseguido entrar no local, após permissão do mesmo homem.

Durante a abertura da sessão, o vereador Marcos Mendes se referiu à situação como algo “absurdo”. “Xan foi impedida de adentrar no banheiro feminino e eu quero que isso fique registrado. É absurdo que algo assim aconteça em uma casa que se diz a casa do povo”, se limitou a dizer, no púlpito.

Por meio da assessoria, a Câmara dos Vereadores de Salvador afirmou que houve um “mal entendido” quando Xan abordou uma “funcionária da copa e lhe perguntou onde ficava o banheiro e, então, ela lhe direcionou ao masculino”. A casa negou, ainda, que um segurança ou policial tenha impedido a travesti de entrar no banheiro.

Por último, negou que o local seja um cenário de intolerância e usou a ex-vereadora Léo Kret como “exemplo de que a casa é aberta a todos e todas, com respeito às diferenças e legalidades, pelas referências que teve e tem”.


Cobra é encontrada dentro de cozinha de apartamento do MCMV em Simões Filho


Uma cobra medindo pelo menos um metro e meio foi encontrada na manhã desta quinta–feira (27), no Condomínio Residencial Pitanguinha, que faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Segundo informações da moradora do residencial, a dona de casa, Sra. Rosa, ao entrar na cozinha do apartamento localizado no sub-solo deparou-se com uma cobra no momento em que realizava as tarefas do lar. A moradora entrou em pânico por tratar-se de um réptil de grande porte.

Foi necessário o socorro do esposo para realizar o resgate do animal.

A ocorrência poderia causar sérios problemas, pois no imóvel residem dois filhos adolescentes, com idades de 13 e 16 anos que poderiam sofrer ataque do réptil.

Os membros da Corporação Militar dos Bombeiros sempre alertam a população para, em casos como este, não tomarem a decisão de capturar o animal, pois o risco de acidentes graves é muito alto. O correto é acionar os Bombeiros e aguardar a chegada dos profissionais para o atendimento da ocorrência.