Objeto estranho ilumina o céu no Canadá; veja vídeo

Os céus do Canadá foram iluminados por um objeto estranho quando um potente relâmpago atingiu a Colúmbia Britânica, conforme informou um portal de informações local. As pessoas que tiveram a sorte de testemunhar o fenômeno ficaram intrigadas, sem saber do que se tratava. Uns estimavam a passagem de um meteorito, outros de uma visita extraterrestre. … Leia Mais



Bebês podem pegar herpes em contato com a boca do adulto; entenda

Bebês têm o sistema imunológico muito fraco e sensível, e nem sempre conseguem combater vírus e bactérias dos adultos. Por isso, é muito comum que eles fiquem doentes por terem sido infectados ao entrarem em contato com pessoas portadoras de certas doenças. No caso da herpes, a infecção pode se tornar grave, se a criança … Leia Mais


Nasa abre vaga de defensor planetário para evitar invasão alienígena

Com o intuito de proteger a Terra de invasões alienígenas, a Nasa abriu vaga para contratar um oficial de proteção planetária, que terá também a função de proteger outros planetas de ações humanas.  O salário anual oferecido fica entre 124 mil a 187 mil dólares (cerca de R$ 386 mil a R$ 582 mil). A informação … Leia Mais


Estudo: aquecimento global causará ‘ondas mortais’ de calor


Um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusets (MIT) divulgado nesta quarta-feira (2) aponta que as ondas de calor provocadas pelo aquecimento global serão tão intensas que poderão dizimar vidas no sul da Ásia. A pesquisa foi publicada na revista científica “Science Advances”.

Os cientistas utilizaram simulações de computador para chegar aos resultados assustadores. “Sem uma diminuição drástica da temperatura, os efeitos mais devastadores do aquecimento global vão atingir as populações mais vulneráveis”, disseram os pesquisadores.

A característica mortal deste efeito é decorrente da combinação entre alta temperatura e umidade. De acordo com o G1, quando este fenômeno ocorre, o corpo não consegue equilibrar a temperatura interna por meio do suor.

Os pesquisadores alertam que as regiões menos favorecidas economicamente podem sofrer as consequências de forma mais drástica, pois não contam com proteções adicionais.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

 


Mulher perde parte do couro cabeludo e sofre queimaduras ao usar produto químico


A inglesa Kirsty Weston, de 29 anos, perdeu parte do couro cabeludo e sofreu queimaduras graves na cabeça ao usar um produto químico. A jovem declarou que sua ideia era acompanhar uma moda conhecida como “cabelo unicórnio” na sua cidade, em Watford, na Inglaterra. Para isso, ela comprou um kit de tingimento e aplicou o produto em casa.

Kirsty disse que seguiu a instrução repassada pelo fornecedor, mas começou a sentir uma ardência logo após aplicar o produto. “Em 15 minutos, o meu cabelo estava literalmente liberando fumaça. A dor era tão forte que eu senti que ia desmaiar. Aconteceu de repente e foi ficando pior rapidamente”, contou a inglesa, em reportagem publicada no “Daily Mail”.

No dia seguinte, o rosto da mulher inchou e ela procurou uma emergência, onde foi tratada com antibiótico. Ainda sentindo dor, ela voltou ao hospital, onde os médicos constataram as queimaduras severas no couro cabeludo. Kirsty foi submetida a diversas cirurgias e não terá mais cabelo nas áreas queimadas.


Asteroide gigante não detectado passa bem perto da Terra


Um asteroide do tamanho de um avião de grande porte esteve muito perto da Terra, passando a 124 mil quilômetros de distância do nosso pequeno planeta azul. E os astrônomos não tinham menor ideia da sua existência até esta quinta-feira (27), três dias depois de sua passagem.

Para se ter uma noção do espaço, a lua está a 384.400 quilômetros de distância e alguns satélites em órbita terrestre alta já se afastaram a 320 mil quilômetros do nosso planeta natal.

 O asteroide tinha 25 metros de largura (mais ou menos três ônibus) e 78 metros de comprimento (aproximadamente a envergadura de um Boeing 747). O objeto passou pela Terra sem ser detectado devido à sua superfície escura e não reflexiva, dificultando a sua visualização nos telescópios.

A modo de comparação, o asteroide que explodiu nos arredores de Chelyabinsk, na Rússia, em 2013, que feriu quase 1.500 pessoas e causou dezenas de milhões de dólares em danos, era de 17 e 20 metros de comprimentos.

O incidente, portanto, é um motivo de preocupação. Um asteroide desse tamanho, ao atingir uma cidade, pode provocar a morte de centenas de milhares de pessoas. O meteoro de Tunguska, em 1908 por exemplo, destruiu 1240 quilômetros quadrados de floresta na Sibéria e liberou mil vezes mais energia do que a bomba atômica que foi lançada contra Hiroshima, no Japão, em 1945.

A Nasa estima ter descoberto 90% de todos os objetos nas proximidades da Terra e maiores que um quilômetro de comprimento. No entanto, há inúmeros asteroides menores que ainda podem causar danos catastróficos à humanidade se atingirem a Terra.

“Os astrônomos encontram asteroides próximos à Terra todos os dias e a maioria é inofensiva. Mas ainda é possível que o próximo Tunguska nos surpreenda e, apesar de sermos muito melhores em encontrar asteroides maiores, isso não nos ajuda se não estivermos preparados para fazer algo sobre eles”, disse Alan Fitzsimmons, especialista em asteroides da Queen’s University em Belfast, em junho.

Com informações do Sputnik Brasil.

 


Constelação de Virgem revela sinal extraterrestre


Na semana passada, os astrônomos do projeto SETI comunicaram sobre um sinal inédito recebido da estrela GJ 447 na constelação de Virgem, após o que os cientistas conseguiram verificar a existência do sinal, comunica o canal 360.

Os cientistas realizaram estudos adicionais do sinal com uso do telescópio de Arecibo e confirmaram a informação sobre a sua existência, comunica o portal da Universidade de Porto Rico.

Os cientistas revelaram que no setor onde está a estrela GJ 447 passam as órbitas de muitos satélites geoestacionários da Terra, que transmitem sinais em frequências semelhantes à do sinal extraterrestre.
Os cientistas ainda admitem a possibilidade da origem extraterrestre do sinal, mas é mais provável que ele seja enviado por um dos satélites.

O “sinal Wow!”, que foi recebido em 1977 da constelação de Sagitário, foi o que lembrava mais que todos uma mensagem enviada por uma civilização extraterrestre. Mas os cientistas depois perceberam que ele era um reflexo de lixo espacial.

Entretanto, os cientistas não perdem a esperança. A NASA e o SETI estão convencidos que a missão de descoberta de vida extraterrestre pode ser cumprida nas próximas décadas. Com informações do Sputnik.


Atentado suicida mata 10 pessoas em mesquita na Nigéria


Pelo menos dez pessoas morreram nesta segunda-feira (17) em um atentado suicida em uma mesquita na cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria. O atentado foi realizado supostamente por uma mulher que se sacrificou às 5h30 (horário local, 1h30 em Brasília) durante a hora da oração no sempre muito cheio centro religioso. As informações são da agência de notícias EFE.

Aparentemente, a mulher detonou os explosivos que levava junto ao corpo na porta da mesquita quando os guardas tentavam fazer uma revista de segurança.

Trata-se do quinto atentado terrorista cometido por suicidas em menos de uma semana nesta cidade, alvo permanente do grupo jihadista Boko Haram.

Na quarta-feira passada, morreram 19 pessoas em quatro ataques quase simultâneos realizados também por mulheres, aparentemente integrantes do mesmo grupo.