Câmara ficará restrita durante semana de votação do impeachment

A Câmara dos Deputados vai restringir o acesso ao público entre os dias 11 a 21 de abril, período em que deve ser votado em Plenário o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. As medidas adotadas alteram as formas de acesso às dependências da Casa e de credenciamento de imprensa, entre outras. Segundo a … Leia Mais


Lula ironiza delação de empreiteira: “Está me cheirando ao Big Borther”

Lula diz não tem orgulho de não possuir diploma universitário, entretanto frisou que ele e seu vice-presidente, nos dois mandatos, que também não teve diploma universitário, vão “entrar para a história como o governo que mais fez universidades nesse país” O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ironizou, na sexta-feira (8), as delações premiadas feitas … Leia Mais


Análises indicam que não há votos mínimos para impeachment

Diante do andamento do processo de impeachment na Câmara de Deputados, são realizados levantamentos para apontar se o processo seria aprovado neste momento. O instituto Datafolha divulgou, nesta sexta, 8, um parecer sobre os votos dos parlamentares. O mesmo tem feito o jornal Estadão diariamente. Apesar de divergir em números, as duas pesquisas apontam que … Leia Mais


Juiz manda intimar Dilma e novo ministro em ação sobre ‘vazamento’

O juiz federal Augusto César Pansini Gonçalves mandou intimar a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Justiça, Eugênio Aragão, em ação popular movida pelo deputado Fernando Francischini (SD-PR). O processo corre na Justiça Federal do Paraná e foi protocolada no fim de março. O magistrado mandou a ação seguir com urgência. O processo ajuizado … Leia Mais


Explosão no Rio de Janeiro mata cinco pessoas e deixa 18 feridas

Pelo menos cinco pessoas morreram e 18 ficaram feridas após uma grande explosão num conjunto habitacional no bairro Fazenda Botafogo, às margens da Avenida Brasil, no Subúrbio do Rio de Janeiro. Segundo as primeiras informações da Defesa Civil, o acidente foi causado por um vazamento na tubulação de gás da CEG, a concessionária fornecedora de … Leia Mais


Defesa de Dilma à Comissão do Impeachment será entregue nesta tarde


O prazo para a presidenta Dilma Rousseff apresentar sua defesa, por escrito, na comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o processo de impeachment, termina nesta segunda-feira (4), quando deverá ser realizada a décima e última sessão ordinária da Casa destinada à contagem de prazo para que defesa da presidenta seja apresentada.

Com a defesa em mãos, o relator dos trabalhos da comissão, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), vai elaborar o parecer, que será votado pela comissão e depois pelo plenário da Câmara.

A defesa de Dilma deverá ser entregue à comissão às 16h30m desta segunda-feira pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, que fará a sustentação oral para os integrantes do colegiado. A confirmação da entrega da defesa foi feita pelo vice-líder do governo, deputado Paulo Teixeira (PT-SP). A partir daí, haverá um prazo de até cinco sessões ordinárias da Câmara para o relator elaborar o parecer, que será discutido e votado pelos integrantes da comissão.

Para ser aprovado, é necessária a maioria simples dos votos. Jovair Arantes já disse que pretende apresentar o parecer na quarta (6) ou na quinta-feira (7), para que possa ser iniciada a discussão. O relator quer antecipar a apresentação do parecer por entender que haverá pedido de vista e que isso pode atrasar a votação em duas sessões.

Para a aprovação do parecer na comissão, é necessária a maioria simples dos votos dos presentes, desde que estejam presentes pelo menos metade mais um dos integrantes do colegiado, que é composto de 65 deputados titulares. Depois de votado o parecer na comissão, a tramitação do processo passa para o plenário da Câmara, a quem cabe decidir se ele será encaminhado para apreciação do Senado.

Para ser aprovado pelos deputados e encaminhado ao Senado, são necessários os votos favoráveis de no mínimo 342 deputados, dos 513 membros da Câmara. O presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), prevê que as discussões e votações do processo de impeachment serão deverão demorar três dias. Com isso, a votação na Câmara poderá ocorrer antes do dia 21 de abril.


Bahia segura o Fortaleza e garante vaga nas semifinais do Nordestão


Contando com apoio maciço da torcida na Fonte Nova, o Bahia assegurou neste domingo (03) uma vaga nas semifinais da Copa do Nordeste, empatando com o Fortaleza por 1 a 1, na Fonte Nova. O Esquadrão não teve boa atuação, e acabou vendo uma partida que era simples se complicar no primeiro tempo, quando Paulo Roberto foi expulso de forma infantil.
Na semifinal, o adversário do tricolor será o Santa Cruz, que foi presa fácil para o Esquadrão ,a fase de grupos. O time comandado por Doriva bateu os pernambucanos no Arruda e só precisou de um time recheado de jovens para vencer em Salvador. O primeiro duelo será já nesta quarta-feira (13), no Recife.
O jogo
Apesar de ter a vantagem, o Bahia não tomou conhecimento do Fortaleza e partiu para cima dos cearenses, empurrados pela torcida, que fez bela festa nas arquibancadas da Fonte Nova.
O time de Doriva dava espaço para o adversário, mas saia rápido no contra-ataque e uma ligação direta, logo aos seis minutos de jogo, encontrou Thiago Ribeiro dentro da área. O experiente atacante tentou fazer o giro depois de dominar, mas foi puxado pelo volante Julliano: pênalti para o Esquadrão.
Na cobrança, o próprio Thiago Ribeiro bateu rasteiro, mas Ricardo Berna conseguiu defender, adiantado, para salvar o Fortaleza de levar o primeiro.
Após perder o pênalti, o Bahia esteve muito perto de levar um gol nos dois lances seguintes. Aos 11, em contra ataque rápido, Juninho Sobralense recebeu de frente para o gol e bateu rasteiro, tirando de Lomba, mas a bola foi na trave.
A defesa do Esquadrão voltou a cochilar pelo lado esquerdo aos 15 minutos, com Anselmo saindo de cara com o gol. Marcelo Lomba fez milagre no chute rasteiro, na Sobra, Juninho, livre tentou novamente, mas a defesa conseguiu tirar.
Quatro minutos depois, Juninho perdeu mais um. Ele recebeu belo cruzamento da esquerda feito pó Max Oliveira, mas cabeceou para fora, com a bola tirando tinta da trave de Lomba.
Com 26 minutos de bola rolando, o confronto ficou mais complicado para o Bahia, Paulo Roberto recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso, deixando o Esquadrão com menos um atleta em campo.
Já melhor em campo, o Fortaleza passou a ter maior posse de bola na Fonte Nova, e seguiu buscando o primeiro gol para manter viva a esperança de classificação.
Anselmo teve a maior chance na reta final do primeiro tempo, aos 35 minutos. O centroavante recebeu de cara mas na hora de finalizar mandou longe do gol, lance bizarro na Fonte Nova.
Segundo tempo
Com o regulamento debaixo do braço, Doriva mudou no intervalo, colocando Moisés no lugar de Luisinho e ganhando mais força de macacão para a equipe que tinha perdido um volante.
Logo no início da segunda etapa, no entanto, o lado esquerdo da defesa do Bahia voltou a cochilar, com Pio entrando livre e acertando a trave dos donos da casa.
Um minuto depois, Anselmo chegou a mandar para as redes de Marcelo Lomba, mas a arbitragem pegou impedimento do ataque cearense.
A reação do Esquadrão veio aos sete, com João Paulo Gomes, já jogando como meia, descendo pela esquerda e cruzando na frente do gol, mas Thiago Ribeiro chegou atrasado.
Precisando de gols, o Fortaleza foi para cima do Bahia, e a pressão surtiu efeito aos 18. Em jogada de Daniel Sobralense, Eduardo recebeu na área, e bateu na saída de Lomba para abrir o placar na Fonte: Fortaleza 1 a 0.
O gol adversário acordou o Bahia, que no minuto seguinte teve um gol de Thiago Ribeiro anulado, com a arbitragem apontando impedimento.
João Paulo Gomes teve chance incrível após receber belo passe de Edigar Junio. O lateral improvisado tentou bater de primeira e acabou pegando mal na bola, que passaou longe do gol de Ricardo Berna.
O ataque do Bia chegou bem aos 28 anos, com Edigar Junio recebendo na área, com espaço, mas chutando fraco, para a fácil defesa de Berna.
Já o Fortaleza teve a grande chance com Juninho, aos 32, com Juninho chutando cruzado e a bola passando muito perto da trave defendida por Lomba.
A exemplo do que aconteceu na primeira partida, o volante Juninho resolveu quando o Bahia já não conseguia cria. Aos 39, Juninho recebeu na entrada da área e bateu forte para decretar a classificação do Esquadrão. Bahia 1 x 1 Fortaleza.
As últimas chance dos cearenses aconteceram já nos acréscimos, quando o relógio já marcava mais de 45 minutos. Eduardo recebeu e colocou no canto, com a bola passando para fora, perto da trave de Lomba. O mesmo Eduardo cabeceou na trave no último minuto de jogo, para delírio dos mais de 18 mil torcedores do Bahia na Fonte.
Ficha Técnica
Bahia 1 x 1 Fortaleza
Copa do Nordeste – Quartas de final (volta)
Local: Fonte Nova, às 16h
Arbitragem: Eduardo de Santana Nunes (SE), assistido por Eric Nunes Costa e de Jean Márcio dos Santos (SE e RN, respectivamente).
Cartões amarelos: Paulo Roberto (Bahia); Juliano, Max, Daniel Sobralense, Pio e Anselmo (Fortaleza).
Cartões vermelhos: Paulo Roberto (Bahia).
Gols: Eduardo (Fortaleza) e Juninho (Bahia).
Bahia: Lomba; Hayner, Lucas Fonseca , Éder e João Paulo Gomes (Júnior Ramos); Feijão, Paulo Roberto e Juninho; Luisinho (Moisés), Edigar Junio e Thiago Ribeiro. Técnico: Doriva.
Fortaleza: Ricardo Berna; Felipe (Clebinho), Lima, Edmar e Max Oliveira (Eduardo); Juliano, Pio, Éverton e Daniel Sobralense; Juninho e Anselmo. Técnico: Marquinhos Santos.

Vídeo mostra momento em que delegado é morto em frente a condomínio em Lauro de Freitas


O crime aconteceu por volta das 13h de ontem

Imagens de câmera de segurança mostram o momento em que o delegado Luís Carlos Ribeiro Couto, 59 anos, foi baleado e morto por dois bandidos na tarde de sábado (2), em frente ao condomínio Villa Atlântica, em Lauro de Freitas, onde morava. Os suspeitos chegam em um veículo branco, que estacionam antes da entrada do condomínio. As imagens mostram eles descendo e se aproximando do local. O suspeito de camisa branca faz o disparo. O corpo do delegado foi sepultado hoje à tarde no Cemitério da Ordem 3ª do São Francisco, na Baixa de Quintas.

Assista (o carro branco estaciona no alto, à esquerda):

O crime aconteceu por volta das 13h. Luís Carlos saiu para jogar o lixo do lado de fora do condomínio onde morava e era o síndico, quando suspeitou de dois homens que estavam nas imediações. Ele voltou para casa e pegou uma arma. Ao retornar,  foi atingido no peito. Os criminosos fugiram logo após os disparos. A mulher do delegado vinha logo atrás e o abraçou.

Para a polícia, o que houve foi uma tentativa de assalto, mas vizinhos contaram ao CORREIO que haviam dois carros suspeitos na rua. De um deles, dois suspeitos já saíram atirando, atingindo o delegado. Foram ouvidos cinco tiros, mas a polícia só confirmou um. O delegado chegou a ser socorrido para o Hospital Geral Menandro de Faria, mas não resistiu aos ferimentos.

Delegado foi baleado em frente ao condomínio
(Foto: Antônio Queirós/Arquivo CORREIO)

Os objetos de valor que eram usados pela vítima não foram levados. Segundo informações colhidas no local do crime, o delegado estava fiscalizando uma obra que era realizada na calçada do condomínio. Ao ouvir os disparos, os vizinhos saíram de casa e um deles prestou socorro à vitima. O delegado, que já tinha 23 anos de polícia, iria se aposentar no ano que vem.

A PM foi acionada, mas quando chegou ao local a vítima já tinha sido socorrida. Segundo a Polícia Civil, Luís Carlos era plantonista na 11ª Delegacia, em Tancredo Neves. O CORREIO tentou falar com o titular da unidade, o delegado Aldacir Santos, mas não conseguiu.

O caso está sob os cuidados do delegado Odair Carneiro, que comanda a força-tarefa da Secretaria de Segunraça Pública (SSP) responsável por investigar crimes contra policiais. Equipes da Polícia Militar, do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) fazem buscas na região do crime.

Fonte: Correio24horas


H1N1 volta e exige cuidados com bebês, grávidas e idosos


Em 2015, não houve nenhum registro da doença na Bahia, mas no início de 2016, ela está e volta

Ela andava escondida nos últimos anos, no entanto, há cerca de vinte dias um aumento inesperado de procura por atendimento nas emergências e postos de saúde de Salvador despertou o alarme para o reaparecimento da gripe H1N1. Os sintomas são os mesmos de uma gripe forte: falta de ar, desconforto respiratório, aumento da frequência respiratória e queda de pressão. A diferença é que a sintomatologia sistêmica, que atinge o corpo e não só as vias respiratórias, tende a se complicar e pode levar à morte.

Para se ter uma ideia da gravidade da situação, vale lembrar que do início do ano até agora, 10 casos da doença foram confirmados e duas mortes foram atribuídas a essa variação do Influenza que tende a complicar, especialmente em pessoas com doenças cardíacas, complicações neurológicas, imunodeprimidos, crianças muito novas e maiores de 60 anos.

De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica do Município, Ênio Soares, Salvador computou 58 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, mas nenhum dos casos foi provocado pelo H1N1. Esse ano, foram 69 casos, sendo que 50 pacientes estão sob investigação. “Geralmente, só íamos nos preocupar com os quadros mais severos no final de maio, esse ano, percebemos que houve uma antecipação de casos”, pontuou Soares. Ele tranquiliza, no entanto, dizendo que o panorama de Salvador está sob controle. “Estamos alertando os profissionais de saúde para que estejam atentos aos desconfortos respiratórios de maior gravidade, evitando que tudo seja tratado como simples virose”, explica o representante da Secretaria Municipal de Saúde.

Com uma postura parecida, o coordenador Estadual de Imunização Ramon Saavedra lembra que a vacinação contra o H1N1 será realizada em todo o País no período de 30 de abril a 25 de maio. “A imunização é voltada para os grupos vulneráveis, mais especificamente crianças com faixa etária entre os seis meses e os cinco anos, idosos, gestantes, portadores de doenças  crônicas, trabalhadores da saúde, populações indígenas e  carcerária. “Nossa meta é evitar internamentos e mortes causadas pelo vírus”, completa. A vacina também está disponível na rede privada para os indivíduos que não se enquadrarem nos pré-requisitos de uso na rede pública de saúde.

Prevenção
A diretora do Hospital Couto Maia e consultora da Seimi Vacinas, Ceuci Nunes ressalta que a vacina é feita com vírus mortos e pode ser aplicada em qualquer pessoa acima dos seis meses de idade, no caso da vacina trivalente, e três anos para a vacina tetravalente. “A restrição vale apenas para os que possuem alergias aos componentes da vacina”, alerta.A vacina quadrivalente é composta por quatro vírus da gripe, o que aumenta a possibilidade de proteção, uma vez que as vacinas existentes até o momento são compostas por três vírus. A composição consiste em dois vírus influenza A (sendo um deles o H1N1) e dois da influenza B, o que amplia a proteção para a influenza sazonal, que causam surtos anualmente na Bahia, além de Salvador, os municípios de Guanambi, Vitória da Conquista (ambos com sete notificações), Feira de Santana (4 notificações) e Lauro de Freitas(6) são os que mais despertam atenção das autoridades de saúde.

A infectologista Maria Alice Sena, do Hapvida, lembra que a  forma de contágio do vírus Influenza H1N1 ocorre  através do contato próximo com secreções respiratórios do indivíduo (gotículas) portador do vírus, através da tosse, espirro e durante a fala. Por isso mesmo, vale investir em medidas preventivas, tais como  evitar aglomerações em ambientes fechados, isolar o paciente com suspeita ou diagnóstico da gripe H1N1, utilizando máscara para o contato direto com o mesmo e o orientando a lavar frequentemente as mãos, usar lenço cobrindo a boca e o nariz, ao tossir e espirrar e vacinação da população vulnerável. “Caso haja exposição desprotegida, em indivíduos vulneráveis não vacinados ou vacinados há menos de 15 dias, depender do grau de risco, pode ser feito uso de medicamento antiviral, profilaticamente”, explica a médica.

O infectologista Claudilson Bastos, consultor do Laboratório Sabin, alerta para a importância de dar ao organismo às condições necessárias para que ele responda ao ataques dos vírus e, para tanto, o médico diz que é preciso investir numa dieta bastante saudável e no aumento da hidratação. “Repouso e até mesmo o uso de medicações prescritas para aliviar sintomas gripais vão ajudar a minimizar o quadro”, pontua, destacando que deixar os ambientes arejados ajuda a combater a infecção.


“O poder não é nosso, o poder é do povo”, afirma Temer


O vice-presidente Michel Temer (PMDB) utilizou o seu perfil no Twitter para se defender de acusações de que estaria interferindo em processos judiciais.

Na tarde desta quinta-feira (31), o peemedebista escreveu que ajudou a estruturar o Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Federal. Além disso, o vice também afirmou que “no país, casa um cumpre a sua função”.

Temer também se defendeu dizendo que não negocia cargos e que está muito atento à institucionalidade.

Leia a postagem de Temer no Twitter:

“Eu fui deputado constituinte, foi meu primeiro mandato. Trabalhei na comissão do poder Judiciário, Ministério Público e Polícia Federal. Ajudei a estruturar essas instituições. Tenho também formação jurídica, no particular, voltada para o Direito Constitucional. Dizer que eu poderia interferir em processo judicial, levado adiante em função da posição do Ministério Público: isso jamais eu faria. No país, cada um cumpre a sua função. Tenho salientado que nós do Executivo, Legislativo e Judiciário somos apenas exercentes do poder. O poder não é nosso, o poder é do povo. Então, registro com muita ênfase que sou muito atento à institucionalidade e, portanto, jamais haveria de influenciar outro poder. Outro registro que quero fazer é que eu já estaria negociando cargos, recebendo parlamentares e partidos para fazer negociação de cargos. Sou muito procurado mas não trato desse assunto. Não trato sequer do assunto do que possa ou não possa acontecer”.