Diego Costa morde jogador e é expulso na Inglaterra; veja vídeo

Diego Costa teve uma tarde descontrolada neste sábado (12). Em partida que o Chelsea perdeu para o Everton por 2 a 0, o brasileiro levou uma entrada dura do jogador Barry e partiu para cima dele, mordendo o pesoço do jogador. O juiz deu cartão vermelho ao brasileiro naturalizado espanhol. Antes disso, aos 10 minutos … Leia Mais


Quênia ameaça não participar da Rio-2016 por causa do zika

Para país africano, saúde dos atletas é mais importante que os jogos O diretor do Comitê Olímpico do Quênia, Kipchoge Keino, disse nesta terça-feira (9) que o país pode desistir de participar da Olimpíada de 2016, no Rio, em agosto, por causa da proliferação do vírus zika no Brasil. “Se o vírus zika atingir níveis … Leia Mais



Presidente do Vitória confirma renovação com a Globo


Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O presidente do Vitória, Raimundo Viana, confirmou na noite desta segunda-feira (22) a renovação de contrato com a TV Globo para a transmissão do Campeonato Brasileiro até 2020.

“Fomos um dos primeiros a assinar esse documento. Não posso entrar em detalhes de números, pois temos cláusula de confidencialidade. Consideramos a Rede Globo uma grande parceira e consideramos que a operação foi vantajosa para o Vitória e para a Globo”, disse Viana, em entrevista ao programa “Papo de Tillé”, da Rádio Metrópole FM 101,3.

No acordo com a Vênus Platinada, foram negociados os direitos de transmissão em TV fechada pelo canal SporTV e também em pay-per-view. O vínculo anterior com a Globo iria expirar em 2018. (BN)


Trio de ataque funciona e Bahia vence Juazeirense


Raul Spinassé | Ag. A TARDE

Doriva deve estar orgulhoso do trio de atacantes do Bahia. O tricolor venceu o Juazeirense na Arena Fonte Nova, na noite desta quinta-feira (18), por 3 a 1 com gols de Edigar Júnio, Luizinho e Hernane, descontando Ebinho para a equipe do interior baiano, em partida válida pela Copa do Nordeste.

O resultado deixou o tricolor baiano líder do grupo C com 6 pontos e manteve a equipe com 100% de aproveitamento na temporada, com quatro triunfos.

O Bahia volta a campo contra o Colo-Colo no domingo, 21, às 17h, no estádio Mário Pessoa, pelo Baianão. Já o Juazeirense enfrenta o Feirense, às 16h, em Juazeiro.

Ataque funciona

O primeiro tempo começou com atraso de 19 minutos. Juazeirense estava com o uniforme da mesma com dos árbitros, que foram se trocar. Mas eles não tinham outro padrão e tiveram que esperar novas camisas chegarem.

Com a bola rolando, o Bahia foi amplamente superior ao Juazeirense. Com Gustavo Blanco fazendo uma boa partida, e o ataque funcionando, os gols foram acontecendo de forma natural.

O primeiro foi aos 26 minutos. Em bela troca de passes do ataque tricolor, Luisinho deixou Tinga – que estreou bem – em ótima condição, e o lateral cruzou rasteiro na área para Edigar Junio só ter o trabalho de tocar para o fundo da rede.

O gol animou o tricolor, que trocava passes com agilidade, principalmente pela direita, com Tinga. Oas 34, a zaga do Juazeirense falha e bola sobra para Luisinho, que deixa Hernane de frente para o crime. O Brocador chuta forte e amplia.

Marcelo Lomba era apenas um espectador privilegiado do jogo. Aos 41, pênalti para o Bahia. Hernane, o batedor oficial, entregou a bola para Luisinho, que havia perdido o pai recentemente. O jogador cobrou com categoria e se emocionou ao homenagear o pai, sendo saudade pelos companheiros.

Segundo tempo sonolento
O Bahia diminuiu o ritmo no segundo tempo, tornando a partida com poucas emoções. Doriva teve que tirar Hernane, com dores no ombro, e colocou Zé Roberto. A torcida aplaudiu o atacante tricolor.

Aos 17 minutos, Elvis desceu pela direita e tentou o passe, a bola desviou em feijão e sobrou para Ebinho diminuir o placar. A partir daí, a equipe do interior foi para cima, mas não conseguia assustar o tricolor.

O técnico Doriva ainda se irritou com a apatia do time no segundo tempo. Com o resultado a favor, o Bahia ficou trocando passes esperando o tempo passar.

A Tarde

Bahia é pressionado pela Santa Cruz, mas vence


Foto: Marlon Costa/Futura Press/Folhapress

Na estreia da Copa Nordeste o Bahia exorcizou o fantasma do Santa Cruz, neste domingo (14), em Recife, no Arruda, ao vencer por 1 a 0. Em 2015, o time pernambucano ganhou as duas partidas contra o tricolor baiano na Série B. Com o resultado o Esquadrão larga na frente no Grupo C da Copa. Apenas o 1º colocado de cada grupo avança para próxima fase, junto com os três melhores segundos colocados.

O Jogo
No primeiro tempo, o Santa Cruz mandou melhor e deu sufoco no Bahia. A equipe pernambucana conseguiu se manter no campo de ataque, mas esbarrou nas defesas de Marcelo Lomba. Logo ao 6 minutos o goleiro se esticou para salvar um chute de João Paulo que tinha endereço certo.

O Bahia, apesar de pouco incomodar o Santa Cruz, conseguiu aproveitar bem uma das duas chances claras de gol que teve. Aos 20 minutos Juninho acertou um chutaço de fora da área. No final do 1º tempo Hernane, sozinho com o goleiro, perdeu uma grande oportunidade de ampliar o placar. O atacante chutou para fora.

No segundo tempo, o ritmo diminuiu, o Santa Cruz continuo com mais posse de bola, mas o Bahia soube se defender bem. Hernane perdeu outra chance clara de gol aos 8 minutos. Ele recebeu na área e na saída do goleiro Tiago Cardoso, tocou por cima e bola foi no travessão.

Já aos 15 minutos o Santa teve um gol anulado, corretamente. Na cobrança de falta, Alemão desvia de cabeça a bola para o gol, mas ele estava impedido.

E se no primeiro tempo Lomba salvou o Bahia com suas defesas, no segundo a trave foi amiga do time. Foram dois lances de ataque do Santa que terminaram na trave ou no travessão. Aos 30 minutos Danny Morais subiu mais que todo mundo após cobrança de escanteio e cabeceou, mas a bola foi no travessão. E já no final o zagueiro Alemão, também após cobrança de escanteio, mandou a bola na trave.
Santa Cruz x Bahia – 1ª Rodada da Copa do Nordeste

Local: Estádio do Arruda, no Recife (PE)

Data: 14/02/2016
Horário: 16h
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Maxwell Rocha da Silva (ambos de AL)
Cartões amarelos: Wellington Cézar, Vitor (Santa Cruz) / Gustavo, Hernane, Hayner, João Paulo, Zé Roberto (Bahia)
Gols: Juninho (Bahia)

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vitor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé (Raniel) e João Paulo; Lelê (Keno), Wallyson e Grafite (Bruno Moraes). Técnico: Marcelo Martelotte

Bahia: Marcelo Lomba; Hayner, Éder, Gustavo (Robson) e João Paulo (Yuri); Feijão; Danilo Pires, Juninho, Luisinho e Edigar Junio (Zé Roberto); Hernane. Técnico: Doriva

A Tarde

Bach diz que nenhum país pretende se ausentar do Rio-2016 por causa do zika


O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, voltou a rejeitar as especulações de que os Jogos do Rio-2016 possam ser desfalcados por conta da epidemia do vírus zika. Nesta sexta-feira, antes da abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude, em Lillehammer, na Noruega, o dirigente máximo do movimento olímpico garantiu que não existe risco de boicote ao Rio.

“Não existe a intenção de nenhum comitê olímpico nacional de desistir dos Jogos Olímpicos do Rio. Isso não exclui que estamos levando a situação de forma muito séria”, disse Bach aos jornalistas.

O presidente do COI ainda garantiu que a entidade tem “plena confiança nas muitas ações que estão sendo tomada pelas autoridades brasileiras e internacionais e pelas organizações de saúde”. “Estamos muito confiantes de que os atletas e os espectadores vão encontrar condições seguras no Rio.”

Nos últimos dias, a imprensa internacional tem publicado depoimentos de atletas demonstrando preocupação com a epidemia do vírus zika, que, até o que se sabe até agora, pode causar o nascimento de bebês com microcefalia. Por isso, as mulheres grávidas ou que pretendem engravidar foram o principal grupo de risco.

Entre as atletas que demonstraram preocupação com a epidemia de zika, que afeta mais Pernambuco do que o Rio, está a goleira da seleção norte-americana de futebol, Hope Solo, que disse que, se a Olimpíada fosse hoje, não viria ao Rio. Os Jogos, entretanto, serão em agosto, inverno no Brasil, quando a proliferação do mosquito transmissor, o mesmo da dengue, é muito menor.

“A Organização Mundial de Saúde não recomendou que não se viaje ao Brasil. Todos os especialistas concordam que as temperaturas no verão brasileiro, quando os Jogos vão acontecer, vão proporcionar uma situação muito diferente”, completou Bach.

Um dia antes, na quinta, o diretor médico do COI, Richard Budgett, concedeu entrevista à agência de notícias The Associated Press que “tudo que poderia ser feito estão sendo feito” para contar o zika.

Estadão Conteúdo

Médico alemão diz que Zika não ameaça Olimpíada no Brasil


De acordo com o principal médico da delegação alemã que estará presente nas Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro, Dr. Bernd Wolfarth, a epidemia de Zika vírus no país sede dos próximos jogos precisa ser monitorada, mas não chega a ser uma ameaça aos Jogos Olímpicos. No entanto, o médico diz que cabe aos atletas decidirem se querem, ou não, comparecer ao principal evento esportivo do mundo.

“Tirando o fato de que os atletas decidem por si mesmos, e com toda a liberdade, se irão ou não competir, deve-se agora acompanhar os desdobramentos (do vírus) com muita atenção”, afirmou.

O vírus, que é transmitido pelo mosquito Aedes Aegypit, responsável também pela transmissão da dengue e da chikungunya, está sendo ligado a casos de microcefalia, e vem gerando um alerta mundial, e está chamando a atenção das delegações que se preparam para vir ao Brasil no próximo mês de agosto.

O Zika ainda não possuí um tratamento direcionado, e a vacina está em fase de pesquisas ainda. O combate ao surto da doença se resume à erradicação dos focos de proliferação do mosquito.