Escola do Detran dobra oferta de vagas para habilitação de ‘cinquentinhas’

A Escola Pública do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) abriu nesta sexta-feira (16) mais 200 vagas para o curso gratuito de Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), lançado em outubro, oferecendo o mesmo número de vagas. O documento é obrigatório para os condutores de motos de 50 cilindradas, conhecidas como ‘cinquentinhas’. As inscrições podem … Leia Mais


Fátima Bernardes e William Bonner negam possível reconciliação

Quatro meses após anunciarem a separação, William Bonner e Fátima Bernardes viram seus nomes envolvidos em boatos de que estariam se reaproximando. Os apresentadores teriam ensaiado uma reconciliação após a morte do pai de William, mas a informação logo foi negada por sua assessoria de imprensa.                   … Leia Mais


Doença misteriosa: Governo emite alerta epidemiológico

O Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), emitiu um alerta epidemiológico sobre a doença misteriosa que deixa urina de pacientes preta e provoca dor muscular intensa (veja aqui e aqui). O alerta, emitido para as unidades de saúde, orientando os profissionais a como tratar da doença, … Leia Mais



Batida entre carretas provoca incêndio em rodovia baiana

Uma batida entre duas carretas, na noite de quinta-feira (15), provocou a interdição de um trecho da BR-101. Segundo informações da Polícia Rodoviária (PRF), o acidente ocorreu no Km 880.5 da via, na cidade de Teixeira de Freitas, no Sul da Bahia, por volta das 22h40. Ainda de acordo com a PRF, a colisão foi … Leia Mais


Cunha será transferido para prisão onde estão Dirceu e Vaccari


O ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato, será transferido para uma penitenciária comum. A ordem é do juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Cunha está detido na carceragem da Polícia Federal em Curitiba há quase dois meses.

Agora, ele deve se juntar ao ex-ministro José Dirceu, ao ex-deputado André Vargas, ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros presos da Lava Jato que estão no Complexo Médico Penal, em Pinhais (região metropolitana de Curitiba).

A transferência foi solicitada pela própria PF, que afirmou haver falta de espaço e, por causa da alta lotação, um “risco iminente à segurança”. Na decisão, Moro afirmou que “o espaço físico da carceragem da Polícia Federal é limitado e destina-se precipuamente a ser local de passagem, e não de cumprimento de penas ou mesmo recolhimento em prisão cautelar”. ALA

O Complexo Médico Penal tem uma ala destinada aos presos da Lava Jato. Com celas mais espaçosas e a possibilidade de trabalho e estudo, o local costuma ser preferido pelos investigados na operação.

É lá também que costumam ficar os investigados que não negociam delação nem são delatores. Quem faz o acordo precisa prestar depoimentos regulares à PF e ao Ministério Público, por isso, a sede da polícia é tida como mais conveniente nesses casos.

Cunha deve ser encaminhado ao CMP ainda nesta sexta (16).

Por Folhapress

 


Criança de 7 anos com cinturão explosivo ataca delegacia de polícia em Damasco


Autoria do atentado foi atribuída a uma menina de 7 anos que se matou na explosão, ferindo três policiais

O ataque desta sexta-feira (16) a uma delegacia de polícia no bairro de Al Midan, em Damasco, foi realizado por uma criança que usava um cinto de explosivos, segundo informou uma fonte da polícia local à RIA Novosti.

“O atacante suicida no atentado terrorista em Midan era uma criança, que estava usando um cinto com explosivos. Segundo dados preliminares, ninguém foi morto, mas alguns ficaram seriamente feridos”, disse a fonte à RIA Novosti.

Segundo esta fonte, o ataque não matou ninguém, mas a mídia local citou informações policiais a respeito de pelo menos três mortos e cinco feridos.

De acordo com o portal de notícias Al-Masdar, a autoria do atentado foi atribuída a uma menina de 7 anos que se matou na explosão, ferindo três policiais. Ela teria entrado na delegacia dizendo aos policiais que estava perdida e que precisava de ajuda. (Sputnik Brasil)


Doença misteriosa pode estar relacionada a consumo de peixe; Valença registra 2 casos


Além de Salvador, o município de Valença também registrou dois casos de uma doença desconhecida que causa fortes dores musculares e deixa a urina preta (veja aqui). Em casos graves, o paciente pode chegar à insuficiência renal.

De acordo com o médico infectologista Antônio Bandeira, o consumo de carne do peixe Olho de Boi, conhecido também como Arabaiana, está relacionado à doença.

Todos os 11 pacientes em acompanhamento médico disseram ter comido a carne antes ou durante o surgimento dos sintomas. “Uma família de quatro pessoas, que consome muito peixe, falou que nos dias que, nos dias que antecederam o surgimento dos sintomas, não comeram. Mas temos pelo menos cinco pessoas que se alimentaram de peixe em Guarajuba, que é um casal de namorados, a tia, uma mulher que comprou o alimento, e também a empregada dela”, contou o médico ao Correio.

Apesar dos estudos já realizados, não há certeza sobre as causas da doença. A orientação é, ao perceber os sintomas, o paciente deve se hidratar bastante, evitar ingestão de anti-inflamatórios e procurar um médico. “O risco que existe é a pessoa ter a urina escura, não se hidratar adequadamente e acabar tendo uma insuficiência renal. E isso pode acontecer”, alertou Bandeira. O surto já foi informado à Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), que afirmou que os casos serão investigados.

BN


Professora é presa por agressões a crianças em creche


A sentença deverá ser cumprida em regime fechado, mas Nélia Cristina Messias da Silva ainda não está presa

Um caso de agressão infantil que teve início em fevereiro deste ano chegou ao fim: uma professora de Votuporanga, interior de São Paulo, foi condenada a três anos de prisão por maus-tratos contra crianças. As agressões ocorriam dentro de uma escola municipal onde a mulher trabalhava.

A sentença deverá ser cumprida em regime fechado, mas Nélia Cristina Messias da Silva ainda não está presa. O advogado da ex-professora disse ao G1, por telefone, que vai recorrer da decisão no Tribunal de Justiça.

O caso foi aberto quando uma mãe foi surpreendia por hematomas nos braços da criança e procurou a escola. A ação da professora foi flagrada por câmeras de segurança da Escola Professora Anita Liévana Camargo. Há vídeos de agressões a outras oito crianças, datados, de acordo com a polícia, de julho de 2015. Divulgadas por um jornal de Votuporanga, as imagens causaram comoção nas redes sociais.


Pastor Silas Malafaia é investigado em esquema de corrupção de royalties da exploração mineral


Operação Timóteo foi deflagrada pela Polícia Federal em 11 estados e no Distrito Federal

Uma operação para desarticular um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties da exploração mineral em 11 estados e no Distrito Federal foi deflagrada nesta sexta-feira (16). De acordo com o jornal Estadão, a Polícia Federal investiga a participação do Pastor Silas Malafaia e de um diretor do diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Policiais federais estão cumpridos 52 mandados de busca e apreensão, 29 conduções coercitivas, 4 mandados de prisão preventiva, 12 mandados de prisão temporária e sequestro de três imóveis. Além disso, também foi determinado o bloqueio judicial de valores depositados que podem alcançar R$ 70 milhões. Ao todo, 300 policiais estão participando da operação na Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

A operação, batizada de Timóteo, tem como objetivo investigar um esquema de corrupção que no repasse dos royalties da exploração mineral, que representam  65% da chamada Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) e tem como destino os municípios.

Segundo a Polícia Federal, as provas recolhidas pelas equipes policiais devem detalhar como funcionava um esquema em que um diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral, detentor de informações privilegiadas a respeito de dívidas de royalties, oferecia os serviços de dois escritórios de advocacia e uma empresa de consultoria a municípios com créditos de CFEM junto a empresas de exploração mineral.

Por causa disso, o juiz do caso determinou ainda que os municípios se abstenham de realizar quaisquer atos de contratação ou pagamento aos três escritórios de advocacia e consultoria sob investigação.

De acordo com a investigação, a organização criminosa se dividia em pelo menos quatro grandes núcleos: o núcleo captador, formado por um diretor do DNPM e sua esposa, que realizava a captação de prefeitos interessados em ingressar no esquema; o núcleo operacional, composto por escritórios de advocacia e uma empresa de consultoria em nome da esposa do diretor do DNPM, que repassava valores indevidos a agentes públicos; o núcleo político, formado por agentes políticos e servidores públicos responsáveis pela contratação dos escritórios de advocacia integrantes do esquema; e o núcleo colaborador, que se responsabilizava por auxiliar na ocultação e dissimulação do dinheiro.

Ainda segundo a Polícia Federal, uns dos investigados por apoiar a lavagem do dinheiro é o Pastor Silas Malafaia, que recebeu valores do principal escritório de advocacia responsável pelo esquema. A suspeita é que Malafaia pode ter emprestado contas correntes de uma instituição religiosa sob sua influência com a intenção de ocultar a origem ilícita dos valores. Ele foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento na sede da Polícia Federal

A Operação Timóteo começou em 2015, quando a Controladoria-Geral da União enviou à PF uma sindicância que apontava incompatibilidade na evolução patrimonial de um dos diretores do DNPM. Apenas esta autoridade pública pode ter recebido valores que ultrapassam os R$ 7 milhões.

O nome da operação faz referência ao trecho da Bíblia.

Correio24