‘Reforma da previdência terá efeito só em 2027′, diz Jornal

Só a partir de 2027 que a proposta de reforma da Previdência, em estudo no governo, começará a ter efeitos nas contas públicas do país. De acordo com o site do jornal O Globo, a fórmula progressiva 85/95, sancionada em novembro do ano passado pela presidente Dilma Rousseff, deve se manter inalterada. Pela fórmula, a … Leia Mais


Inflação avança em sete capitais e maior alta é em Salvador

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu nas sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) entre dezembro de 2015 e janeiro deste ano. A maior alta foi observada em Salvador: 1,13 ponto percentual, ao passar de 0,93% em dezembro para 2,06% em janeiro. A segunda maior alta foi registrada … Leia Mais


Para indústria, 2015 terminou como o pior ano das últimas duas décadas, diz CNI

Para a indústria, 2015 terminou como o pior ano das últimas duas décadas. A avaliação é do gerente-executivo da Unidade de Política Econômica da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Flávio Castelo Branco, que apresentou pesquisa de indicadores do setor. Segundo ele, a Utilização da Capacidade Instalada (UCI), na média do ano, bateu no menor nível … Leia Mais


Governo aumenta IPI sobre cigarros a partir de maio

A presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, editaram decreto trazendo algumas mudanças na Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (Tipi). Uma delas determina aumento da tributação sobre cigarros a partir de maio. A alíquota atual, de 60%, valerá até 30 de abril, subindo para 63,3% a partir de 1º … Leia Mais


Governo anuncia medidas de crédito para injetar R$ 83 bilhões na economia

Para impulsionar a produção e recuperar o crescimento, o governo anunciou nesta quinta-feira (28) medidas de estímulo ao crédito que injetarão R$ 83 bilhões na economia. Algumas ações de estímulo foram anunciadas mais cedo pela presidenta Dilma Rousseff, no encerramento da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão. A medida que, segundo … Leia Mais


Empresa italiana assina protocolo para investir R$ 440 milhões na Bahia


Os municípios baianos de Brumado e Dom Basílio deverão ampliar cerca de 600 empregos diretos em obras civis e 11 postos de trabalho, após assinatura de Protocolo de Intenções que vai garantir a instalação de três parques eólicos pela Companhia Italiana de Energias Renováveis.

A empresa investirá R$ 440 milhões. Na Bahia, a Enel já conta com 19 usinas eólicas, o equivalente a 554 MW, contando entre projetos em funcionamento e em fase de construção, com um montante de investimentos na casa de R$ 3 bilhões. A companhia também administra 410 MW de projetos solares fotovoltaicos.

 


Pagamento extra na conta de luz irá diminuir em fevereiro


A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou, nesta terça-feira (26), a criação de um novo patamar para as bandeiras tarifárias, que poderá baratear a conta em 3% para todos os consumidores do país.

No próximo mês, o consumidor de energia elétrica deve receber em sua conta de luz o sinal de bandeira vermelha patamar 1 – que, dentro da Aneel, ficou conhecida como bandeira rosa -, mais barata que a bandeira vermelha vigente até janeiro. De acordo com o calendário divulgado pela Agência, a bandeira de fevereiro será divulgada na próxima sexta-feira.

O sistema das bandeiras adicionam um encargo à conta de luz para custear as usinas térmicas. Até o momento, a bandeira vermelha encarecia a conta em R$ 4,5 a cada 100 kilowatts-hora consumidos.

A partir de fevereiro, ela será dividida em duas. A a bandeira vermelha patamar 1, ou rosa, elevará a conta em R$ 3 a cada 100 kilowatts-hora consumidos. A bandeira vermelha patamar 2 continua a encarecer a conta de luz em R$ 4,5 a cada 100 KWh consumidos.

As outras cores, verde e amarela não foram repartidas, como a vermelha. Porém, o valor adicionado pela amarela diminuiu de R$ 2,50 a cada 100 KWh consumidos para R$ 1,50 a cada 100 KWh consumidos. A verde continua não adicionando qualquer valor à conta de luz.

O que define qual a bandeira aplicada é a necessidade de geração térmica e o valor dessa energia.  A bandeira verde é adotada quando a geração térmica custa até R$ 211,28/MWh; a amarela é acionada quando o valor vai até R$ 422,56 Mwh; a partir desse valor e até R$% 610 Mwh, a bandeira é vermelha 1 e, acima desse preço, será cobrada bandeira vermelha 2.  Informações do Folha de São Paulo.


Correios lançam novo edital para iniciar oferta de telefonia celular


Correios busca diversificar as atividades e novas fontes de receita (Foto: Divulgação)

Os Correios anunciaram que lançaram um novo edital para tentar tirar do papel o projeto de explorar os serviços de telefonia móvel como operadora virtual, chamada de MVNO (Mobile Virtual Network Operator). Nesse formato, a estatal usará a infraestrutura de uma operadora contratada, porém com chip da marca Correios.

As operadoras interessadas em participar da concorrência têm aé o dia 17 de março para enviar propostas. Para concorrer, a empresa deve estar presente em pelo menos 50% dos municípios brasileiros.

“Após a abertura das propostas, todas as empresas poderão fazer novos lances. Os Correios avaliarão as propostas considerando o somatório do maior valor de remuneração dos chips pré-pagos e do maior percentual de comissão pela venda de recargas realizadas”, informou a estatal.

O valor mínimo previsto para a operação é de R$ 282 milhões, para um período de cinco anos. Em 2014, os Correios projetavam faturar R$ 1,5 bilhão a partir do quinto ano de operação. A previsão inicial era que o serviço começaria a funcionar ainda em 2014.

A entrada dos Correios no setor de telecomunicações é mas um desdobramento da Lei 12.490/11, que permitiu a diversificação das atividades da estatal e a modernização de seus serviços em meio ao declício do negócios de entrega de cartas e déficit orçamentário.

A aposta é usar as cerca de 12 mil agências instaladas em todo o Brasil para levar o novo braço de negócios a todos os cantos do país.

A estatal informa que os correios de Portugal, França, Alemanha e Itália já adotam com sucesso essa modalidade de serviço.
Primeira operadora virtual do Brasil a vender planos a consumidores, a Porto Seguro Conecta, por exemplo, iniciou a sua operação fazendo uso das antenas da TIM. Outra operadora virutal existente é a Datora. (G1)

G1


Bahia e Paraná são os únicos estados que vão aumentar investimentos em 2016


A crise econômica fez com que os dez estados mais ricos do país projetassem uma redução de cerca de R$ 8,5 bilhões nos investimentos para este ano. Mas, na contramão da crise,  o Paraná e a Bahia projetaram aumentos nos investimentos em 2016.

O Paraná, cujo secretário da Fazenda é Mauro Ricardo, que já foi secretário das finanças estaduais, vai aumentar em mais de 20% a verba para projetos e a Bahia também projeta investimentos maiores, mas a alta é de apenas 2,13% (inferior à inflação).

Na Bahia, a verba para os novos projetos, que era de R$ 4,22 bilhões, passou para R$ 4,31 bilhões. Mas é uma excelente perspectiva já que o Rio Grande do Sul vai reduzir investimento em 30%, Santa Catarina em 22,18%.

O Rio de janeiro projeta gastar R$ 7,6 bilhões, em investimentos, 31,1% menos que no ano passado e em São Paulo, estado mais rico do país, o governo mantém paralisado o início de quatro obras de expansão ou implantação de linhas do metrô e a lei orçamentária do estado mostra redução de 14,26% nos investimentos previstos para 2016 em relação ao ano passado. As informações são do Bahia Econômica.


Após corte de 30 mil terceirizados, Petrobras pode demitir mais trabalhadores


A Petrobras deve anunciar mais demissões de funcionários terceirizados em breve, segundo a jornalista Mônica Bergamo. A estatal já cortou 30 mil trabalhadores contratados sob este regime, e restam apenas 200 mil. Dentre eles, 160 mil atuam em serviços externos, como obras. Os demais trabalham dentro da empresa. Ainda de acordo com a colunista da Folha de S. Paulo, a Petrobras deve cortar parte das suas 6 mil gerências. O motivo para as reduções nas despesas é a queda do preço do petróleo, que acontece desde 2015. Esta semana, as ações da estatal operaram em baixa na bolsa de valores e foram cotadas a menos de R$ 4,50 na última terça-feira (20). O preço era o menor desde 2003. (BN)