WhatsApp lança versão do aplicativo voltada para negócios

O WhatsApp já é usado amplamente por pessoas comuns, profissionais liberais e empresários de todos os tipos. A empresa anunciou nesta quinta-feira (18), o lançamento de um novo aplicativo gratuito, o WhatsApp Business, voltado para negócios. A nova ferramenta digital foi desenvolvida como solução dedicada a esse mercado como um canal de comunicação entre negócios … Leia Mais





Arquivos com vírus podem circular pelo WhatsApp; veja como se proteger

A empresa de segurança ESET anunciou na última terça-feira (01) que arquivos trocados pelo WhatsApp podem contem vírus, ao menos quando é utilizado em navegadores. Os malwares podem causar mais danos no PC “quando uma pessoa faz o download de um arquivo infectado”, diz o especialista Camillo Di Jorge. Já nos smartphones, o risco de … Leia Mais


Aparelho rastreia objetos através do Smartphone


Alguma vez você já passou pela situação de ter estacionado o carro e depois esquecer onde o deixou? Isso acontece com todo mundo: achar uma vaga o mais rápido possível porque está atrasado, e na hora de ir embora você não lembra mais onde o carro está.

Ou talvez alguma vez que você já estava pronto para sair de casa, só não conseguia encontrar as chaves do seu apartamento ou do carro… E aí você passa os próximos 15 minutos revirando sua casa a procura das benditas chaves, que muitas vezes estão no último lugar que você pensa em procurar.

Se você já se encontrou em alguma dessas situações, fique tranquilo. Alguns dos maiores problemas da vida estão desaparecendo por causa de novas tecnologias, e esse é mais um deles. Graças a um novo dispositivo, você não precisa mais de um GPS caríssimo para rastrear o seu veículo, e pode localizar os seus pertences imediatamente através do seu smartphone.

Acaba de ser lançado no mercado brasileiro um pequeno dispositivo que, com a ajuda do seu smartphone, permite localizar seu carro, chaves, carteira, bolsa e até o próprio celular, caso você o perca.

O dispositivo se chama RastreR. Pequeno e discreto, o RastreR já revolucionou o mercado de rastreamento no exterior e agora está disponível também no Brasil.

Como funciona?

O RastreR é muito fácil de usar, em menos de cinco minutos você terá seus pertences protegidos. É só baixar o aplicativo gratuito (disponível tanto para iPhone quanto para Android) e conectar o dispositivo conforme as instruções.

Feito isso, basta colocar o RastreR dentro do seu carro, ou junto das chaves de casa, na sua carteira ou bolsa, ou até no seu bichinho de estimação. Além de registrar a última localização onde estava conectado, o RastreR também pode ser usado como um alarme para caso algo saia do seu alcance – sendo útil para se proteger contra furtos ou mesmo o seu esquecimento.

 


WhatsApp vai parar de funcionar em alguns celulares; saiba quais


Assim como acontece com outros aplicativos, o WhatsApp vai deixar de funcionar em alguns modelos antigos de celulares. A partir do dia 30 de junho, os smartphones BlackBerry, BlackBerry 10, Nokia S40 e Nokia Symbian S60 não terão mais acesso ao app de mensagens. Você tem algum destes equipamentos? Calma! Há uma luz no fim do túnel.

A Proteste, instituição que atua na defesa dos direitos do consumidor, informou que vai notificar a empresa para impedir a suspensão do serviço nos aparelhos antigos, de acordo com publicação do Olha Digital.

Segundo o órgão, “a obsolescência programada dos celulares é um desrespeito ao consumidor, especialmente por quem opta por utilizar um aparelho mais antigo, uma vez que o acesso ao serviço de telefonia é provido por todas as operadoras no país”.

A Proteste lembra também que o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, no inciso IX, diz que é proibido “recusar a venda de bens ou a prestação de serviços, diretamente a quem se disponha a adquiri-los mediante pronto pagamento, ressalvados os casos de intermediação regulados em leis especiais”.

O WhatsApp se defende justificando que modelos antigos não têm capacidade suficiente para que as funções do aplicativo sejam utilizadas corretamente.


Ferramenta tecnológica permitirá transferir recursos e pagar contas por rede social


Uma tecnologia pioneira desenvolvida no Brasil pretende dar agilidade e segurança a quem precisar transferir recursos para a conta bancária de terceiros. Dentro de uma semana, o Banco do Brasil (BB) lançará uma ferramenta de envio de dados bancários por meio de códigos QR (desenhos com informações que podem ser lidas por câmeras fotográficas) e de redes sociais, facilitando a divisão de contas em bares e restaurantes.

Batizada de “Pagar ou Receber”, a novidade foi apresentada pelo banco no Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras, organizado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Inicialmente disponível em versão beta (de teste), a ferramenta será liberada a todos os correntistas do banco em até 30 dias.

Por meio da solução tecnológica, o cliente que pretende receber os recursos entra no aplicativo do banco e informa o valor e a data da transação. O sistema gerará um código QR que pode ser fotografado por quem vai fazer o pagamento. Basta o destinatário digitar a senha da conta-corrente e confirmar a transferência.

Caso as duas pessoas estejam longe, o recebedor do dinheiro fará o mesmo procedimento. No entanto, em vez de o aplicativo gerar um código QR, gerará um link criptografado (protegido de invasões), que pode ser enviado ao pagante por SMS, aplicativo de mensagens ou redes sociais. Ao abrir o link, a pessoa que fará a transferência novamente digitará a senha e confirmar a operação.

A solução elimina a necessidade de o recebedor dos recursos escrever os dados bancários em pedaços de papel ou, na pressa, passar informações erradas sobre a própria conta. Por enquanto, a ferramenta só poderá ser usada em transferências entre contas do Banco do Brasil.

“Numa mesa de bar, o cliente poderá entrar no aplicativo e gerar um código QR em vez de passar o número da conta num guardanapo. Quem tiver conta no mesmo banco, basta abrir o aplicativo e fotografar a tela do celular do amigo para fazer a transferência”, detalha o diretor de Negócios Digitais do Banco do Brasil, Marco Mastroeni.

No caso do envio de links, o diretor do BB garante que a ferramenta é totalmente segura e impede o acesso aos dados bancários, mesmo que terceiros acessem o endereço eletrônico. “Mesmo se o link for parar em mãos erradas, somente o cliente conseguirá abri-lo. Tudo é feito com toda a segurança. A emissão e a recepção das informações são feitas em ambientes do banco e não passam por redes externas”, explica.

Algumas redes sociais, como o Facebook, permitem transferências de valores por meio da ferramenta de mensagens. No entanto, nos moldes desenvolvidos pelo Banco do Brasil, Mastroeni assegura que a tecnologia é pioneira no mundo.

“Lá, a operação parte de quem faz a transferência e só pode ser feita numa única rede social, que é o Facebook. Na nossa ferramenta, quem vai receber os recursos envia os dados criptografados para quem vai pagar por meio de qualquer rede social”, esclareceu o diretor.

* Bocão News


China inaugura usina solar capaz de abastecer 15 mil casas


A China anunciou o funcionamento da usina solar flutuante instalada num lago de uma mina de carvão desativada em Huainan, na província de Anhui. A usina tem capacidade instalada de 40 MW, energia suficiente para abastecer uma cidade com 15 mil residências.

De acordo com O Globo, essa é a maior usina solar flutuante do mundo. Em comunicado, a companhia responsável pelo equipamento explicou que a instalação num lago com água mineralizada reduz a demanda por terra, otimizando a produção de energia por causa da capacidade de resfriamento da superfície.

A China já possui experiência com produção de energia limpa. Ano passado, uma outra usina semelhante já havia sido inaugurada e o país também abriga o Parque Solar Longyangxia Dam, numa área de 25 quilômetros quadrados, considerado o maior do mundo.

Até 2020, o país pretende reduzir em mais de um terço os preços de equipamentos usados em projetos de usinas solares, para tornar esse tipo de geração de energia competitiva com o carvão.


Transmissões ao vivo: Facebook anuncia novos recursos


O Facebook anunciou nesta terça-feira (23) que a transmissão de vídeos ao vivo passará a contar com dois novos recursos em breve. Um deles vai permitir que o usuário que está fazendo a transmissão converse com os seus amigos durante a exibição do vídeo. E o outro vai além… Os amigos poderão participar da transmissão, em uma espécie de videoconferência.

O “Live With”, como é chamada a interação de amigos no vídeo, já está está disponível para os perfis e páginas que utilizam o sistema operacional iOS.

Ainda sem data definida para lançamento a todos os usuários, as novidades estão em fase de teste, mas o Facebook garante que as funcionalidades estarão disponíveis em breve