Bairro do Ponto Parada ficará sem energia elétrica nesta quarta-feira (22)

Moradores do bairro de Ponto Parada, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, (RMS), vão ficar  temporariamente sem energia nesta quarta-feira (22). A informação foi divulgada pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), a interrupção do fornecimento de energia é necessária para realizar serviços de manutenção e melhorias na rede elétrica e ocorre … Leia Mais



Vídeo: Cantora gospel é filmada agredindo sogra de 73 anos

A cantora gospel Lucimara Pires, de 34 anos, foi filmada agredindo a sogra dela, de 73 anos, na cidade de Nova Andradina, em Mato Grosso do Sul. O fato teria ocorrido no último dia 7 de janeiro, mas só agora viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver a cantora, que também é pastora, … Leia Mais


Prefeito Dinha entrega balanças antropométricas e fitas para medições aos Agentes Comunitários de Saúde

A Prefeitura Municipal de Simões Filho por meio da Secretaria de Saúde, entregou na manhã desta terça-feira 21/01, balanças antropométricas e fitas para medições, aos Agentes Comunitários de Saúde do município. A entrega aconteceu no auditório do Centro Social, em Simões Filho e contou com as presenças da ex-secretária de Saúde, atual assessora técnica, Poliana … Leia Mais


Homem é detido com carro de luxo clonado em Simões Filho


Um homem foi preso após ser flagrado com um carro de luxo clonado no km-600 da BR-324. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a prisão e apreensão do veículo ocorreram neste sábado (18), na região de Simões Filho. As informações são do portal G1.

Os agentes federais detalharam que faziam fiscalização no local quando avistaram um veículo da marca Mercedes Benz, cor preta, parado a cerca de 200 metros do ponto de abordagem dos policiais. Em seguida, dois ocupantes do veículo desembarcaram e se deslocaram em direção à cabine do pedágio.

Os policiais interceptaram os dois homens e verificaram que o carro era clonado, que é quando o veículo roubado tem placas e identificação alteradas, para simular um veículo com características semelhantes ao de um legalizado e sem registro de roubo.

O condutor afirmou aos agentes federais não saber da origem ilícita do carro e alegou ter feito a compra em Feira de Santana, município a cerca de 116 km de Salvador, pelo valor de R$ 75 mil.

O motorista e o passageiro foram encaminhados para uma delegacia de Polícia Civil, juntamente com o veículo, que será devolvido ao proprietário legítimo.


Moradores denunciam problemas estruturais e de manutenção em prédio desativado com risco de desabamento


Moradores do bairro de Aratu, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, (RMS), estão bastante preocupados e indignados com a situação estrutural do prédio, na localidade que fica na Rua da Linha. De acordo com eles, o imóvel não recebe manutenção há bastante tempo e acumula problemas com risco de desabamento.

A denúncia foi feita na manhã desta segunda-feira (20), ao repórter do programa de rádio Bahia No Ar, Valfredo Silva, que conversou com alguns moradores do bairro, que segundo eles, estão convivendo com medo, devido ao risco de um possível desabamento do prédio, que inclusive, já funcionou como creche escola na região.

De acordo com relato de uma moradora, a situação é muito crítica. “Nós estamos aqui clamando, pedindo que alguém faça alguma coisa porque a tragédia está visível”, disse uma moradora e completou: “Não precisa a gente nem desenhar, qualquer hora essa tragédia vai acontecer e nós temos muitas vidas, nós temos vizinhos com crianças”.
A moradora ainda fez um questionamento. “As pessoas vão perder suas casas e suas vidas principalmente? – “porque depois da vida perdida vai ficar como?“, desabafou.

Outro morador da região identificado como “Bilisco do bar”, revelou à reportagem que alguns pedidos de ajuda já foram feitos, mas até o momento nenhuma medida foi tomada.

“Peço ao povo que venha ver. A tragédia está perto de acontecer. A gente não aguenta mais apelar a ninguém. Tem cinco anos que a gente vem apelando para que alguém tome uma providência”, pontuou o morador.

Questionados sobre quem seria o dono do prédio, os moradores afirmaram não saber. “Não sei se tem alguém responsável ou não pelo prédio. A comunidade quer apenas solução”, retrucou outra moradora.

Dona Magali, que mora em uma casa ao lado do imóvel desativado, destacou que não consegue dormir e os filhos pedem para ir embora. “Estou desesperada. Não consigo dormir à noite. Meus filhos todos os dias pedem pra ir embora daqui. Eu não aguento mais”, desabafou.

Um desejo revelado pelos moradores é que o lugar fosse transformado novamente em uma creche, haja vista, a falta de uma instituição desse tipo na localidade. “Nossas crianças estão indo pra Ilha de São João ou para escola Aratu, não desfazendo, mas a gente tem como ter perto de nossas localidades. Tem pessoas que deixaram de trabalhar porque a creche foi retirada da associação”, confidenciou.

Por fim, os moradores salientaram que apenas metade do prédio fosse demolido. “A parte construída pela comunidade não tem infiltração, só falta ser recuperada, fazer alguns reajustes, mas a parte do fundo que foi construída depois, esse é o problema”.

Matéria e fotos extraídas do site Bahia No Ar, autorizada pelo radialista Roque Santos.


Placas no padrão Mercosul serão obrigatórias a partir do dia 31


O uso da placa do Mercosul em todo o Brasil passa a ser obrigatório a partir do dia 31 de janeiro. Este é o prazo estipulado em uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina que as unidades federativas do país devem utilizar o novo padrão de Placas de Identificação Veicular (PIV). A placa padrão Mercosul, no entanto, só será exigida para novos emplacamentos ou troca do município em que o veículo é registrado.

O uso das placas do Mercosul, que já são utilizadas na Argentina e Uruguai, era facultativo no país até então. Atualmente, 10 estados já adotam o emplacamento: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia. Paraguai e Venezuela também devem mudar suas placas.

Desde a decisão pela adoção de uma placa padronizada do Mercosul, a implantação do registro foi adiada seis vezes. A adoção do sistema de placas para o bloco foi anunciada em 2014 e, inicialmente, deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Em razão de disputas judiciais a implantação foi adiada para 2017 e, depois, adiada mais uma vez para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.

Quem precisa usar

A nova placa será obrigatória apenas nos casos de primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso de mudança de município ou unidade federativa. Placas que forem amassadas em acidentes de carro ou em casos de furto e roubo também precisam ser trocadas e, neste caso, serão reemitidas conforme o novo padrão. Motoristas que não se enquadram nas situações, mas desejam ter o veículo com a nova placa, podem fazer a troca.

Publicidade

A placa do Mercosul terá quatro letras e três números, o inverso do modelo em vigor atualmente, com três letras e quatro números. Também muda a cor de fundo que passará a ser totalmente branca. A mudança também vai ocorrer na cor da fonte para diferenciar o tipo de veículo: preta para veículos de passeio, vermelha para veículos comerciais, azul para carros oficiais, verde para veículos em teste, dourado para os automóveis diplomáticos e prateado para os veículos de colecionadores.

Todas as placas deverão ter ainda um código de barras dinâmico do tipo QR Code contendo números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante e estampador da placa. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalação das placas nos respectivos veículos, além da verificação de autenticidade.

Em São Paulo, as atuais placas no padrão cinza custam 138,24 reais. Não há um valor fixo para a nova placa, já que será feita no modelo de credenciamento e não de licitação. Logo, os fornecedores credenciados é que definem o valor das placas.

(Com Agência Brasil)


Homem é encontrado morto na Via Ipitanga, em Simões Filho


O corpo de um homem foi encontrado sem sinais vitais, e com marcas de tiros, na manhã desta segunda-feira, 20, no Centro Industrial de Aratu, nas proximidades da empresa Atol em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. A polícia foi comunicada por transeuntes, por volta das 09h30. De acordo com a Polícia Militar, até o momento a vítima não foi identificada.

Equipes da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar foram enviadas ao local, constataram a morte. Tratava-se de um indivíduo de aparentando ter 22 anos, de cor parda, sem identificação com marcas de disparos de arma de fogo.

Ainda não há informações se a execução ocorreu no local em que o corpo foi encontrado, ou se apenas o mesmo foi utilizado como ponto de desova. A 22ª Delegacia Territorial (22ª DT/Simões Filho) vai investigar a causa e a autoria do crime, que até então seguem desconhecidas.

O corpo foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).


Ministério da Cidadania inicia pagamento do Bolsa Família na segunda (20)


O pagamento do primeiro Bolsa Família do ano vai começar na segunda-feira (20). O Ministério da Cidadania vai repassar R$ 2,5 bilhões para mais 13 milhões e 228 mil famílias em todo o País.

O valor médio do benefício é de R$ 191. O Bolsa Família é voltado a famílias extremamente pobres, com renda per capita mensal de até R$ 85; e pobres, com renda per capita mensal entre R$ 85 e R$ 170.

Os beneficiários recebem o dinheiro mensalmente e, em contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação, como a vacinação de crianças e a garantia da frequência escolar. O calendário completo você confere no site do governo.