Jornalista esportivo Fernando Vanucci morre aos 69 anos

Morreu nesta terça-feira (24) em São Paulo, aos 69 anos, o jornalista Fernando Vanucci. Locutor, apresentador e comentarista esportivo, ele deixa quatro filhos. A causa da morte não foi divulgada. Velório e sepultamento devem ocorrer no Rio de Janeiro. O jornalista passou mal pela manhã, socorrido pela empregada e levado ao Pronto Socorro Central de … Leia Mais






Prefeitura de Simões Filho abre inscrições para o maior programa esportivo da cidade


A Prefeitura abre inscrições para o maior Programa esportivo já realizando na cidade, o Simões Filho Esporte, que oferta a prática de diversas modalidades.  Os interessados em participar das atividades devem se dirigir ao Ginásio de Esportes, de segunda a quinta, das 08h às 12h e das 13h às 17h, e as sextas das 08h às 13h.
As atividades esportivas são coordenadas pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv), voltadas paras todos os públicos (crianças, jovens, adultos, idosos e pessoas com deficiência) e entre as modalidades ofertadas estão: Futsal, Vôlei, Handebol, Fitdance Basquete, Balé, GR – Ginástica Rítmica, Judô, Karatê, Jiu-Jitsu, Kickboxing, Futebol, Futsal, Skate, Atletismo e Ginástica Aeróbica.
Para realizar a inscrição é preciso ter em mãos os seguintes documentos: identidade, 2 fotos 3×4, comprovante de residência e atestado médico. No caso dos menores de idade, será necessário apresentar atestado escolar e cópia do documento de identidade do responsável.
As aulas são ministradas em diversos pontos da cidade, entre eles no Ginásio de Esportes; Centro Social Sedesc; Associação da Pitanguinha; Clube União; Praça da Bíblia – Centro; Praça Claudionor Rodrigues Viana – Qd. 4, Cia I e no Centro Comunitário Cristo Rei.

Sorteio da Lotofácil da Independência tem 33 ganhadores


Trinta e três pessoas acertaram os 15 números da Lotofácil da Independência que sorteou R$ 95 milhões. O concurso foi realizado nesta sexta-feira (6). Segundo a Agência Brasil, cada acertador, dos 33 ganhadores, vai receber pouco mais de R$ 3 milhões. Os números sorteados foram: 02, 03, 05, 06, 07, 08, 09, 13, 14, 16, 18, 22, 23, 24 e 25.

Houve 5.589 apostas com 14 acertos e cada um ganhou R$ 1.786,85; 206.981 tiveram 13 acertos e receberam R$ 20; 2.504.156 apostas fizeram 12 pontos e ganharam R$ 8 e 12.782.296 fizeram 11 acertos e levaram R$ 4.

O próximo sorteio da Lotofácil, que não será um prêmio especial como o deste sábado, será na segunda-feira (9) e tem um prêmio estimado de R$ 2 milhões. As apostas custam R$ 2.

Bahia Noticias


Bahia perde para o Grêmio e cai nas quartas da Copa do Brasil


Não deu, Baêa. Na noite desta quarta-feira (17), repetiu-se a já irritante sina do Esquadrão na Copa do Brasil de ser eliminado sempre nas quartas de final.

Depois de empatar em 1×1 em Porto Alegre, o Bahia perdeu por 1×0 para o Grêmio, na Fonte Nova. Foi a sexta queda do tricolor nessa fase.

Repetiu-se, assim, a campanha de 2018, quando o algoz foi o Palmeiras. Agora só resta a Série A, que já tem jogo no sábado (20), às 17h, na Fonte Nova, contra o Cruzeiro.

O duelo desta quarta teve alguns personagens. O principal dele Moisés. O lateral esquerdo falhou no único gol do Grêmio, aos 18 minutos do segundo tempo.

Depois, foi expulso ao tocar em Alisson na linha da área tricolor quando era o último homem na marcação.

É mata-mata

Foi um primeiro tempo, de fato, de mata-mata. Dois times se estudando e trocando passes sem querer correr riscos. Diante disso, qual seria o resultado? Pouca, ou nenhuma, emoção em campo.

Para se ter ideia, o primeiro chute a gol só veio aos 25 minutos, e foi do Bahia. Ramires cobrou falta para a área, Kannemann desviou e no rebote Lucas Fonseca chutou rasteiro. Paulo Victor pegou.

Mesmo jogando em casa, o Esquadrão ligou o seu ‘modo mata-mata’ que tem-se visto nessa Copa do Brasil: time inteiro na intermediária marcando e apostando no contra-ataque em velocidade.

Não deu certo. Gilberto até que tentou várias vezes fazer o eficiente pivô para a passagem de Artur e Elber, mas a conexão não saiu limpa. Só aos 34, quando Douglas lançou, o camisa 9 escorou e o baixinho chutou longe.

Com mais posse de bola, o Grêmio foi entendendo o jogo e crescendo aos poucos. Com paciência para trocar passes, em algum momento conseguiria entrar na área.

Para que a posse gremista fosse tão grande contribuiu, e muito, o fato do Bahia simplesmente entregar a bola ao adversário. Sempre que dominava, o tricolor forçava o passe. Sem capricho, saía frequentemente errado.

Mas, assim como o Bahia, o Grêmio só assustou uma vez. Aos 42, Jean Pyerre fez bela jogada individual na entrada da área se livrando de dois marcadores e tocou para André. Ele chutou no canto, mas Douglas espalmou para fora.

Esquadrão teve poucas chances de marcar (Foto: Arisson Marinho / CORREIO)

Dois vacilos

No início do segundo tempo, mais jogo de mata-mata. Foram 15 minutos sem qualquer chute, nem mesmo para fora. O jejum acabou numa linda jogada de Arthur Caíke, que acabara de entrar. Ele recebeu na área e tentou o lençol sobre Cortez. Na hora de chutar, o lateral se recuperou e desviou finalização.

A diferença era que, naqueles primeiros minutos, a posse de bola não era mais só do Grêmio. O Esquadrão passou a espalhar mais a equipe pelo campo e começou a ocupar a intermediária ofensiva.

Curioso foi que a estratégia montada pelo Esquadrão para morder o time gaúcho acabou mordendo o próprio tricolor.

Aos 18, o Bahia foi ao ataque para cobrança de escanteio, mas Paulo Victor ficou com ela. No contra-ataque, Alisson ficou esperando o passe nas costas de Moisés.

O lateral vacilou e não o notou. Matheus Henrique, sim. O meia acertou um belo passe. O atacante, por sua vez, levou para o meio, passou por Moisés e Arthur Caíke e chutou: 1×0.

A vida de Moisés podia ficar pior, e ficou. De novo no contra-ataque.

Aos 27, Alisson partiu em velocidade com Moisés tentando acompanhar. Na entrada da área, o lateral tocou nele e o atacante caiu na área. Inicialmente, o árbitro apontou o pênalti. Teve VAR.

Três minutos depois, voltou atrás da decisão e expulsou Moisés, já que era o último homem na marcação.

O Tricolor ainda teve uma chance preciosa para empatar. Foi aos 38 minutos: Nino Paraíba cruzou em direção à área e Fernandão, que havia acabado de entrar, subiu. A bola raspou a trave.

Enfim, a expulsão prejudicou qualquer reação do Bahia. Resta a Série A.

FICHA DA PARTIDA

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Elton (Shaylon) e Ramires (Fernandão); Artur, Gilberto e Elber (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Rômulo) e Jean Pyerre (Luan); Alisson (Pepê), André e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

Estádio: Fonte Nova
Gols: Alisson, aos 18 minutos do 2º tempo
Cartões amarelos: Gregore, Fernandão, Gilberto e Elton (Bahia); Everton, Matheus Henrique, Maicon e Kannemann (Grêmio)
Cartão vermelho: Moisés

Público: 46.663 torcedores
Renda: R$ 1.349.590,50
Árbitro: Braulio da Silva (SC), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Pires (GO)

Correio


Bolsonaro ‘vai pra galera’ e comemora título da Seleção Brasileira


O presidente Jair Bolsonaro comemorou o título da Copa América junto com os jogadores da seleção, no gramado do Maracanã. Bolsonaro ficou ao lado dos atletas logo após eles terem recebido a taça da competição, as medalhas pela conquista e os prêmios individuais – Alisson foi eleito o melhor goleiro, Daniel Alves o melhor jogador e Everton “Cebolinha”, o artilheiro da competição.

Bolsonaro assistiu à partida em um camarote do Maracanã, ao lado dos ministros Paulo Guedes (Economia) e Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), dos filhos Eduardo e Flávio e de outras autoridades. A presença dele na arquibancada teve tanto aplausos como vaias do público. Gritos de “mito” podem ser ouvidos no vídeo postado na conta do presidente no Twitter.

Vídeo incorporado
Por Olavo Soares – Gazeta do Povo

Brasil vence Peru e conquista seu nono título de Copa América


Após seis anos de espera, o brasileiro tirou o grito da garganta. Com gols de Everton, Gabriel Jesus e Richarlison, o Brasil bateu o Peru por 3 x 1 e conquistou seu nono título de Copa América. Guerrero descontou para os peruanos.

Além do primeiro título desde a conquista da Copa das Confederações de 2013, a vitória deu a Tite seu primeiro troféu como treinador da Seleção Brasileira.

Primeiro tempo

Com o Maracanã lotado e a Seleção atrás de seu primeiro título desde 2013, os comandados de Tite sentiram o peso do jogo: nos minutos iniciais o Peru dominou as ações. Mas em um lance individual de Gabriel Jesus, pelo lado direito, tudo mudou.

O camisa 9 dançou para cima de Trauco e cruzou na medida para Everton abrir o placar. Com o gol, Cebolinha se isolou na artilharia da competição com três gols.

CBF Futebol

@CBF_Futebol

O DETALHE DO GOL!

Mais uma boa jogada de Gabriel Jesus na Copa América! Criou a jogada pela direita e cruzou na medida para Everton completar.

É o terceiro gol de Everton na Copa América!!

🇧🇷 1 x 0 🇵🇪 |

496 pessoas estão falando sobre isso

O Brasil se encontrou em campo após o gol. Pelos lados, com Jesus e Everton, a Seleção incomodou a zaga peruana.

O time de Gareca se assustou novamente após cruzamento de Alex Sandro. Firmino subiu mais do que o zagueiro, mas mandou por cima do gol.

Em uma rara jogada de ataque do Peru, Cueva tabelou com Flores e a bola pegou no braço de Thiago Silva, dentro da área. Pênalti convertido por Guerrero e o primeiro gol sofrido pelo time de Tite na Copa América.

Selección Peruana 🇵🇪

@SeleccionPeru

¡GOOOOOL de Paolo Guerrero! La @SeleccionPeru 🇵🇪 iguala el marcador 1-1 a los 43’ de juego. ¡Unidos por la gloria! 🙌⚽️ 💪

1.047 pessoas estão falando sobre isso

Quando o primeiro tempo se encaminhava para seu fim, um erro da zaga peruana custou caro. Arthur invadiu a intermediária e encontrou Jesus. Iluminado, o camisa 9 corou sua boa atuação na primeira etapa com um belo gol.

CBF Futebol

@CBF_Futebol

INTERVALO!

🇧🇷 2 x 1 🇵🇪 |

Foto: Pedro Martins / MoWA Press

310 pessoas estão falando sobre isso

Segundo tempo

O Peru, que começou a partida apertando a saída de bola brasileira, passou a mostrar suas limitações. No início da etapa complementar Coutinho fez bela jogada ao arrancar da intermediária brasileira até a área peruana. Na hora do chute foi travado, Jesus ficou com a sobra a acionou Firmino. O atacante do Liverpool bateu cruzado, mas mandou para fora.

CBF Futebol

@CBF_Futebol

2T 08min – QUAAAAASE! Coutinho arranca, tenta o chute e é travado. Gabriel já recupera, dá no Firmino, que chuta para fora!

🇧🇷 2 x 1 🇵🇪 |

34 pessoas estão falando sobre isso

Por volta dos 20 minutos, o Peru tentou apertar. Cueva passou a encontrar espaços na defesa brasileira e criou. A blitz peruana ganhou ânimo com a expulsão de Gabriel Jesus. O camisa 9 se estranhou com Adivíncula, chegou para a divida com o cotovelo elevado e levou seu segundo amarelo.

Brazil-v-Peru-Final-Copa-America-Brazil-2019-1562535383.jpg

Com o vermelho para o atacante, Tite mexeu na equipe. Saiu Firmino para a entrada de Richarlison. Além do camisa 20 saiu também Coutinho para a entrada Militão, zagueiro do Porto. Assim Dani Alves foi adiantado ao meio de campo para fazer a armação.

Após as mudanças, o Brasil passou a ter o controle da bola novamente.

A tranquilidade chegou com o terceiro e derradeiro gol. Everton arrancou e invadiu a área. O zagueiro peruano desistiu da jogada e foi no corpo do atacante gremista. Richarlison converteu a cobrança e garantiu o título da Copa América para o Brasil.

CBF Futebol

@CBF_Futebol

O DETALHE DO GOL! Pênalti em cima de Everton no finalzinho da partida. Richarlison foi para a cobrança e, com muito estilo, marcou o terceiro gol brasileiro!

🇧🇷 3 x 1 🇵🇪 |

Onefootball
Marcos Monteiro