Google inicia teste de fornecimento de internet via balão no Sri Lanka

O primeiro balão do projeto Loon do Google, equipado para fornecer internet da estratosfera, chegou ao Sri Lanka nesta segunda-feira (15) para dar início aos testes na ilha na próxima semana. De acordo com a Folha, Muhanthan Canagey, diretor-executivo da Agência de Informação, Comunicação e Tecnologia do Sri Lanka (ICTA) informou que os testes durarão … Leia Mais


WhatsApp para Android recebe mais emojis; aprenda a instalar

Os usuários do WhatsApp para Android receberam um novo conjunto de emojis que já estavam disponíveis no iOS e na versão o web. Entre as novas carinhas, estão smiles de cabeça para baixo, o rostinho pensador e outros.   Quem fez download direto pela apk já estava com os novos emoji há tempos, mas agora, … Leia Mais


Twitter suspende 125 mil contas que promoviam terrorismo

O Twitter anunciou na sexta-feira (5) a suspensão desde meados de 2015 de mais de 125 mil contas que promoviam “conteúdo terrorista” e estavam em sua maior parte ligadas ao Estado Islâmico. O governo americano faz pressão para que serviços conectados detenham a propaganda extremista nas redes sociais. Estas contas foram encerradas “por ameaçar e promover … Leia Mais


WhatsApp alcança 1 bilhão de usuários

O serviço de mensagens instantâneas WhatsApp, que pertence ao Facebook, alcançou a marca de 1 bilhão de usuários, de acordo com uma publicação do presidente-exeucitvo e cofundador da rede social, Mark Zuckerberg. “Um bilhão de pessoas estão usando o WhatsApp agora”, disse Zuckerberg em uma publicação em sua página do Facebook. “Existem poucos serviços que … Leia Mais


Gmail chega a 1 bilhão de usuários 11 anos após lançamento

Atingir a marca de um bilhão de usuários foi um feito alcançado pelo WhatsApp e também anunciado nesta segunda pelo Facebook . Outros serviços do Google já conseguiram isso, como Chrome, Google Play, YouTube, Android, Maps e a busca. As informações sobre o número de usuários de seus produtos foram divulgadas pela Alphabet em seu … Leia Mais


Microsoft instala datacenter no fundo do Oceano Pacífico


Microsoft testou instalação de datacenter no Oceano Pacífico em 2015 (Foto: Divulgação/Microsoft)

A Microsoft mergulhou um datacenter, um daqueles conjuntos enormes de máquinas responsáveis por processar e armazenar dados na internet, no fundo do Oceano Pacífico por três meses. O teste foi feito em agosto de 2015 e faz parte do Natick, um projeto de pesquisa que busca criar datacenters mais rápidos e sustentáveis.

A ideia por trás da instalação de um contêiner de 17,2 toneladas a 9 metros de profundidade tem alguns pretextos interessantes: economizar energia, principalmente, já que os datacenters emitem bastante calor e geram muitos custos de resfriamento; aproveitar fontes energéticas renováveis, como eólica e solar; e aproximar os servidores dos usuários, o que pode melhorar a velocidade de conexão.

A Microsoft diz ainda que, nesse molde, é capaz de construir um datacenter em apenas 90 dias – algumas instalações terrestres levam anos para ficarem prontas. Por outro lado, o acesso a essas máquinas para manutenção pode ser dificultado pela sua natureza submarina.

O datacenter é a tecnologia que dá vida a vários serviços que usamos todos os dias na internet, como streaming de filmes e músicas (Netflix, YouTube, Spotify), partidas online de games (Xbox Live, PlayStation Network, etc.), e seu uso tem crescido enormemente nos últimos anos.

“Quando você tira seu smartphone do bolso você acha que está usando esse computadorzinho milagroso, mas na verdade você está usando mais de 100 máquinas nessa coisa chamada nuvem”, diz ao jornal “The New York Times” Peter Lee, vice-presidente corporativo da Microsoft Research. “Daí você multiplica isso por bilhões de pessoas, e você tem uma grande quantidade de trabalho computacional”.

O Natick começou a ser pensado em 2013 e, por enquanto, continua sendo apenas um projeto experimental. (G1)


Zuckerberg ‘ganha’ US$ 6 bi em um dia e se torna 6º mais rico do mundo


Um dia após a divulgação de bons resultados no ano de 2015, as ações do Facebook dispararam. Nesta quinta-feira (28), os papéis da rede social dispararam 15,52%, fechando o dia cotadas a US$ 109,11. Com a valorização, Mark Zuckerberg, cofundador e diretor executivo da companhia, viu sua fortuna aumentar em US$ 6 bilhões em apenas um dia, para US$ 47,5 bilhões, o suficiente para alcançar a sexta posição no ranking de bilionários da Bloomberg.

O bilionário de 31 anos superou os US$ 45,9 bilhões dos irmãos Charles e David Koch. Ele está atrás apenas de Bill Gates, com US$ 78 bilhões; Amancio Ortega, com US$ 69,7 bilhões; Warren Buffett, US$ 59,4 bilhões; Jeff Bezos, US$ 55,8 bilhões; e Carlos Slim, com fortuna estimada em US$ 48,6 bilhões.

O índice da Bloomberg é atualizado diariamente, com a lista das 400 pessoas mais ricas do planeta. Juntas, elas possuem fortuna de US$ 3,7 bilhões.


Bebê nasce sem metade da cabeça e surpreende os médicos ao viver 48 horas


Um recém-nascido surpreendeu os médicos ao nascer sem parte da cabeça, no norte da Índia, e conseguir sobreviver por 48 anos.

O caso foi chamado de “bebê do milagre”, por moradores da região, que foram ao hospital para conhecer a criança.

Segundo o ginecologista Kusum Lata, de 30 anos, realmente foi um milagre a mãe, Savita Rani, de 32 anos, e o bebê terem sobrevivido durante toda a gravidez.

 

Ele comentou que o cérebro do bebê não tinha se formado por inteiro e o que o matinha vivo era o coração. Os olhos do bebê que eram muito grandes, já nasceram até abertos, por conta da não formação da cabeça.

— Ela não tinha movimentos normais como outros bebês quando nascem e não estava chorando.

A mãe, que tem outros três filhos saudáveis, teve um parto difícil e perdeu uma grande quantidade de sangue durante o parto.

Infelizmente, apenas 48 horas após o nascimento, o bebê morreu de insuficiência cardíaca.

O médico que acompanhou o caso explicou: “Essas complicações ocorrem devido a hábitos alimentares incorretos da mãe durante a gravidez”. E orienta: “ É por isso que os médicos enfatizam sobre o acompanhamento durante a gestação, para que haja uma boa orientação e que casos como este seja evitado”.

Savita teve alta do hospital e está se recuperando da perda da filha.

Fonte: noticias.r7


Internet e redes sociais são “dom de Deus” se usadas sabiamente, diz papa Francisco


O papa Francisco, que reconheceu ser um desastre quando se trata de tecnologia, disse nesta sexta que a Internet, as redes sociais e as mensagens de texto foram “um dom de Deus” se usados com sabedoria.

“Também emails, SMS, redes sociais, chats podem ser formas de comunicação plenamente humanas”, disse o papa numa mensagem por ocasião do Dia Mundial das Comunicações da Igreja Católica Romana.

“Não é a tecnologia que determina se a comunicação é autêntica ou não, mas o coração do homem e a sua capacidade de fazer bom uso dos meios ao seu dispor”, disse a mensagem.

No ano passado, Francisco, de 79 anos, disse a uma menina pequena que se envergonhava ao admitir que não sabia usar computadores e que era um “desastre” completo com a tecnologia.

O pontífice também disse que os smartphones deveriam ser banidos dos jantares em família, e que as crianças não deveriam ter computadores em seus quartos.

Não se sabe se por divina providência ou coincidência humana, a mensagem de Francisco foi divulgada enquanto ele se reunia com o presidente de uma companhia cuja marca é praticamente sinônimo de tais bens –o presidente-executivo da Apple, Tim Cook.

Em sua mensagem, o papa pareceu assumir um tom mais conciliatório do que no passado em relação à tecnologia moderna, dizendo que “a rede (mundial de computadores) pode ser bem utilizada para fazer crescer uma sociedade sadia e aberta à partilha”.

“As redes sociais são capazes de favorecer as relações e promover o bem da sociedade, mas podem também levar a uma maior polarização e divisão entre as pessoas e os grupos”, acrescentou o texto.

As comunicações modernas são “um dom de Deus, e também uma grande responsabilidade”, disse o pontífice.

Fonte: Reuters

Facebook envia proposta a ministério e critica regulação do WhatsApp


A unidade brasileira do Facebook encaminhou suas propostas de mudanças na regulação de serviços de telefonia no país ao Ministério das Comunicações e criticou a regulamentação de aplicativos como WhatsApp. Segundo informação da agência Reuters, no documento, que integra propostas de consulta pública na semana passada, o Facebook também defende maior desregulamentação sobre as operadoras de telecomunicações.

A proposta da empresa foi assinada pelo diretor de Relações Institucionais, Bruno Magrani. “Não há nenhum racional jurídico para estender aos serviços de OTT [”over the top”, aplicativos na internet], a estrutura regulatória aplicável às prestadoras de serviços de telecomunicações”, diz o documento, que acrescenta. ”No entanto, isso não significa que a atual estrutura regulatória deva ser mantida. Pelo contrário: os encargos regulatórios para as operadoras de telecomunicações poderiam ser reduzidos”, argumenta a companhia.

Atualmente, com base na Lei Geral de Telecomunicações, os serviços de OTT são considerados serviços de valor adicionado, não sendo confundido com serviços de telecomunicações. Por esse motivo, os prestadores do serviço não tem as mesmas obrigações das operadoras. “Essa contribuição defende que a abordagem regulatória mais adequada para os serviços de OTT é manter esta definição e, ao mesmo tempo, garantir uma desregulamentação progressiva dos serviços de telecomunicações”, disse o Facebook, que avalia que, dessa forma, atingiria a ”simetria regulatória” pleiteada pelas operadoras.

BN