SERIE DE MÚSICA CLÁSSICA DO BRASIL, MÚSICA NO MUSEU

Serie de música clássica do Brasil, Música no Museu.   Música no Museu, iniciado em 1997, tornou-se a maior Serie de musica clássica do Brasil, reconhecido pelo RankBrasil, a versão brasileira do Guinness Book mudando a temporada no Brasil tradicionalmente de março a novembro e que, por nossa gestão,  passou de janeiro a dezembro sem interrupções. Seus números são impressionantes chegando … Leia Mais



Tempestade solar poderá deixar a Terra na escuridão total

Uma tempestade solar poderá causar escuridão total no planeta Terra, ocasionando o corte do fornecimento de eletricidade em todo o mundo. O fenômeno não pode ser previsto pelos meteorologistas, que só saberiam o que está por vir cerca de 15 minutos antes do fato. De acordo com a meteorologista britânica Catherine Burnett as ejeções de massa … Leia Mais


Ataque terrorista deixa mais de 200 mortos nesta sexta-feira (24) no Egito


Pelo menos 235 pessoas morreram nesta sexta-feira (24) em um ataque terrorista contra uma mesquita sufista no oeste da cidade de Al Arish, no norte da península do Sinai, no nordeste do Egito, segundo informou a televisão oficial egípcia.

Os terroristas colocaram artefatos explosivos de fabricação caseira ao redor da mesquita de Al Rauda, situada no distrito de Bear al Abd, nos arredores de Al Arish, e os detonaram na saída dos fiéis da oração da sexta-feira – dia sagrado para os muçulmanos -, detalhou uma fonte de segurança à Agência Efe, que acrescentou que as pessoas que conseguiram escapar foram baleadas pelos extremistas.

O ataque deixou, além disso, pelo menos 125 feridos. As ambulâncias chegaram rapidamente ao local, enquanto as forças de segurança egípcias buscam os responsáveis, indicou a fonte.O Ministério de Saúde elevou o alerta no serviço de ambulâncias e em todos os hospitais da província, segundo a agência de notícias “Mena”.

O presidente egípcio, Abdul Fatah al Sisi, está reunido com o Conselho de Defesa Nacional para analisar esse ataque à mesquita sufista, segundo a fonte de segurança. Além disso, a presidência egípcia declarou três dias de luto nacional pelas vítimas do ataque, que ainda não foi reivindicado por nenhum grupo extremista.

Na província do Norte do Sinai opera o braço egípcio do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), chamado Wilayat Sina, que reivindicou a maioria dos atentados ocorridos nos últimos anos no país.

Desde dezembro do ano passado, o Egito viveu uma série de atentados contra os cristãos coptas e o país se encontra em estado de emergência desde abril por conta dos atentados contra duas igrejas coptas no delta do Nilo. EFE

Fonte: Yahoo


Fim do Estado Islâmico é anunciado pelo presidente do Irã


Em um pronunciamento transmitido pela TV Estatal, nesta terça-feira (21), o presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou o fim do Estado Islâmico. Durante o pronunciamento, Hassan afirmou que a erradicação do Estado Islâmico só foi possível graças a uma luta conjunta entre o Irã, Síria, do Iraque e do Líbano.

“Hoje, com a guia de Deus e a resistência do povo da região, podemos dizer que este mal foi retirado da cabeça das pessoas ou foi reduzido. Claro que os restos permanecerão, mas a fundação e as raízes foram destruídas”, destacou Rouhani

O comandante da Guarda Revolucionária do Irã, Qassem Soleimani, reafirmou o fim do grupo extremista numa mensagem enviada ao líder supremo do país que foi publicada na Sepah News, o site de notícias dos Guardas.

Na última sexta-feira (17), as forças iraquianas retomaram a cidade de Rawa, que era dominada por extremistas, e indicaram o fim da condição impostas às terras do Iraque e da Síria.

Na semana passada, a mídia iraniana publicou fotos de Soleimani em Albu Kamal, no leste da Síria, a cidade que Soleimani disse ter sido o último território tomado ao Estado islâmico na região.

A Guarda Revolucionária, a força militar mais poderosa do Irã, tem apoiado o presidente sírio, Bashar al-Assad, e o governo de Bagdá há anos.


Número de mortos em terremoto na fronteira do Irã com Iraque passa dos 400


O número de mortos em um forte terremoto entre o Irã e o Iraque subiu para mais de 400. Há mais de 6 mil feridos. O violento tremor de terra aconteceu no último domingo (12), deixando além dos mortos outras 3.950 feridas em apenas uma montanhosa região do Irã, de acordo com a imprensa estatal. O governo de Bagdá, por sua vez, confirmou ao menos 7 mortes e 535 feridos do seu lado da fronteira.

O tremor de magnitude 7,3 teve como epicentro uma área 31 quilômetros distante da cidade iraquiana de Halabja, no leste do país, segundo o Centro de Pesquisa Geológica dos EUA. Ele ocorreu a uma profundidade de 23,2 quilômetros.

O fenômeno foi sentido bem a oeste na costa do Mediterrâneo. Os piores estragos, porém, aparentemente se concentraram na província de Kermanshah, no oeste do Irã, situada nas Montanhas Zagros, que dividem Irã e Iraque. Moradores dessa região rural são em sua maioria agricultores e têm criações de animais.

A imprensa estatal iraniana informou sobre o aumento no número de vítimas no início desta segunda-feira (13) e disse que as buscas serão aceleradas durante o dia. O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, enviou suas condolências às vítimas e pediu que as equipes façam todo o possível para ajudar os afetados, segundo a imprensa estatal.

A agência semioficial ILNA afirmou que ao menos 14 províncias do Irã foram afetadas pelos tremores. Autoridades informaram que as escolas nas províncias de Kermanshah e Ilam não abririam hoje. O Irã fica sobre grandes falhas geológicas e está sujeito a tremores quase diários. Em 2003, um terremoto de magnitude 6,6 na cidade de Bam deixou 26 mil mortos. O último grande tremor no país havia ocorrido em agosto de 2012 e deixou mais de 300 mortos.

No Iraque, um porta-voz do governo, o general Saad Maan, afirmou que todas as mortes registradas em seu país haviam ocorrido na região semiautônoma curda, no norte. Os tremores sacudiram prédios e casas em outras regiões do Iraque, de Irbil e Bagdá e foram sentidos até mesmo na província de Âmbar, no extremo oeste do país.

O primeiro-ministro Haider al-Abadi emitiu diretrizes para as equipes da Defesa Civil responderem ao desastre natural. O Crescente Vermelho já enviou 33 caminhões com ajuda para áreas afetadas, com tendas, aquecedores, colchões e cobertores, bem como alimentos. A Turquia envia ajuda ao Iraque e disse que pode ajudar o Irã caso Teerã faça um pedido. Com informações Associated Press.

 


Imagem escura semelhante ao coração aparece na superfície do sol; confira


Várias figuras se formam periodicamente na superfície do sol, cujo aspecto faz lembrar aves, setas gigantes, continentes e outros objetos da Terra. Na madrugada desta terça-feira (03), na superfície solar surgiu mais uma figura deste tipo, que se parece com um “coração”. Permaneceu durante algumas horas antes de “se dissolver” no espaço adjacente.

A imagem semelhante a uma espécie de “coração”, foi formado por linhas do campo magnético, cujo centro está voltado para a Terra, segundo o Laboratório de Astronomia de Raios X do Sol, do Instituto Físico Lebedev da Academia de Ciências da Rússia.Tais “desenhos” aparecem na superfície solar por acaso, resultando de interações complexas de campos magnéticos em seu núcleo e na superfície.

“Os campos magnéticos formaram por acaso na superfície de nossa estrela uma figura incomum. O contorno externo da figura foi “desenhado” por laços magnéticos, que são as zonas escuras, enquanto no centro do coração se pode ver uma zona quente ativa e brilhante. A figura tem cerca de um milhão de quilômetros quadrados de tamanho”, indicam os cientistas.

Este não é o primeiro “coração” a ser descoberto por cientistas. A estrutura mais interessante e constante deste tipo foi encontrada em Plutão em julho de 2015 pela sonda espacial New Horizons. Segundo acreditam especialistas, uma estrutura semelhante pode existir no planeta anão 2010 JO179, descoberto recentemente atrás da órbita de Netuno.

Com informações do Sputnik.


Astrônomo confirma o fim da terra neste sábado (23) após impacto com outro planeta


O suposto planeta Nibiru se aproxima inevitavelmente da Terra e o mundo que conhecemos poderia ser eliminado em 23 de setembro de 2017, declara um astrônomo cristão que cita a numerologia bíblica. O astrônomo se chama David Meade e já provocou um caos na Internet.

Nibiru é um planeta de grande intensidade magnética cuja existência ainda não foi confirmada pelos cientistas, mas que ganhou o fervor de teorias conspiratórias. O famoso e misterioso planeta, também conhecido como Planeta X, poderia ter chegado ao nosso Sistema Solar e estar a ponto de colidir com a Terra.

Segundo o astrônomo, a enorme massa do planeta poderia ser a razão dos últimos desastres naturais que temos testemunhado nos meses de agosto e setembro, desde o imponente eclipse solar nos Estados Unidos até o furacão Irma, terremoto no México e mais furacões como José e Maria.

A partir da teoria de Meade, no YouTube estão aparecendo vídeos sobre o tema e páginas web evangélicas que fazem referência à Bíblia. Precisamente, ao livro do Apocalipse 12:1-2.

“Apareceu no céu um sinal extraordinário: uma mulher vestida de Sol, com a lua debaixo dos seus pés e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça. Ela estava grávida e gritava de dor, pois estava para dar à luz”, diz a passagem.