Após ser chamado de “Pau mandado”, Presidente da Câmara aciona Comissão de Ética para apurar conduta do vereador Vel Silva


O presidente da Câmara, vereador Orlando de Amadeu (PSDB), solicitou que a Comissão de Ética da Casa apure a conduta do vereador Everaldo da Silva “Vel” (PRP) durante a 35ª sessão ordinária na manhã de terça-feira (3). A iniciativa se deu após o vereador Vel se referir de forma desrespeitosa ao mandatário do Legislativo Municipal com o termo “pau mandado” no momento de discussão da indicação nº 197/2019 durante o expediente.

“Não sou ‘pau mandado’ igual ao senhor”, julgou Vel, que teve sua conduta imediatamente rechaçada pelo presidente do Legislativo, Orlando de Amadeu que, no momento da fala do vereador, acionou a Comissão de Ética para tomar as devidas providências contra a atitude do edil em plena sessão no plenário da Casa.

“Eu gostaria de convocar a Comissão de Ética pela falta de respeito por parte do vereador Vel ter chamado o presidente de “pau mandado”. Eu gostaria de convocar a Comissão de Ética para que tome as providências contra essa postura do vereador Everaldo da Silva. Eu estou pedindo agora para que conste em Ata, eu quero que conste em Ata que o vereador Vel se dirigiu ao presidente como “pau mandado” e o presidente aqui não é “pau mandado”, eu exijo respeito”, revidou Orlando.

O presidente da Casa informou que pretende formalizar o pedido junto a Comissão de Ética da Casa para apurar a conduta do parlamentar que, segundo o líder do parlamento municipal, o mesmo tentou tumultuar a sessão que transcorria com a mais absoluta normalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *