Bebês podem pegar herpes em contato com a boca do adulto; entenda


Bebês têm o sistema imunológico muito fraco e sensível, e nem sempre conseguem combater vírus e bactérias dos adultos. Por isso, é muito comum que eles fiquem doentes por terem sido infectados ao entrarem em contato com pessoas portadoras de certas doenças. No caso da herpes, a infecção pode se tornar grave, se a criança tiver contato com a saliva de adultos contaminados. Em algumas situações, os bebês podem sofrer internações e até mesmo vir a óbito.

Embora existam vários tipos de herpes, os mais comuns são o tipo 1, que geralmente aparece na boca ou nas extremidades do corpo, e o tipo 2, que comumente se manifesta na região genital. Um meio muito comum de transmissão em bebês é através do beijo de um adulto contaminado.

A britânica Amy Stinton publicou recentemente diversas fotos de seu bebê Oliver de apenas dois anos nas redes sociais, com feridas espalhadas pelo corpo causadas pelo vírus da herpes. Segundo Amy, o bebê contraiu a doença após ser beijado. Ela fez a postagem para conscientizar outras pessoas sobre a importância de não beijar bebês. Esta é a melhor forma de prevenir o contágio da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *